Cultura+

'Rust': Produtor diz que filme com Alec Baldwin marcado por tiro acidental será completado

Segundo Anjul Nigam, filmagens serão retomadas assim que investigações forem encerradas

Ator Alec BaldwinAtor Alec Baldwin - Foto: Angela Weiss/AFP/arquivo

O produtor americano Anjul Nigam afirmou que as filmagens do filme 'Rust' serão completadas. A produção do longa-metragem foi interrompida em outubro do ano passado após o ator Alec Baldwin acidentalmente atirar uma arma de fogo no set e matar a diretora de fotografia Halyna Hutchins e ferir o diretor Joel Souza.

— Rust é obviamente uma tragédia horrível. Esperamos que a investigação seja resolvida em breve e que revele o que aconteceu. Obviamente, haverá pessoas por aí que terão perspectivas negativas, mas estamos confiantes que continuaremos fazendo filmes de qualidade — disse Nigam à revista Hollywood Reporter, nesta segunda-feira.

O produtor disse que pretende retomar as filmagens da obra assim que a investigação pela polícia de Santa Fé for encerrada.

Em abril, a produtora responsável pelo faroeste foi multada em US$ 139 mil, o que corresponde a R$ 640 mil, por conta do acidente.

Alec Baldwin, que além de atuar também era produtor do filme, disse após o tiro acidental que achava que que a arma não continha munições reais e que ele não puxou o gatilho. Ele negou responsabilidade na morte de Hutchins e afirmou ainda que munições reais não deveriam estar presentes no set de filmagem.

Veja também

Silvio Santos ainda não tem previsão para deixar hospital, revela SBT
H1N1

Silvio Santos ainda não tem previsão para deixar hospital, revela SBT

Terezinha do Acordeon vira tema de exposição sobre sua trajetória, na Casa Estação da Luz
exposição

Terezinha do Acordeon vira tema de exposição sobre sua trajetória, na Casa Estação da Luz

Newsletter