Audiovisual

Diogo Nogueira completa trilogia “Samba de Verão” com álbum “Lua”

Após lançamento de “Sol” e “Céu”, terceiro projeto audiovisual do cantor chega ao público nessa sexta (5)

Diogo NogueiraDiogo Nogueira - Foto: Guto Costa

Completando a trilogia “Samba de Verão”, Diogo Nogueira, lança o álbum “Lua” nas plataformas digitais e no canal do YouTube nessa sexta, dia (5). O projeto é sucessão de dos discos “Sol” e “Céu”, que contaram com a participação especial de Zeca Pagodinho e do Grupo Fundo de Quintal.

“Samba de Verão”, gravado numa balsa, na Baía de Guanabara, ganhará um especial com os melhores momentos dos álbuns “Sol”, “Céu” e “Lua” no Canal Multishow, que serão exibidos neste sábado (6), às 16h. No dia 12/03 será apresentado na íntegra no Canal Bis, às 19h. 

O álbum “Lua” tem nove músicas no total de 24 canções de todo o projeto e abre com a eletrizante “Vai Embora Não”, inédita dos feras Rodrigo Leite e Claudemir, faixa que promete ser sucesso nas pistas e nas rodas de samba. O álbum traz mais uma novidade, “Cadê?”, a primeira parceria de Diogo com Moacyr Luz que traz a singeleza da sua poesia para o “Samba de Verão”.

 “Precisava você para nos lembrar que vivemos no Rio, onde bate o coração do Brasil. Um Brasil de saúde e alegria, paz e amor – tudo que parece andar em falta... É isso, o samba de Diogo Nogueira: onde estava escuro, clareia; onde triste, sorri; onde mudo, solta a voz. Não é licença poética, é constatação: em tempos de doença, chama a saúde de volta, entre tanta morte, canta a vida”, escreveu Pedro Bial.

Se o projeto já tinha citações a Beth Carvalho, Jovelina Pérola Negra, Luiz Carlos da Vila, Fundo de Quintal e Zeca Pagodinho, o álbum “Lua” dá “Aquele Abraço” em Gilberto Gil, no poeta Jorge Aragão, celebrado no medley de “Ontem”, “Minta Meu Sonho” e “Já é”. O repertório fica completo com as inéditas “Patrimônio Mais Nobre” (Gabrielzinho de Irajá e Waltis Zacarias) e “Um Pedido” (Sombra e Carlos Caetano), além de sambas que reverência mestres como Reinaldo em ”Onde Está?”, além dos caciqueanos Arlindo Cruz, Sombrinha e Zeca em “São José de Madureira” e “Nascente da Paz”.
 
Em toda sua trajetória Diogo sempre teve um olhar para o futuro, trazendo novidades, sem esquecer o passado e traz com carinho e propriedade todos os gêneros do samba. Este repertório será mostrado brevemente em shows.

 

Veja também

Caio decide em quem vai votar e ensaia discurso de indicação ao Paredão do "BBB21"
BBB21

Caio decide em quem vai votar e ensaia discurso de indicação ao Paredão do "BBB21"

No aniversário de Gugu, Rose Miriam e Thiago Salvático fazem homenagem
Gugu Liberato

No aniversário de Gugu, Rose Miriam e Thiago Salvático fazem homenagem