DECISÃO

Proibida de falar sobre Scooby, Luana Piovani acumula multas no valor de R$ 96 mil: 'Não tenho'

Justiça portuguesa decide a favor do surfista, em processo movido por ele, e impede atriz de citar nome do ex-marido publicamente; entenda

Luana Piovani fala sobre processo judicial que corre em PortugalLuana Piovani fala sobre processo judicial que corre em Portugal - Foto: Instagram/Reprodução

A Justiça portuguesa decidiu a favor do surfista Pedro Scooby — em processo movido pelo atleta contra Luana Piovani, com quem foi casado por seis anos, entre 2013 e 2019 — e proibiu a atriz brasileira de citar o nome do ex-marido em publicações na internet.

Sob pena de pagamento de indenização em dinheiro, a artista não deve falar publicamente sobre assuntos relacionados a Pedro e à criação dos três filhos que eles têm juntos (Dom, de 12 anos, e os gêmeos Liz e Bem, de 8). Até o momento, Luana acumula sete multas relacionadas ao caso, e que chegam ao valor total de € 17,5 mil (o equivalente a R$ 96,1 mil).

A artista usou as redes sociais, nesta quarta-feira (3), para detalhar a situação a que vem passando nos últimos meses.

"Como eu fui considerada culpada, tem multas penduradinhas por eu falar do genitor, uma vez que eu não posso mais falar sobre o genitor na internet. Não posso queimar o filme dele, como se eu precisasse queimar o filme dele, né? Ele faz coisas tão geniais... É só a gente dar um Google aí para a gente ver as coisas maravilhosas que têm a respeito dele na internet, inclusive com os seus amigos parças e tudo e tal", ironizou Luana, em publicação por meio dos Stories do Instagram.

De acordo com Luana, até agora, ela já foi penalizada com "seis ou sete" no valor de € 2,5 mil. "Como são dois e meio de euros em cada multa, e acho que são seis ou sete multas penduradas, isso faz com que eu esteja com meu c* na mão. Não tenho esse dinheiro para dar para o governo português porque estou falando verdade na internet (risos). Então o que vou fazer? Tiro todo o meu dinheiro da conta, fica sem nenhum tostão — o que é ótimo, porque agora papai vai pagar as minhas contas — e eu vou viver de bico", acrescentou a artista, em tom sarcástico.

Em outras publicações, também por meio de vídeo no Instagram, Luana Piovani disparou críticas contra as juízas portuguesas do Tribunal de Cascais — região onde a atriz vive desde 2019 — e ressaltou que pretende recorrer junto à União Europeia, em instância superior à Justiça portuguesa.

"Lá vamos nós para o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. A questão é que a gente tem que pagar os honorários do advogado e os honorários da Justiça e é difícil, porque você vai gastando dinheiro para poder se proteger e, se você não tem dinheiro, você não se protege", ponderou ela.

Veja também

Salman Rushdie relembra atentado em primeira entrevista à televisão
ESCRITOR

Salman Rushdie relembra atentado em primeira entrevista à televisão

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso comemoram indiciamento de mulher filmada fazendo ofensas racistas
DECLARAÇÃO

Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso comemoram indiciamento de mulher filmada fazendo ofensas racistas

Newsletter