Carnaval

Recife anuncia investimento de R$ 10 milhões para agremiações e atrações artísticas do Carnaval

Prefeitura do Recife lança novo plano de apoia à cadeia produtiva do carnavalPrefeitura do Recife lança novo plano de apoia à cadeia produtiva do carnaval - Foto: Melissa Fernandes / Folha de Pernambuco

Após a confirmação da suspensão do Carnaval, a Prefeitura do Recife anunciou, na manhã desta sexta-feira (14), o plano Recife Ama Carnaval, que visa contemplar agremiações e atrações artísticas com 100% do auxílio recebido nas festividades de 2019 e 2020. Os beneficiários deverão confirmar seus dados cadastrais no Sistema da Secretaria da Cultura, em um prazo que ainda será anunciado. 

O lançamento ocorreu no Forte das Cinco Pontas, no bairro de São José. Estavam presentes o Prefeito João Campos, o Secretário de Cultura Ricardo Mello e o Presidente da Câmara dos Vereadores Marco Aurélio Filho. O plano segue os passos do AME (Auxílio Municipal Emergencial) Carnaval do Recife 2021.  Na ocasião,  foi investido R$ 4 milhões para auxiliar as agremiações no cancelamento das atividades. Desta vez, o valor total investido será de R$ 10 milhões, oriundo dos cofres municipais. 

“Existem dois tipos de contemplados. Primeiro temos os coletivos, que são agremiações e atrações que fizeram parte das edições anteriores, que já estão no cadastro da prefeitura e irão apenas confirmar a participação. E os indivíduais, que terão que apresentar sua declaração de participação e comprovações, lembrando que eles também estão contemplados pelo prêmio coletivo, por fazerem parte de toda a cadeia”, explicou o secretário Ricardo Mello.

Segundo a prefeitura, em torno de 20 mil trabalhadores serão contemplados. No caso dos individuais, o valor recebido será de R$ 1.200, e será lançado um edital com as regras de autodeclaraçãao e comprovação. O Projeto de Lei (PL) foi enviado para a Câmara Municipal do Recife para aprovação. Após esta etapa, o cadastro começará a ser realizado e, posteriormente, o pagamento. É estimado que esse processo levará em média três meses. 

“O que gostaríamos é que a situação pandêmica estivesse resolvida, mas ainda estamos no meio de uma pandemia, então isso é muito mais que um auxílio, com isso poderemos garantir a suspensão com segurança e, quando for possível, poderemos realizar eventos celebrativos que valorizam a nossa cultura”, declarou João Campos.

O gestor municipal também anunciou que nos próximos dias estará apresentando uma alternativa de renda para os trabalhadores informais e ambulantes, que dependem das festividades carnavalescas para sobreviver. A suspensão dos eventos não se expande para as atividades particulares. Segundo a prefeitura, estas atividades deverão respeitar os protocolos de prevenção vigentes no território de Pernambuco. 

Veja também

Festival de Parintins termina com vitória do Boi Caprichoso e baixas no Garantido; entenda
Cultura

Festival de Parintins termina com vitória do Boi Caprichoso e baixas no Garantido; entenda

Filha de Alec Baldwin diz que sofreu estupro na adolescência e que, anos depois, fez um aborto
Revelação

Filha de Alec Baldwin diz que sofreu estupro na adolescência e que, anos depois, fez um aborto