Sambista Xico de Assis convida o público a soltar o lado de artista

Cantor pernambucano completa um ano de temporada de seu show na Mercearia do Braz, neste sábado (4), a partir das 16h

Xico de Assis diz que sua missão é levar alegria ao públicoXico de Assis diz que sua missão é levar alegria ao público - Foto: Reprodução/Facebook

Entre as músicas, os coros, as brincadeiras e os shows, Xico de Assis completa um ano de muita história para contar com seu show "Samba, a gente canta assim". A apresentação comemorativa ocorre neste sábado (4), às 16h, na Mercearia do Braz, na Boa Vista, lugar onde o músico hospedou sua voz durante o ciclo completo das estações.

A carisma notável de Xico talvez seja a razão do grande sucesso de seus shows - para além da sua voz, é claro. "Esse show é um momento interativo. Além de ser sucesso de crítica, de público, é um show onde as pessoas cantam, sem obrigação de ser afinado, certinho. Tu chega para tomar tua 'carraspana' com tuas amigas, chegou uma figura que tu quer se amostrar, tu se amostra", brinca o sambista.

"As pessoas participam, cantam, fazem parte do contexto. Eu acho ultrapassada essa forma engessada da pessoa chegar no bar, ficar ouvindo o cantor e analisando de longe. Minha proposta é cantar e fazer a felicidade, fazer você querer soltar seu lado artista do bar", compartilha.

No mar de histórias e mais histórias, Xico relembra uma vez em que um casal estava brigando durante um show seu. "A mulher pediu pra eu tocar 'Valentia de um homem', de Benito Di Paula, e foi só risadas. Depois eles estavam lá, se beijando", ri.

Leia também:
[Galeria] Justiça proíbe show de Caetano Veloso em acampamento de sem-teto em SP
Festival reúne shows e atividades culturais em Tracunhaém
História musical do samba é contada em HQ através de xilogravuras


Mutável no repertório, o show é para todos os gostos. "Meus pilares são a minha abertura, uma saudação aos orixás, e meu final, com 'mais um pouco e vai clarear, nos encontraremos outra vez...'", canta, referindo-se a música "Do fundo do nosso quintal", de Jorge Aragão.

"No miolo, só três ou quatro sambas são inevitáveis, mas - a medida que a casa pede - eu funciono como um psicólogo, sacando o que faz bem e o que vai fazer as pessoas se divertirem", complementa. Entre as inevitáveis, "Retalhos de cetim", "Volta por cima", "Mulheres" e "Ex-Amor".

Com o samba impregnado na sua vida desde criança, através das tardes 'domingueiras' do pai, com notas do compositor sambista Cartola ressoando pelas paredes, Xico vê, na música, sua vida. “A música revigora, é um exercício espiritual. Eu me sinto super feliz com o que eu faço, essa é minha missão: trazer a felicidade, fazer as pessoas se sentirem bem. Se não for assim, não vale a pena. Se não for assim, eu não estou em dia com meus orixás”, proclama, firme.

Serviço:
Show "Samba, a gente canta assim"
Neste sábado (4), às 16h
Mercearia do Braz (Rua Visconde de Goiana, 139 - Boa Vista)
R$ 10
Informações: (81) 3128-1344

Veja também

Ana Maria Braga: cabelo rosa e inspiração em Sakura, do mangá Naruto
Televisão

Ana Maria Braga: cabelo rosa e inspiração em Sakura, do mangá Naruto

Cantora Ceiça Moreno é novamente Pernambuco no The Voice +
Reality

Cantora Ceiça Moreno é novamente Pernambuco no The Voice +