Ator recifense participa de concurso para 'Malhação'

Através de votação online, Victor Carvalho Leal, de 20 anos, busca vaga em programa musical que será exibido dentro da novela

O pernambucano Victor Carvalho Oliveira, de 20 anos, vive no Rio de Janeiro desde o ano passadoO pernambucano Victor Carvalho Oliveira, de 20 anos, vive no Rio de Janeiro desde o ano passado - Foto: Bianca Oliveira/Reprodução/Instagram

O ator, cantor e bailarino Victor Carvalho Leal vive a expectativa de estrear na televisão. O pernambucano de 20 anos participa de um concurso para garantir uma vaga no programa "Vai no gás", que será exibido dentro da novela "Malhação - Toda forma de amar", da TV Globo, a partir de setembro. A seleção ocorre por meio de votação popular, através do site Gshow, e termina amanhã.

Victor conta que a oportunidade de integrar a novela foi uma surpresa. "Fiz cadastro na Globo no ano passado. Cheguei a fazer teste para essa temporada de 'Malhação', mas não passei. Do nada, eu estava em casa e recebi um email da produtora de elenco, dizendo que queria falar comigo para uma participação", relembra o ator, que no vídeo da votação online, aparece cantando "Você partiu meu coração", de Nego do Borel. Para garantir a vitória, ele já mobilizou parentes e amigos. "Falei com todo mundo da minha família, gente do interior, de outros estados e de fora do país. Ficam o tempo todo ligado, votando o dia todo. É gostosa essa adrenalina", revela.

O recifense está na disputa com outros três jovens atores. Os dois mais votados pelo público devem integrar um reality show musical fictício, que movimentará alguns episódios da trama teen nos próximos meses. Há duas personagens na novela - Nanda (Gabriella Mustafá) e Raíssa (Dora de Assis) - que cultivam o sonho de seguir carreira musical e são selecionadas para o reality. Os vencedores do concurso online interpretarão eles mesmos e serão os concorrentes das garotas na dramaturgia.

Leia também:
Vendedor ambulante e empresário musical, Tonho da Macaxeira sonha viver do arrocha
Mestre de cerimônias da Alepe abraça a carreira musical no São João

"Sempre tive curiosidade de saber como é esse processo da TV. Minha experiência sempre foi com o teatro e já nesse pequeno contato que tive até agora senti como é diferente a televisão. Estou achando legal descobrir essas novas possibilidades de atuação", afirma. Caso seja selecionado, Victor ainda não sabe se continuará na trama até o fim. Mesmo assim, ele está animado com a possível participação. "Novela é uma obra em aberto, depende muito da visão do público. O negócio é chegar lá, fazer o que eu sei fazer e torcer pelo melhor", afirma.

Trilhando um caminho

O primeiro contato de Victor com a atuação ocorreu ainda na infância. Aos 12 anos, fez uma aula experimental de teatro na escola e nunca mais quis largar os palcos. "No começo, fui um pouco reprimido. Meus pais não gostavam muito da ideia e queriam que eu fizesse outra coisa da vida. Mas não teve jeito. Não consigo me ver em outro caminho", compartilha.

Victor já participou de várias montagens locais, com destaque para "Aladim, o musical - Recife", entre 2017 e 2018. Chegou a iniciar os estudos em Licenciatura em Teatro pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), mas, no ano passado, se mudou para a capital fluminense, onde cursa Atuação Cênica na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UNIRIO).

Desde que deixou Pernambuco, o ator já estrelou o musical "Na pele", em São Paulo, e fez participação especial em "Beatles num de céu de diamantes", montagem assinada pela famosa dupla Charles Möeller e Claudio Botelho. Recentemente, ele foi aprovado para o elenco de "Brilha la luna", musical carioca inspirado nas canções do grupo Rouge, que estreia em novembro, no Rio de Janeiro. "É bem difícil ficar longe de todo mundo que conheço, mas troquei de cidade em busca de um sonho. Sei que estou trilhando o caminho certo, fazendo escolhas certas e já começo a receber as respostas disso", comemora.

Veja também

Biel faz comentário sobre Jojo em A Fazenda 12 e é acusado de gordofobia
A Fazenda

Biel faz comentário sobre Jojo e é acusado de gordofobia

Parte da história televisiva, novelas já foram produzidas em Pernambuco
Televisão 70 anos

Parte da história televisiva, novelas já foram produzidas em Pernambuco