Novela

SBT deixa de passar "Chiquititas" às quartas-feiras para exibir jogos da Libertadores

Devido às transmissões, nesta semana vão ao ar os capítulos 55 a 58

Cena da novela "Chiquititas"Cena da novela "Chiquititas" - Foto: Reprodução/Instagram

A recente aquisição da Copa Libertadores da América pelo SBT fará com que a emissora tenha de mexer em sua programação. E a primeira medida será justamente nesta quarta-feira (16). A novela "Chiquititas" não irá ao ar.

De acordo com a emissora, devido às transmissões, a trama não mais será exibida às quartas. Com isso, nesta semana, vão ao ar, por exemplo, os capítulos 55 a 58.
 


Para a narração da competição, o SBT assinou com Téo José, 57. Voltar para o SBT é como voltar para a minha casa. E voltar para a minha casa em um projeto tão grande, da maior competição de clubes do continente, com uma equipe guerreira, de criatividade, de qualidade e vitoriosa como é o DNA do SBT, para mim é a melhor coisa do mundo", diz o narrador que estava na Fox Sports.

Téo passou pelo SBT em 1995. No canal ele transmitiu Olimpíada de 1996 e Copa do Mundo de 1998. Segundo ele, a equipe que tem sido montada é a melhor possível. "Estou voltando nos melhores braços que poderia ter e agora é trabalhar na 'TV que tem torcida' e trazer mais torcida ainda para esta TV", afirma Téo José.

Junto com Téo chegam os comentaristas Mauro Beting e Ricardo Rocha e Luiz Alano e Mauro Galvão. A Copa Libertadores da América começará a ser exibida em rede nacional pelo SBT a partir desta quarta-feira (16), às 21h30. O primeiro jogo a ser transmitido será Bolívar x Palmeiras.

A partida entre Universidad Católica x Grêmio vai ao ar no SBT no mesmo dia e horário, mas nas praças Porto Alegre, Santa Catarina, São Luiz, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu.

Veja também

Atriz de 'Matilda' relembra os traumas de ser um astro mirim em Hollywood
cinema

Atriz de 'Matilda' relembra os traumas de ser um astro mirim em Hollywood

Roberto Cabrini é demitido do SBT após 11 anos
televisão

Roberto Cabrini é demitido do SBT após 11 anos