Multicultural

Sesc SP e Coletivo Favela em Casa Anunciam Festival Online

Festival de múltiplas linguagens acontece entre os dias 18 e 20 de setembro

Drik Barbosa abre o Festival na próxima sexta-feira (18)Drik Barbosa abre o Festival na próxima sexta-feira (18) - Foto: Bruno Trindade

Arte e ação cultural das periferias. Este é o mote do festival Favela em Casa SP, evento de múltiplas linguagens que entre os dias 18 e 20 de setembro vai reunir, em maratona online de doze horas, mais de 35 atrações de música, dança, teatro e cinema, entre outras atrações culturais.

Tendo em vista a democratização dos espaços de produção e difusão cultural e artísticas, o Sesc São Paulo direciona a estrutura de sua rede para realizar o evento, que foca no encontro de público e produção de jovens que atuam nas periferias da Grande São Paulo.

Drik Barbosa abre o festival, que ganha transmissão ao vivo pela série Música #EmCasaComSesc exibida pelo Instagram Sesc Ao Vivo e pelo canal do Sesc São Paulo no Youtube. 

 

A apresentação também será retransmitida pelo perfil no Facebook do Festival Favela em Casa, pelo Canal do Festival Favela em Casa no Youtube, além dos perfis no Facebook das unidades do Sesc Campo Limpo, Carmo, Itaquera, Ipiranga, Parque Dom Pedro II, Santana, Santo André, São Caetano e Vila Mariana. 

No show a rapper apresenta sonoridade urbana, afro-brasileira e contemporânea, acompanhada por Kelly Souza (backing vocal) e pelo DJ Faul. No repertório músicas do EP de estreia "Espelho" (2018) e canções de seu primeiro disco "Drik Barbosa" (2019), com referências que vão do pop ao rap. 

As demais atrações serão exibidas pela página do Facebook do Festival Favela em Casa e pelo canal do Festival Favela em Casa no Youtube.
 

PROGRAMAÇÃO 

18 a 20/9. Sexta, 20h às 23h. Sábado, 19h às 23h. Domingo, 15h às 19h. 

MÚSICA 

Caue Gas | Wera Guarani | Sóbatuke | Emcee Lê | Jota Pê | Os Ferrais | Marabu | Ôbigo | Tasha e Tracie | Red Lion | Bia Doxum | Xote das Mina | Nayra Lays | Tonyyymon | Rap Plus Size | Nina Oliveira | Mc Poneis 

DANÇA 

Aline Constantino (Afrobreak) | Babiy Querino | Djalma Moura | Vanessa Soares | Keyson IDD | Débora Regi 

LITERATURA 

Kimani | Felipe Marinho | Igor Chico | Jessica Campos | Roberta Estrela D'Alva / Slam Blues | Eleilson Leite | Elizandra Souza | Débora Garcia 

TEATRO 

Grupo Identidade Oculta | Willian Sampaio | Icaro Pio 

CONVERSAS 

Encontros com duração de 20 minutos, gravados pela plataforma zoom. Versões mais enxutas e editadas serão veiculadas no Festival. As versões completas (cerca de 1h de duração) ficarão disponíveis posteriormente no canal do Festival Favela em Casa no Youtube, bem como toda a programação. 

- Quebrada do Futuro - Quem Guarda nossas Memórias? Um diálogo intergeracional sobre a construção de acervo e memória das periferias. Com Marcelino Melo, Mestre Gildásio e Abigail Campos Leal. 

- Juventudes e Trajetórias Compartilhamento de experiências sobre carreira e perspectivas a partir da realidade periférica. Com Anike Pelegrini, Eric Oliveira e Nego Bala. 

- Arte, Literatura e Lutas Sociais Uma perspectiva sobre produções artísticas, literárias e históricas que documentam as narrativas periféricas. Com Helena Silvestre e Heloisa Hariadne. 

Veja também

'O novo é sempre um desafio', diz Tarcísio Meira sobre saída da Globo
Televisão

'O novo é sempre um desafio', diz Tarcísio Meira sobre saída da Globo

Longa sobre Milos Forman falha ao explorar pouco a vida do cineasta
Cinema

Longa sobre Milos Forman falha ao explorar pouco a vida do cineasta