Projeto musical da Fundaj vai levar aprendizado para a região Zona da Mata

As escolas municipais Tereza de Jesus do Nascimento (Lagoa de Itaenga) e João Felipe (Gameleira), foram selecionadas para receberem o 'Projeto Música Nas Escolas'

Fundaj DerbyFundaj Derby - Foto: Cristiana Dias/Arquivo Folha

Para introduzir o aprendizado musical no ambiente escolar, a Diretoria de Memória, Cultura, Educação e Arte, da Fundação Joaquim Nabuco, irá viajar nesta terça (17) e quarta-feira (18) para dois municípios da Zona da Mata Norte e Sul de Pernambuco: Lagoa de Itaenga e Gameleira, respectivamente.

As escolas municipais Tereza de Jesus do Nascimento, em Lagoa de Itaenga, e João Felipe, em Gameleira, foram selecionadas para receberem o “Projeto Música Nas Escolas”. A iniciativa terá o apoio da Banda Sinfônica do Paulista, que apresentará uma aula espetáculo.

“Essa ação partiu da Diretoria de Planejamento (Diplad), ressaltando a integração que existe entre os diversos setores desta Fundação. Conseguimos usar um princípio não tão positivo, como essa baixa avaliação do Ideb, para promover, juntos, algo tão assertivo. A música é um instrumento de redução de desigualdades, de transformação, e não tem quem aponte algo contrário a essa aproximação”, contou a coordenadora do Educativo do Museu, Edna Silva.

Leia também:
Celebração natalina da Fundaj reuniu religião, arte e cultura
Fundaj promove seminário em homenagem a Gilberto Freyre e Cabral de Melo Neto


O projeto tem o objetivo de democratizar o acesso à música instrumental sinfônica e erudita, ao mesmo tempo em que se mistura com a cultura pernambucana. Os encontros desta semana, devem atingir crianças do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental.

"Levar música às escolas é proporcionar aos alunos um mundo mais amplo, onde a música, além de criar laços e favorecer o raciocínio lógico, se faz uma oportunidade profissional", ressalta o maestro da Banda Sinfônica de Paulista, Esli Lino, responsável pelo concerto-aula.

Muhne360º

As visitas também terão o apoio do Educativo do Museu do Homem do Nordeste que apresentará para os pequenos as estrutura do Muhne e do Engenho Massangana, através de realidade virtual reproduzida em equipamentos de óculos VR. “Se o Museu consegue chegar nesses municípios, consegue ir a qualquer lugar. Essa é uma viagem com imersão ao Muhne, e essas crianças poderão vivenciar nossos espaços, através de uma técnica desenvolvida pela própria Fundação”, finalizou Edna.

Veja também

Namorada de Ben Affleck teria rompido por diferença de idade com ator
Famosos

Namorada de Ben Affleck teria rompido por diferença de idade com ator

Cozinhas dos grupos VIP e Xepa do BBB vão ficar no mesmo ambiente
Reality

Cozinhas dos grupos VIP e Xepa do BBB vão ficar no mesmo ambiente