Band vai reprisar 1ª temporada de MasterChef Profissionais a partir de terça-feira

Emissora anunciou nesta quarta que irá incluir na sua programação a primeira temporada do reality, que foi ao ar em 2016. As reprises vão passar às terças-feiras, sempre às 22h45

Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, os jurados do "MasterChef Brasil"Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, os jurados do "MasterChef Brasil" - Foto: Carlos Reinis/Band

A onda de reprises na TV brasileira provocada pela pandemia do novo coronavírus não poderia deixar de fora os fãs do MasterChef. A Band anunciou nesta quarta-feira (29) o retorno da primeira temporada do MasterChef Profissionais à programação da emissora.

O reality, que foi ao ar em 2016, passará às terças-feiras, sempre às 22h45, mostrando 14 chefs profissionais que marcaram a história do programa, como a campeã Dayse Paparoto. Ao todo, serão dez episódios mostrando desafios e a avaliação dos jurados Erick Jacquin, Henrique Fogaça e Paola Carosella.

Leia também:
Vitor vence 1ª temporada do 'MasterChef - A Revanche'
Final de The Four, reality musical apresentado por Xuxa, será ao vivo
Reality das Kardashians volta com Kourtney distante das irmãs e festa de Kendall


A primeira temporada da versão profissional do programa acabou sendo repleta de polêmicas envolvendo machismo e arrogância de alguns participantes. Dayse foi alvo de diversas dessas situações controversas, tendo sido constantemente avaliada pelos pares como a adversária mais fraca.

Em um dos episódios, Marcelo disse que, em sua opinião, ela sairia. "Não tem mais culhão para ficar, pelo amor de Deus, né? Não tinha técnica nenhuma", comentou. Após os elogios dos jurados à competidora, que venceu a prova, ele ainda completou: "Isso é palhaçada. Que ridículo, cara. Não estou acreditando."

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Juliana Rosa, jornalista da GloboNews, deixa canal após 20 anos
Despedida

Juliana Rosa, jornalista da GloboNews, deixa canal após 20 anos

'Surpresa' de Bonner não era aposentadoria, mas campanha institucional
Jornal Nacional

'Surpresa' de Bonner não era aposentadoria, mas campanha institucional