Teatro para todos os gostos

Fim de semana do Janeiro de Grandes Espetáculos ocupa teatros da Capital com peças de gêneros variados

Terror e Miséria no Terceiro Reich - O DelatorTerror e Miséria no Terceiro Reich - O Delator - Foto: Renato Filho

Evento consagrado pela classe artística pernambucana, o Janeiro de Grandes Espetáculos chegou a sua 23ª edição na última quinta-feira (12) e segue com programação variada até 29 de janeiro. Neste primeiro final de semana, o festival leva aos palcos recifenses boas atrações nas áreas de teatro, dança e música. Um dos destaques é a estreia da peça pernambucana "Terror e miséria no Terceiro Reich - O delator", cujas sessões ocorrem até o fim do mês, aos sábados e domingos, sempre às 18h, no Teatro Arraial.

Com direção de José Francisco Filho, a montagem é uma adaptação de um trecho da obra escrita pelo poeta e dramaturgo alemão Bertolt Brecht. Germano Haiut e Stella Maris Saldanha interpretam um casal alemão de classe média em busca do filho, que desaparece durante o período de opressão nazista. A obra foi escrita entre 1935 e 1938, quando o autor vivia exilado na Dinamarca, através de notícias de rádios e jornais da época.

Outro espetáculo que merece atenção é "Bão Preto", que aporta no Teatro Apolo. A peça é uma das três obras que a companhia portuguesa Comuna Teatro de Pesquisa traz a Pernambuco durante o festival. O grupo teatral, que tem uma importante trajetória artística em Lisboa, está comemorando 45 anos de existência. Já a atriz pernambucana Ilva Niño, conhecida por seus papeis na TV, pode ser vista em cena na comédia musical "Cabaré da humanidade".

Reunindo cenas de quatro montagens anteriores, o Balé de Cultura Negra do Recife apresenta "Bacnaré: 31 anos de resistência". Através de coreografias que celebram as danças de origem africana, a obra retrata a luta pela preservação da cultura negra. A atualidade político-social do Brasil serve de inspiração para o monólogo "A mulher monstro". No palco, o ator potiguar José Neto Barbosa interpreta uma burguesa perseguida pela própria visão intolerante da sociedade.

Programação

Sábado

16h30 - "Bão Preto"
Teatro Apolo

18h - "Terror e miséria no terceiro reich - O delator"
Teatro Arraial

18h - "O churrasco"
Teatro Marco Camarotti

20h - "Mistura Fina - Elyanna Caldas, Spok e Claudionor Germano"
Teatro de Santa Isabel

20h - "Salmo 91"
Espaço Cênicas

20h - "Cabaré da humanidade"
Teatro Luiz Mendonça

Domingo

10h - "Brinquedos e brincadeiras"
Teatro Boa Vista

16h30 - "Bão Preto"
Teatro Apolo

18h - "Terror e miséria no terceiro reich - O delator"
Teatro Arraial

19h - "Bacnaré: 31 anos de resistência"
Teatro Luiz Mendonça

19h - "A mulher monstro"
Teatro Marco Camarotti

19h - "Ao amor, onde o amor foi demais - Dalva Torres"
Teatro de Santa Isabel

20h30 - "A rã"
Teatro Hermilo Borba Filho

Veja também

Kelly Osbourne admite recaída após quatro anos sóbria
Famosos

Kelly Osbourne admite recaída após quatro anos sóbria

Oscar 2021: 'Nomadland' é o favorito a levar melhor filme, segundo consultoria
Oscar 2021

Oscar 2021: 'Nomadland' é o favorito a levar melhor filme