Música

Semper Volt propõe uma viagem sideral com a estreia do clipe "Arrepiou"

O material audiovisual foi produzido e gravado durante a quarentena em casa e resgata a temática do autoconhecimento

O artista Semper VoltO artista Semper Volt - Foto: Divulgação

Pegue um período de inquietude existencial, adicione quarentena e isolamento social, complemente com um smartphone, light sticks, tecidos, estrobos de luz negra, material de arquivo da Nasa e misture com uma boa dose de criatividade e bom humor, o resultado é o clipe "Arrepiou" do Semper Volt, que estreia na próxima quinta, 21 de janeiro.

 A música está no álbum Cristal lançado durante a quarentena e agora ganha em clipe uma versão que apresenta elementos estéticos que complementam a narrativa das letras propostas por Semper Volt e as batidas eletrônicas com harmonias regionais misturadas com um pop dos anos 80.

De acordo com João Tenório, nome por trás da identidade  artística Semper Volt, que também é cineasta e atua como diretor, apesar do período difícil a música carrega uma leveza e alto astral vindos de outro mundo. "Nesse momento tão ruim da nossa história é difícil achar uma maneira de falar de otimismo, de superação pessoal e positividade, que são os temas da letra. Só mesmo se a gente pegar um foguete e sair da Terra, para presenciar a formação de vida em outro planeta e, quem sabe, até encontrar artefatos de uma possível inteligência extra-terrestre", disse.

O clipe foi todo gravado em casa e contou com a colaboração de Cris Motta, com a obra “caixa”, do artista plástico Leandro Lima, que entrou como uma espécie de artefato encontrado em outro planeta.

Para o artista, a participação de Vinicius Prado Martins na edição foi fundamental para que a narrativa e o ritmo se encontrassem. "O Vini é um montador brilhante e nossa colaboração já vem de muitos anos. Conversamos sobre Meliés e 2001 como referência, e partimos para uma abordagem de efeitos que poderiam ser feitos mesmo com recursos só de película", finalizou.

Ficha Técnica: 

Dirigido por João Tenório 

Montagem e efeitos visuais por Vinicius Prado Martins  

Criação e animação de objetos e efeitos de cena por Maria Cristina Motta  Gráficos por Gabriel Dietrich 

"Caixa" por Leandro Lima

Música composta por Semper Volt

Produzida por Semper Volt e Ivan "Boi" Gomes

Percussão por Ariel Coelho 

Mixada por Ricardo Mosca 

Masterização por RedTraxx Mastering 

Arranjo vocal por São Yantó 

Produção por  Beca Gouveia

 

 

 

 

 

 

 

Veja também

Caso Karol Conká diz menos sobre ela e mais sobre o hoje, dizem psicanalistas
BBB 21

Caso Karol Conká diz menos sobre ela e mais sobre o hoje, dizem psicanalistas

Ruth Escobar, feminista precoce e polêmica na ditadura, ganha biografia
Literatura

Ruth Escobar, feminista precoce e polêmica na ditadura, ganha biografia