Romance e traição pelo viés da dança no Luiz Mendonça

O espetáculo se inspira no artigo científico “O corpo traído”, do psicólogo João Vidal.

O Poderoso ChefinhoO Poderoso Chefinho - Foto: Divulgação

 

O tempo é o fio condutor de “15 para as 11”, espetáculo de dança contemporânea produzido e encenado pelo Grupo Arco. Depois da estreia em março, a montagem volta a ser apresentada hoje, às 19h30, no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu, Boa Viagem). No palco, dezoito bailarinos em coreografia sobre um romance que atravessa diversas gerações.
Com direção de Diego Magno, a trama é contada em dois tempos. No primeiro, uma mulher casada com um poderoso se envolve em um relacionamento clandestino. Tudo acaba em tragédia, já que o amante é assassinado. Um século depois, na mesma cidade, outra mulher descobre o caso ao entrar em um jornal da época. Cansada da rotina com o esposo e encantada com a história descoberta, resolve imitar os passos de sua antecessora.

O espetáculo se inspira no artigo científico “O corpo traído”, do psicólogo João Vidal.
“O texto fala das vontades que as pessoas sentem, mas acabam encobrindo, mentindo para seus próprios corpos. Tivemos a ideia de falar de traição cometida pelas mulheres.
 A sociedade costuma julgar muito mais nestes casos”, explica Hygor Ferreira, que desenvolveu o roteiro. Ingressos: R$ 15. Informações: (81) 99592-7108.

 

Veja também

Na crise, Globo vai usar todos os canais do grupo em grade única
GLOBOPLAY

Na crise, Globo vai usar todos os canais do grupo em grade única

Após nude, cantor Tyga volta a chocar fãs ao publicar vídeo explícito de sexo no Onlyfans
Internet

Após nude, cantor Tyga volta a chocar fãs ao publicar vídeo explícito de sexo no Onlyfans