Adriana Esteves e filho recriam cena de Carminha, de 'Avenida Brasil', em casa

No original, a vilã interpretada por Esteves está refém em um quarto chupando gelo

Carminha, interpretada por Adriana EstevesCarminha, interpretada por Adriana Esteves - Foto: Divulgação / Globo

Em quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus, Adriana Esteves, 50, e o seu filho mais velho, Felipe Ricca, 20, recriaram em casa uma cena vivida por Carminha em "Avenida Brasil", novela de grande sucesso de 2012, que está sendo reprisada nas tardes da Globo.

No original, a vilã interpretada por Esteves está refém em um quarto chupando gelo, quando um dos capangas pergunta se ela passou bem a noite. "Quer que eu enfie esse gelo na sua goela?", rebate ela.

Na recriação, é Felipe quem faz a pergunta para a mãe, e eles estão na cozinha. Veja a cena: Felipe é fruto do casamento de Esteves com o ator Marco Ricca. Ela também é mãe de Vicente, 13, da sua união com Vladimir Britcha.

Leia também:
Caio Castro, Vivianne Pasmanter e outros atores aparecem em dobradinha nas novelas da Globo
Morre Filipe Duarte, ator português de 'Amor de Mãe', aos 46 anos


Adriana Esteves quase não foi Carminha
Carminha quase não foi interpretada por Adriana Esteves, que se consagrou no papel e ganhou naquele ano o prêmio de melhor atriz da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte). Em entrevista à série "As Vilãs que Amamos", do canal Viva, ela contou que, inicialmente, o autor a chamou para outro personagem. Só depois ele com a direção da Globo decidiram que ela faria a inesquecível vilã.

Desde que recebeu as primeiras informações e sinopses sobre "Avenida Brasil", Esteves afirma que percebeu de início que a trama seria um sucesso. "Isso deu para ver de cara. Sabe quando você quer entrar em um projeto, porque você gosta, acredita nele e gosta das pessoas que estão envolvidas."

Ao programa do Viva, a atriz também disse que não quis pensar em Carminha como uma vilã porque ficou com um certo receio do estereótipo que o termo poderia carregar. "Eu tirei isso da cabeça [a palavra vilã] e falei: 'Não vou pensar nisso. Vou criar uma mulher com os seus objetivos e suas dores."

Para a atriz, apesar das maldades, a megera conquistou o público por ser corajosa e divertida. "Ela enxergava a vida com inteligência e humor", disse em entrevista de divulgação da Globo sobre a reprise. Na visão da atriz, a maior maldade de Carminha era maltratar e debochar da própria filha, Ágata (Ana Karolina).

Adriana Esteves contou ainda que fazer a vilã foi a sua maior entrega como atriz. "Quando terminou a novela, foi a primeira vez que eu senti uma dificuldade muito grande de abandonar a personagem [...] Eu estava no 220 volts, e precisava voltar para o 110 para continuar a viver ou até para fazer outros trabalhos, porque como é que eu ia conseguir fazer outra coisa naquela vibração."

Veja também

Morre o ator e dublador Orlando Drummond, aos 101 anos
LUTO

Morre o ator e dublador Orlando Drummond, aos 101 anos

Selton Mello fala sobre interpretar Dom Pedro II: 'Favorece a curiosidade histórica'
Novela

Selton Mello fala sobre interpretar Dom Pedro II: 'Favorece a curiosidade histórica'