Robert Pattinson pode interpretar Batman em novo filme do herói no cinema

A história de Reeves contará uma versão bem mais jovem do personagem da DC

Robert PattinsonRobert Pattinson - Foto: Divulgação

O ator britânico Robert Pattinson, 33, pode ser o novo intérprete de Batman nos cinemas, segundo a revista Variety. Um novo longa do homem morcego deve chegar aos cinemas em junho de 2021 e terá direção de Matt Reeves.  

A publicação afirmou que o ator está em negociação para ocupar o lugar de Ben Affleck, 46, no papel principal da nova saga da DC. De acordo com o site Deadline, Pattinson ainda disputa a vaga com o também britânico Nicholas Hoult, 29, de "X-Men" e "Mad Max: Estrada da Fúria", que estava em negociação.

Leia também:
'Aquaman' ultrapassa 'Batman' e é filme com maior bilheteria da DC
Ben Affleck nega que vai deixar de interpretar Batman


Ainda segundo o Deadline, os dois atores são fortes concorrentes para usar o traje do morcego. Matt Reeves está em fase de finalização do roteiro e a pré-produção do longa deve começar no início do verão do hemisfério norte.  A Warner Bros. não se manifestou sobre quem deve protagonizar o novo filme.

Robert Pattinson começou a carreira como modelo e, em 2004, começou a atuar em papéis menos expressivos. A guinada aconteceu em 2007 quando foi chamado para interpretar Cedric Diggory no filme "Harry Potter e o Cálice de Fogo", saga de sucesso mundial.

Na sequência, ele foi chamado para interpretar Edward Cullen no filme "Crepúsculo", baseado no romance best-seller de Stephenie Meyer. Foram cinco filmes da franquia que alçou o artista ao estrelado hollywoodiano.

Durante as gravações, o ator chegou a namorar sua parceira de cena, Kristen Stewart. Porém, os dois ficaram um bom tempo escondendo a relação. Foi apenas em 2012 que Kristen reconheceu oficialmente que estava namorando com Pattinson.

Em 2016, a revista Variety afirmou que Ben Affleck seria o protagonista e diretor de uma nova sequência solo de Batman após o sucesso de bilheteria de "Batman vs Superman: A Origem da Justiça", mas não da crítica especializada.

No início de 2017, a mesma publicação disse que o ator havia desistido do cargo de diretor para ser apenas o ator e produtor do longa. Os estúdios Warner Bros. confirmaram, então, que Matt Reeves seria o novo diretor.

No ano passado, Affleck foi internado em uma clínica de reabilitação para tratar o alcoolismo, doença contra a qual luta desde 2001, pela ex-mulher, Jennifer Gardner. Eles anunciaram o divórcio no começo de 2015, após alguns boatos de que a relação estava abalada pelo vício do ator.

Em janeiro deste ano, o ator confirmou que não seria mais o protagonista. Na história de Reeves contará uma versão bem mais jovem do herói da DC.

Veja também

Nego do Borel apela para discurso religioso após acusações de agressão
Religiosidade

Nego do Borel apela para discurso religioso após acusações de agressão

Comparada a Satanás, Andressa Urach critica pastores da Universal
Polêmica

Comparada a Satanás, Andressa Urach critica pastores da Universal