Se afastando de clichês, 'Malhação: Toda Forma de Amar' aborda questões sociais

Subtítulo da nova temporada se refere à história das duas mães e às diversas relações entre os personagens dentro da narrativa

‘Toda Forma de Amar’ se refere à história das duas mães e às diversas relações entre os personagens dentro da narrativa‘Toda Forma de Amar’ se refere à história das duas mães e às diversas relações entre os personagens dentro da narrativa - Foto: Divulgação/TV Globo

Amor, empatia e respeito são palavras que rondam as últimas temporadas de “Malhação”. A paixão romântica adolescente tem cedido cada vez mais espaço para histórias de amizade e compreensão emocional. À frente do texto da nova temporada da produção infantojuvenil, Emanuel Jacobina quis contar o enredo de duas mães que amam uma criança com a mesma intensidade.

Além das relações amorosas, a produção, que estreou na última terça-feira (16), pretende mostrar que a fase da adolescência também é marcada pela construção da personalidade e caráter. “A ideia é construir uma trama em que, através de diferentes tipos de relação, o amor é o sentimento que predomina, em especial a amizade. Achei importante ir além do amor romântico, embora eu também fale desse amor. O título ‘Toda Forma de Amar’ se refere à história das duas mães e às diversas relações entre os personagens dentro da narrativa”, explica Jacobina.

Leia também:
'Malhação': Rita afirma a Tadeu que encontrará sua filha
Débora Fallabela compara clima de repressão de 'Se Eu Fechar Os Olhos Agora' com o Brasil atual


A temporada se baseia na convivência entre jovens de realidades tão diferentes quanto Baixada Fluminense e Ipanema, na Zona Sul do Rio, com alguns deles já cursando a faculdade. “A trama mostra os jovens inseridos no mundo e nas comunidades em que vivem. Cada um tem a própria história, a sua forma de amar. Pretendemos tocar o coração das pessoas através dos sentimentos vividos pelos personagens”, afirma o diretor artístico Adriano Melo.

A história é encabeçada pela luta da jovem Rita, papel da novata Alanis Guillen, em busca da filha, a quem nunca viu. Justo na missa de sétimo dia da morte do pai, Rita descobre que sua bebê, que ela acreditava ter morrido, foi levada por ele logo após o parto para o Rio de Janeiro. Disposta a procurar pela menina, a adolescente deixa sua cidade natal, Queimados, e se muda para Duque de Caxias, ambas na Baixada Fluminense, onde é acolhida pela amiga de sua falecida mãe, Carla, vivida por Mariana Santos, e seus dois filhos. “Minha personagem vai viver uma trajetória intensa em nome do amor incondicional pela filha. Estou orgulhosa e ansiosa para a estreia”, vibra Alanis.

Pista após pista, a jovem descobre que a criança foi adotada por Lígia e Joaquim, interpretados por Paloma Duarte e Joaquim Lopes, que a criam cercada de amor, ao lado do filho já adulto do casal, Filipe, de Pedro Novaes. “A Lígia é uma médica bem-sucedida, mas, para ela, a maternidade está muito à frente do trabalho. Me identifico completamente com ela. Sou mãe e trabalho como atriz nas horas vagas”, conta Paloma.

Cidade cenográfica
A trama de “Malhação: Toda Forma de Amar” tem a maior cidade cenográfica de uma temporada da franquia até hoje, construída em uma área de mais de 8 mil metros quadrados nos Estúdios da Globo, localizados na Zona Oeste do Rio de Janeiro. No espaço, a equipe de cenografia reproduziu Duque de Caxias e Ipanema. A praça Nossa Senhora da Paz, símbolo de Ipanema, serviu de inspiração para o lugar em que a bebê Nina é levada para brincar e tomar sol quase todas as manhãs.

“Trouxemos para a nossa cidade cenográfica outros elementos do mobiliário urbano de Ipanema, como postes e quiosques de plantas. Queremos que o público se sinta no coração do bairro, circulando pela praça, pelas galerias e pelos bares da rua Farme de Amoedo”, aponta Alexis Pabliano, que assina a cenografia da temporada com Felipe Serran.

Para reproduzir Duque de Caxias no vídeo, a equipe concluiu que há uma grande a quantidade de placas nas ruas e o comércio costuma ter muita informação nos interiores e nas fachadas. O Baixada’s, a lanchonete de Carla, vai mostrar essas características nas cores dos azulejos nas paredes e na quantidade de banners, tabelas de preços e cartazes pendurados pelo estabelecimento. A modernidade dos lugares do município vai ficar mais evidente através das manifestações artísticas e culturais. “Temos um núcleo na cidade cenográfica que chamamos de Baixo Caxias, o point da rapaziada com pizzarias e restaurantes, onde fica o Baixada’s. Ali também fizemos um palco para as rodas de rap, e os painéis do Tico enriquecem esse ambiente”, afirma o cenógrafo Felipe Serran.

Elenco
Lidando com um elenco majoritariamente novato, a direção realizou um intenso processo de preparação. O trabalho teve como norte gerar harmonia e entrosamento entre os atores, exercitar ferramentas de interpretação e o relacionamento com o audiovisual. “Muitas pessoas do elenco nunca trabalharam na tevê. Juntos, descobrimos interesses e referências de dramaturgia em comum, desafios e dificuldades. Trabalhamos também as relações entre os personagens. É um processo muito rico, que faz toda a diferença no momento da gravação e no resultado que veremos no ar”, valoriza a preparadora de elenco Cristina Moura.

"Malhação: Toda Forma de Amar" vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 17h55, na TV Globo.

Veja também

Pernambucano estará entre os confinados do BBB 21; confira os nomes confirmados
Reality Show

Pernambucano estará entre os confinados do BBB 21

Globo revelará de dois em dois os participantes do BBB 21
BBB 21

Globo revelará de dois em dois os participantes do BBB 21