A-A+

Netflix revela ter 29,4 milhões de assinantes na América Latina

A revelação dos dados vem após a Netflix registrar pela primeira vez, no segundo trimestre deste ano, queda nos assinantes de EUA e Canadá

App da NetflixApp da Netflix - Foto: Matthew Keys / Flickr Creative Commons

Na segunda-feira (10), em relatório à SEC, a comissão de valores mobiliários dos EUA, a Netflix revelou pela primeira vez a distribuição de seus 158 milhões de assinantes por regiões do mundo.

Em dados de setembro, a América Latina, Brasil inclusive, somava 29,4 milhões de assinantes, um terço dos latino-americanos com acesso a banda larga, segundo a Bloomberg.

A região que engloba Europa, Oriente Médio e África tinha 47,4 milhões. Ásia e Pacífico, 14,5 milhões. Estados Unidos e Canadá somavam 67,1 milhões.

Leia também:
'The Witcher', nova série de fantasia da Netflix, ganha trailer final; assista
Vídeo de Bruno Gagliasso com Netflix atinge mais de 1,7 mi de visualizações


Em média, um assinante dos EUA ou do Canadá pagava US$ 12,36 (R$ 50,42) por mês. Um latino-americano, US$ 8,21 (R$ 33,49). A menor rentabilidade por cliente seria um dos obstáculos para o avanço global de novos serviços de streaming, como a Disney.

A revelação dos dados vem após a Netflix registrar pela primeira vez, no segundo trimestre deste ano, queda nos assinantes de EUA e Canadá.

Veja também

Por 'violência extrema', Ministério da Justiça atribui classificação de 18 anos para 'Round 6'
Netflix

Por 'violência extrema', ministério atribui classificação de 18 anos para 'Round 6'

Funcionários trans da Netflix organizam protesto contra especial de humorista americano
Netflix

Funcionários trans da Netflix organizam protesto contra especial de humorista americano