Rapper americano Coolio é acusado por posse de arma de fogo

Arma foi descoberta em bolsa, quando membro da equipe do músico passou pelo controle de segurança

Filme "Entardecer"Filme "Entardecer" - Foto: Reprodução/Divulgação

O rapper americano Coolio, de 53, foi acusado, nesta quinta-feira (13), de violar as leis sobre porte de armas de fogo por ter transportado uma pistola em uma mochila no aeroporto internacional de Los Angeles.

A arma foi descoberta em uma bolsa, quando um membro da equipe do músico passou pelo controle de segurança, de acordo com a Corte Superior de Los Angeles.

Inicialmente, o homem declarou ser o proprietário da arma, mas uma inspeção da mochila revelou outros objetos que pertenciam a Coolio. O rapper já tinha entrado no voo.

Conhecido pela música "Gangsta's Paradise", ele foi retirado do avião e detido, depois de admitir que a mochila era dele.

Ele enfrentará uma acusação de posse de armas de fogo agravada por dois casos prévios, segundo a Promotoria de distrito do condado de Los Angeles.

Segundo os promotores, Coolio tinha uma condenação de 2001 por transportar uma arma escondida em um veículo, e outra de 2009 por posse de pasta de cocaína.

A audiência nesse caso será em 26 de outubro. Se for considerado culpado, pode ser condenado a até três anos de prisão, segundo a acusação.

Veja também

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020
Premiação

Demi Lovato será a apresentadora do People's Choice Awards 2020

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde
Brasil

Anitta, Gagliasso, Emicida e mais famosos criticam Bolsonaro e privatização da saúde