Amazon Prime vai incluir diversos filmes recentes da Disney em seu catálogo

A tendência é que os conteúdos entrem de pouco a pouco no catálogo para ir conquistando o público

Filmes da Disney estarão no catálogo da Amazon Prime VideoFilmes da Disney estarão no catálogo da Amazon Prime Video - Foto: Portal FolhaPE

O serviço de streaming da Amazon Prime divulgou que títulos da Disney como ‘Capitã Marvel’, ‘Vingadores: Ultimato’, ‘O Rei Leão’ e ‘Toy Story 4’, vão entrar em seu catálogo. Os contratos dessas produções devem ir até setembro de 2020.

A tendência é que os conteúdos entrem de pouco a pouco no catálogo para ir conquistando o público. Com preço único, a Amazon Prime Video chegou recentemente ao Brasil, no preço de R$ 9,90. O serviço de streaming da Disney deve chegar ao Brasil apenas em 2020.

‘Capitã Marvel’, estrelado por Brie Larson e lançado em 2019 nos cinemas, já está disponível para os assinantes. Datas de estreia das diversas produções não foram anunciadas, até o momento.

Leia também:
Elsa está chegando! Disney lança segundo trailer de 'Frozen 2'; confira
'Capitã Marvel' apresenta heroína de poder cósmico em aventura arrebatadora


Confira os filmes que estarão disponíveis:

Marvel: ‘Capitã Marvel’, ‘Vingadores: Ultimato’, ‘Homem de Ferro’, ‘Thor: O Mundo Sombrio’, ‘Doutor Estranho’ e ‘Guardiões da Galáxia Vol. 2’.

Originais: ‘O Rei Leão’, ‘O Retorno de Mary Poppins’, ‘O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos’, ‘A Bela e a Fera’, ‘Malévola’, ‘Malévola: Dona do Mal’ (que chegará aos cinemas no dia 17 de outubro) e ‘Piratas do Caribe’.

Animações: ‘WiFi Ralph - Quebrando a Internet’, ‘Operação Big Hero’, ‘Enrolados’, ‘Toy Story’ do 1° ao 4°, ‘Zootopia’, ‘Moana’, ‘A Princesa e o Sapo’, ‘Lilo & Stitch’, ‘Vida de Inseto’ e ‘Os Incríveis’.

Séries:
As temporadas completas de ‘Grey's Anatomy’, ‘The Walking Dead’, ‘American Horror Story’ e ‘How I Met Your Mother’

Veja também

Confira as estreias da Netflix em outubro
Streaming

Confira as estreias da Netflix em outubro

Governo pede censura de 'Lindinhas' e investigação da Netflix
Streaming

Governo pede censura de 'Lindinhas' e investigação da Netflix