Celebridades

'Sou um cara de sorte', diz Bruno Gagliasso em clique de Ewbank com recém-nascido

O casal deu as boas-vindas ao novo membro da família, Zyan, que chegou ao mundo no último dia 8, no Rio de Janeiro

Bruno Gagliasso e Gio EwbankBruno Gagliasso e Gio Ewbank - Foto: Instagram/Divulgação

Bruno Gagliasso, 38, fez uma homenagem à esposa Giovanna Ewbank, 33, nas redes sociais nesta terça-feira (14). O casal deu as boas-vindas ao novo membro da família, Zyan, que chegou ao mundo no último dia 8, na Maternidade Perinatal Laranjeiras, no Rio de Janeiro.


O ator compartilhou um clique em que a mão do pequeno recém-nascido aparece no rosto de Ewbank e se declarou: "Gio e forte! Forte e ponto. Ela e uma leoa, mas isso ainda e pouco para descrever sua potencia. Sua forca e o amor. E por esse sentimento infinito que ela carrega no peito que tudo ao redor se transforma."


Gagliasso também disse ser um "cara de sorte" e que não existe palavras para descrever sua admiração pela parceira. "Hoje sou um homem ainda mais apaixonado pela mulher da minha vida. E amanha, certamente, estarei ainda mais", finalizou.


O registro conquistou os seguidores do ator e também chamou atenção de celebridades próximas ao casal, como os atores Ary Fontoura, Rafael Cardoso, Carolina Dieckmann e Klebber Toledo. A atriz e apresentadora Tatá Werneck elogiou a homenagem de Gagliasso e escreveu: "Ela é uma mulher incrível e é fundalmente que os parcerios entendam que ficamos vulneráveis nesse período. Amo vocês".


Pais de mais dois, Bless, 4, e Titi, 7, o casal anunciou poucas horas antes do nascimento de Zyan um chá de bebê virtual e solidário para ajudar as crianças atendidas pela organização Aldeias Infantis. Os presentes serão doados à instituição.


Vale lembrar que após compartilhar a primeira foto do filho, Zyan, na última sexta-feira (10), Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank enfrentaram algumas críticas de internautas, já que eles levaram uma fotógrafa para a maternidade, o que estaria proibido pelo hospital devido às regras de isolamento impostas pela pandemia do coronavírus.


A polêmica foi tamanha porque muitas mães que tiveram o filho na Maternidade Perinatal Laranjeiras, no Rio de Janeiro, durante a quarentena se sentiram injustiçadas por terem sido impedidas de fazer o mesmo que o casal quando deram à luz.


A maternidade se pronunciou sobre ocorrido por meio de nota oficial divulgada em sua página no Instagram. "A Perinatal informa que sua política atual de não autorizar a presença de fotógrafos na sala de parto está mantida. Um gestor de uma de nossas unidades abriu uma exceção e autorizou a entrada de um fotógrafo que apresentou um teste negativo para COVID-19, o que está em desacordo com o nosso protocolo. O referido fato está sendo devidamente apurado para a adoção das devidas medidas disciplinares", dizia o comunicado.

Veja também

Ministério Público oferece denúncia contra Felipe Prior por crime de estupro
famosos

Ministério Público oferece denúncia contra Felipe Prior por crime de estupro

Repasses da Lei Aldir Blanc começam no próximo dia 10, afirma secretário
governo

Repasses da Lei Aldir Blanc começam no próximo dia 10, afirma secretário