Artes Plásticas

'Seis Paisagens': jovens artistas têm exposições reunidas na Galeria Marco Zero

Experimento curatorial reúne trabalhos de artistas que oferecem ao público a oportunidade de relacionar interesses e processos de criação distintos

Galeria Marco ZeroGaleria Marco Zero - Foto: Divulgação

Pela primeira vez, a Galeria Marco Zero anuncia um experimento curatorial que reúne diferentes exposições individuais. ‘Seis Paisagens’ é um experimento curatorial desenvolvido por Guilherme Moraes a partir do trabalho dos artistas Bruno Faria, Rayana Rayo, Bozó Bacamarte, Ianah Mais, Marlan Cotrim e David Alfonso. A abertura será nesta quarta-feira (5), às 19h. 

Novos talentos
A iniciativa se organiza em seis eixos individuais,  intitulados: Paisagens de falência (Bruno Faria); Sinfonia do Presente (Rayana Rayo); Ecos do horizonte (Marlan Contrim); Coleta de terra, produção de dados (Ianah Maia);  Saudade transplantada (Davi Alfonso).

"A ideia é oferecer ao público a oportunidade de conferir por meio de justaposições,  os diferentes universos propostos por cada um desses artistas.  Uma possibilidade para a percepção dos pontos em que suas poéticas convergem, divergem e se amplificam”, explica Marcelle Farias.

“Agregando diferentes correntes artísticas e de pensamentos, a Marco Zero vive um momento especial em sintonia com uma nova geração de artistas que vem conquistando espaço e respeito no circuito. A realização dessa mostra traduz essa feliz circunstância”, revela  Eduardo Suassuna.

Leque amplo e dilatado de paisagens
“A partir do convite para esta curadoria, pude selecionar alguns desses nomes e, fui visitá-los em seus ateliês”, afirma Guilherme Moraes, ao definir o ponto de partida que deu origem a seu projeto curatorial.

"São trabalhos realizados a partir de motivações distintas e por artistas de diferentes identidades, contextos, corpos e geografias. Nesse sentido a ideia de paisagem veio bem a calhar. Ela tanto diz respeito à paisagem sociocultural da qual cada um deles parte, como também se relaciona com o tipo de paisagem que é elaborada a partir de suas proposições artísticas. Memórias de infância, sincretismos, nostalgias, movimentos de procura de si mesmos. Um leque amplo e dilatado de paisagens se abre em cada um dos seis núcleos da mostra”, explica.

Ainda segundo o curador, os artistas selecionados se encontram em momentos muito diferentes de suas trajetórias, o que faz com que a seleção traga uma diversidade de assuntos. “Bruno Faria traz a paisagem e suas tantas possibilidades de falência como atributo essencialmente político. Bozó Bacamarte inventa um mundo sincrético e delirante, criado a partir de uma costura muito própria de tudo o que lhe já lhe foi epifania", descrevre.

"David Alfonso retoma o ambiente da casa em que viveu sua infância em Cuba em representações aquecidas por uma nostalgia própria de uma saudade expatriada. Em seus trabalhos, Ianah Maia incorpora a terra - elemento essencial das geografias as quais já habitou - a partir da geotinta, fato importante para o entendimento de seu trabalho", prossegue.

Já Marlan Cotrim vem da dança e mergulha na arte têxtil. Embora pareçam campos distintos, alguns atributos de seu processo evidenciam que sua atenção para as semelhanças entre fibras, veias, fios, raízes e horizontes, remontam ao início da sua trajetória artística, tão íntima do movimento, do gesto. Rayana Rayo vem descobrindo novas vias de autoconhecimento: em suas novas pinturas, a abstração ganha contornos de autorretrato, desabrochando em paisagens enigmáticas, ambíguas, incertas e prenhes de novas nuances que a artista vem aprendendo a compreender sobre si a partir de sua solitude.”, relata.

Sobre a Galeria Marco Zero
Fundada por Eduardo Suassuna e Marcelle Farias, a Marco Zero foi concebida para ser um lugar de encontro para o qual confluem diferentes gerações e correntes artísticas. Da arte moderna à contemporânea, artistas consagrados alinham-se com talentos em ascensão, em um constante diálogo no qual o visitante é convidado não só a ser um espectador, mas também um participante do pensamento sobre arte e cultura.

A partir da sensibilização do olhar, com exposições, cuidado no processo de pesquisa, atividades educativas, a galeria busca ser um ponto de fomento e convergência, colaborando na formação de novos colecionadores e públicos para as artes visuais.

Serviço:
‘Seis Paisagens’ - mostras individuais dos artistas Bruno Faria, Rayana Rayo, Bozó Bacamarte,  Ianah Maia, Marlan Cotrim e David Alfonso, com curadoria de Guilherme Moraes
Galeria Marco Zero – Avenida Domingos Ferreira, nº 3393, Boa Viagem, Recife - PE
Abertura: 05/07 às 19h | Visitação 06/07 até 12/08
Horário - seg à sex | 10h-19h | sáb | 10h-17h
Acesso gratuito

Veja também

Imagem de Justin Timberlake na cadeia choca a web, mas não é a única: relembre alguns casos
CELEBRIDADES

Imagem de Justin Timberlake na cadeia choca a web, mas não é a única: relembre alguns casos

Sertanejo Chrystian, ex-dupla de Ralf, é hospitalizado e quadro exige repouso imediato
cantor

Sertanejo Chrystian, ex-dupla de Ralf, é hospitalizado e quadro exige repouso imediato

Newsletter