Semana do Livro de Pernambuco divulga programação

Próxima edição do evento acontece em 2017

Dani Portela, candidata ao governo de Pernambuco pelo PSOLDani Portela, candidata ao governo de Pernambuco pelo PSOL - Foto: Divulgação

Do mesmo berço da Bienal do Livro de Pernambuco (cuja próxima edição será em 2017), a Semana do Livro de Pernambuco nasceu para ser uma grande pensata. Não é uma feira literária, mas um momento de pensar.

A partir do ano que vem, a Semana integrará a programação da Bienal, no mesmo formato que se apresenta agora: discutindo literatura, mas pautada pelas temáticas mais debatida do ano e com o tema fixo Narraticas Possíveis do Presente. Nesse evento-piloto, que começa amanhã, vem puxando 2016 falando do golpe, do ano judicial, de questões de gênero, de memória e de jornalismo. Será no Museu do Estado até o próximo domingo, 4 de dezembro, com entrada franca. Confira a programação completa:

Dia 30 de novembro – quarta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

15h – 2016 sob o signo de K – O crítico e escritor José Castello abre o painel Narrativas Possíveis do Presente com uma masterclass sobre O processo, romance de Franz Kafka, como uma forma de pensar o “ano judiciário” que foi 2016. Auditório Cícero Dias
17h – A escrita como resgate – O escritor Bernardo Kucinski (Os visitantes, K.) e a tradutora e escritora Ivone Benedetti (Cabo de guerra) falam sobre a literatura como estratégia para dar voz às vítimas da ditadura brasileira das décadas de 60 e 70. Auditório Cícero Dias
18h30 – Lançamento da Bienal do Livro 2017 e estreia do projeto O ano das lágrimas na chuva – Além das novidades da próxima edição da Bienal, recebemos a primeira edição do projeto que, durante 2017, levará o escritor e cineasta Fernando Monteiro a debater com poetas brasileiros. Para a estreia, Adelaide Ivánova (O martelo, Polaróides), poeta e fotógrafa pernambucana radicada na Alemanha. Auditório Cícero Dias
20h – Intervenção teatral do grupo Magiluth. Área externa – Palco

Espaço Livro Aberto

18h – Lançamento do livro Pegadas de um Sertanejo-Vida e memória de José Saturnino, deAntonio Neto e José Alves Sobrinho . Área externa

Dia 01 de dezembro – quinta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

16h – Sobre como pensar o jornalismo em 2016 – Uma conversa da jornalista Eliane Brum, colunista do El País, com o curador da Semana do Livro, Schneider Carpeggiani. Auditório Cícero Dias
17h30 – Leia Mulheres recebe Elvira Vigna – A autora conversa sobre seu romance Como se estivéssemos em palimpsesto de putas, que traz um olhar ácido sobre a atual sociedade.Auditório Cícero Dias
19h – Lançamento do livro A história incompleta de Brenda e de outras mulheres, de Chico Ludermir – O fotógrafo e jornalista Chico Ludermir fala sobre seu processo criativo com as mulheres trans e travestis que perfila em sua obra, lançada pela Confraria do Vento.Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

18h – Léo Asfora lança seu livro Além das palavras, uma obra que reúne 81 poemas que discorre sobre a vida, com sentimento e reflexão. Área externa
18h45 – Apresentação do grupo Cacuriá de Dona Teté. Área externa-Palco
20h – Apresentação musical com o grupo Em Canto e Poesia. Área externa- Palco

Dia 02 – de dezembro – sexta-feira

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

16h – Campus em disputa – Conversa sobre as formas de resistência e de luta por direitos na universidade pública, a partir dos modos de agir na ou a partir da instituição. Com as presenças de Dandara Luísa Alves (graduanda em Ciências Sociais, integrante do Laboratório de Estudos em Sexualidade Humana e estagiária da Diretoria LGBT – UFPE), Chico Ludermir (jornalista e artista multimídia), Maria Eduarda Mota Rocha (professora do Programa de Pós-graduação em Sociologia – UFPE) e Yvana Fechine (professora do Programa de Pós-graduação em Comunicação – UFPE). Auditório Cícero Dias

17h30 – A gestação de Pérolas porcas – Raimundo Carrero recita e comenta textos do seu romance a ser lançado em 2017, Pérolas porcas (Iluminuras). Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

19h –Mercado literário no Nordeste- Mesa com Lucinda Marques, presidente da Câmara Cearense do Livro, Deborah Echeverria da Editora Cubzac, representante da Leia -Liga de Editoras Independentes e Alternativas e Karla Melo, da Confraria do Vento. Auditório Cícero

