Quinteto Violado celebra 46 anos de carreira no palco do Santa Isabel

O grupo, que está completando 46 anos, realiza show que passeia pelos momentos marcantes da carreira

Quinteto Violado celebra 46 anos de carreira com show no palco do Teatro de Santa IsabelQuinteto Violado celebra 46 anos de carreira com show no palco do Teatro de Santa Isabel - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Sonoridade que conquistou o Brasil nos anos 1970, o grupo Quinteto Violado vai celebrar os 46 anos de carreira com um show, às 20h30 deste sábado (22), no Teatro de Santa Isabel (praça da República, 233, Santo Antônio). O show é uma realização da RC Mídia, de Carlos Carneiro.

Desde sempre fazendo uma leitura diferenciada da música nordestina, o grupo, que inspirou diversas outras bandas, continua projetando a música nativa do País a partir da valorização dos folguedos e cancioneiros populares, e já rodou o Brasil e o mundo, passando por países como Coreia do Sul, Síria, Alemanha, Portugal, Espanha, França, levando o ritmo que Gilberto Gil carinhosamente apelidou de "Free Nordestino".

Leia também:
Maria Flor e Emanuel Aragão discutem a relação em espetáculo teatral
Festival MECABrennand tem line-up com house, funk, dance e synthwave
Artistas, unidos pela diversidade, fazem show em Águas Compridas


Com uma trajetória tão longa, Marcelo Melo, o único integrante que permaneceu da formação inicial, conta que não se pensava na longevidade. "Nunca houve a pretensão de atravessar décadas. Fazíamos o que gostávamos de fazer, sem se preocupar com a durabilidade." Atualmente formado por Marcelo, Dudu Alves, Roberto Medeiros, Ciano Alves e Sandro Lins, sendo este o último a entrar para a banda, o Quinteto não se permite envelhecer e faz questão de apostar na renovação. Apesar disso, a essência do som permanece a mesma.

"Temos uma sonoridade muito bem definida, e isso é importante. Não temos problema com os novos ritmos, pois o que sempre fizemos foi trabalhar com todos os eles implementando uma leitura autoral. É tocar o que todo mundo toca diferente do que todo mundo toca", continua Marcelo.

Ao longo do percurso, já foram lançados mais de 50 discos, e os cinco concorreram a dez Prêmios da Música Brasileira, ganhando quatro deles como Melhor Grupo Regional. Em 2014, foram indicados ao Grammy Latino e já receberam a Ordem de Mérito Cultural, do Ministério da Cultura, pelos feitos culturais prestados ao País.

No show deste sábado (22), em que Quinteto Violado celebrará tantos anos de carreira, o grupo traz um repertório que vai fazer o público passear pelos momentos mais marcantes, lembrando músicas como “Cavalo Marinho”, “Palavra Acesa”, “Vaquejada”, entre outras. Os ingressos para o show custam R$ 60 e R$ 30 (meia-entrada), e a abertura ficará por conta do cantor Thiago Kehrle.

   Parte da renovação

Um dos reflexos da renovação que estarão presentes no show comemorativo pode ser visto já no show de abertura. Thiago Kehrle, assim como o Quinteto Violado, faz questão de valorizar a cultura popular nordestina.

Apesar de ter apenas seis anos de carreira, Thiago foi o vencedor da última edição do Prêmio da Música de Pernambuco, da Acinpe, na categoria MPB e tem se destacado no cenário local. Para ele, será uma grande oportunidade de mostrar o seu trabalho no mesmo palco de músicos tão respeitados. "É uma responsabilidade enorme, não apenas por estar abrindo o show do Quinteto, mas por, assim como eles, valorizar a tão rica cultura nordestina".

Thiago Kehrle realiza o show de abertura

Thiago Kehrle realiza o show de abertura - Crédito: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Serviço:
Show de 46 anos do Quinteto Violado, com abertura de Thiago Kehrle
Teatro de Santa Isabel (praça da República, s/n, Santo Antônio)
Neste sábado (22), às 20h30
R$ 60 e R$ 30 (meia-entrada), à venda no teatro e no Bar Real, Empório Sertanejo, Galletus (Shopping Guararapes e Boa Viagem)
Informações: (81) 3355-3323/ 99905-3113 (RC Mídia)

Veja também

Fabiana Karla vai comandar 'Falas Femininas', especial da Globo para Dia da Mulher
Televisão

Fabiana Karla vai comandar 'Falas Femininas', especial da Globo para Dia da Mulher

Porta dos Fundos é acusado de preconceito etário por vídeo de humor
Polêmica

Porta dos Fundos é acusado de preconceito etário por vídeo de humor