20h – Intervenção musical e poética com os artistas Maciel Salú e Isaar França que reincorporam Ascenso Ferreira em homenagem in memoriam ao poeta pernambucano. Área externa – Palco

Dia 03 de dezembro – sábado

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

16h – As vantagens de ser malvado – O quadrinista André Dahmer (O Globo/ Folha de S. Paulo) em debate com a jornalista Carol Almeida sobre o trabalho de transformar em imagens os conflitos da sociedade. Auditório Cícero Dias
17h30 – Livrarias: vocação humanística? Uma conversa entre Lourival Holanda (professor do Departamento de Letras da UFPE) e Daniel Bandeira Louzada (atual proprietário da carioca Livraria Leonardo da Vinci), com mediação do curador Schneider Carpeggiani, sobre o papel humanístico, para além do comercial, que precisam ter as livrarias. Auditório Cícero Dias
19h – Lançamento do livro Guerra de ninguém – O escritor Sidney Rocha autografa e conversa sobre seu novo livro de contos, Guerra de ninguém (Iluminuras). Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

15h – Silvério Pessoa lança o livro Religiosidade Popular- França e Pernambuco: Diálogos, expressões e conexões – O músico autografa o seu livro que traz um estudo comparativo entre as expressões da religiosidade popular pesquisadas entre o Sul da França (Occitânia) e o Nordeste do Brasil (Pernambuco) e conversa com o antropólogo Roberto da Motta. Auditório Cícero Dias
15h – Eugenia Zerbini autografa Harém – Eugenia Zerbini, romancista premiada com o Prêmio Sesc Literatura, conversa sobre o seu novo livro de contos, Harém. O título pode evocar o Oriente, mas é um falso Oriente, como são aqueles sonhados pelos ocidentais. Nesse “harém” as odaliscas são quase todas brasileiras e trazem histórias profundas. Área externa
18h30 – Andréa Nunes, autora de romances policiais, conversa com o escritor Sidney Nicéas sobre seu processo de criação. Área externa
19h – O poeta Miró lança e autografa seu mais recente trabalho, 20 – para pensar um pouco. Área externa
20h – Apresentação do escritor Zelito Nunes e Eugênio Jerônimo– Humor na feira. Área externa – Palco


Dia 04 de dezembro – domingo

Painéis Narrativas Possíveis do Presente

15h – Como fazer a magia de Harry Potter funcionar – Monica Figueiredo, editora da Rocco responsável, no Brasil, por todos os livros da série Harry Potter, conversa sobre o processo de implantação e manutenção da marca Harry Potter. Auditório Cícero Dias

17h – Booktubers – Modos de ser e usar – Uma conversa com a booktuber catarinense Pam Gonçalves, que tem quase 200 mil inscritos no seu canal do YouTube, sobre o que implica a expressão booktuber e como sobreviver à ela. Auditório Cícero Dias

Espaço Livro Aberto

15h – Apresentação do escritor e poeta Sidney Niceas do seu livro Noite em Clara. Área externa

18h – As escritoras Mirela Paes e Raisa Brennichi conversam sobre literatura e cultura digital. Área externa

18h –Patrícia Maês lança Tempos de Olívia – A autora autografa seu romance e conversa com o escritor Sidney Nicéas sobre as influências sofridas durante o processo de maturação da narrativa de seu último livro, publicado pela Cubzac. Auditório Cicero Dias

18h30 – Apresentação do poeta Miró com o seu mais recente trabalho, 20 –para pensar um pouco. Área externa

19h – Felipe Ferreira Lima lança o livro Abuso de poder, igualdade e eleição, uma obra que procura analisar o uso abusivo do poder econômico em detrimento da igualdade de oportunidades entre os competidores no processo eleitoral e conversa com o cientista político Caio Sousa sobre Igualdade e eleição: os desafios da democracia no Brasil de hoje. Auditório Cícero Dias

Oficinas e Cursos

Dias 01 e 02 de dezembro – quinta e sexta-feira

14h – Mitologia e Feminismo, com Carolina Leão. Auditório Cícero Dias

Dias 03 e 04 de dezembro – sábado e domingo

09h – Atividades lúdicas cantadas, com Rose Jarocki e Pedro Ivo da Silveira (Cia do Lazer). Bienalzinha

Dia 04 de dezembro – domingo

09h – Oficina Cartonera, com Wellington Melo. Área externa

Veja também

Clima entre Mirella e Raissa esquenta em A Fazenda
A fazenda

Clima entre Mirella e Raissa esquenta em A Fazenda

Ratinho tem diagnóstico de Covid-19 e ficará afastado da TV
Coronavírus

Ratinho tem diagnóstico de Covid-19 e ficará afastado da TV