Teatro

Temporada do espetáculo 'Deslenhar' segue nesse fim de semana

Neste sábado (29), apresentação será no Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo, em Chão De Estrelas

Espetáculo "Deslenhar" segue em temporada neste final de semanaEspetáculo "Deslenhar" segue em temporada neste final de semana - Foto: Divulgação

O Teatro Miçanga voltou aos palcos com o espetáculo “Deslenhar”, em apresentações gratuitas no Recife e em Camaragibe, no último fim de semana. A temporada segue até o dia 18 de junho, em espaços alternativos com encerramento no Teatro Marco Camarotti, em Santo Amaro, no Centro do Recife. A companhia ainda oferecerá oficinas gratuitas O espetáculo tem 45 minutos de duração e possui classificação livre, dentro de todos os protocolos sanitários estabelecidos pelo Governo de Pernambuco. A temporada possui o incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura - Funcultura PE.

O espetáculo “Deslenhar” estreou em 2018, e é uma peça inspirada no conto "A Fogueira", do escritor moçambicano Mia Couto. Utilizando-se da poesia, música, dança e humor, o espetáculo conta a história da vida de Dona Eterninha e de Seu Perpétuo, personagens que dividem amores, alegrias e tristezas, bem como o confronto com a iminência da morte.

A história tem início quando seu Perpétuo percebe a dura necessidade de cavar a cova de sua esposa, ainda viva. A contação se desdobra, com delicadeza, sobre a vida dos personagens. “Na história de Seu Perpétuo, somos transportados para um tempo em que ele era jovem e observamos um homem que, diante de uma vida difícil, inventa histórias e diverte os filhos. É um espetáculo que nos lembra da preciosidade do tempo e de cada momento que vivemos”, revela a diretora e também atriz, Amanda Pegado.

Todo o grupo, formado por Amanda Pegado, André Alencar, Fernando Rybka e Geraldo Monteiro, atua e assina a dramaturgia, direção, iluminação e sonoplastia do espetáculo. O figurino é assinado por Maria Agrelli e a produção é do Coletivo Enlace, de Bárbara Souza e de Camila Mendes.

Teatro Miçanga - Criado em agosto de 2016, a investigação do grupo se pautou na utilização da literatura não-dramática, no ator-narrador e na ocupação de espaços alternativos. Deslenhar é o primeiro espetáculo do grupo, que teve a sua estreia em abril de 2018, fez três temporadas, participou de quatro festivais e foi contemplado com a ocupação do Centro Cultural Banco do Nordeste, em Fortaleza. O segundo trabalho do grupo, “Tão de Perto”, é um espetáculo virtual, nascido durante a pandemia, que estreou na plataforma Zoom, em janeiro de 2021.

Oficinas
O grupo ainda oferecerá, no mesmo teatro, uma oficina gratuita ao final do projeto, no dia 18 de junho, das 13h às 19h. Para participar, o interessado precisa enviar uma solicitação de inscrição para o e-mail [email protected], a partir do dia 4 de junho. A oficina artística é aberta para todas as pessoas e vai abordar a improvisação e uso da literatura em cena.

 

PROGRAMAÇÃO

ABRIL

30/04 - 19h30 - Centro de Educação e Cultura Daruê Malungo - Rua Passarela, 18-A, Chão De Estrelas – Recife/PE

 

MAIO

07/05 - 19h30 - Casarão Das Artes - Rua Travessa Tiradentes, 122– Recife/PE

14/05 - 19h30 - Centro de Capoeira São Salomão - Rua Amaro Gomes Poroca, 267 – Várzea – Recife/PE

20/05 - 19h30 - Compaz Ariano Suassuna - Av. Gen. San Martin, 1208– Recife/PE

27/05 - 19h30 - Compaz Eduardo Campos - Av. Aníbal Benévolo, S/N – Alto Santa Terezinha – Recife/PE

 

JUNHO

*Essas apresentações contam com intérprete de Libras

04/06 - 19h30 - Compaz Miguel Arraes - Av. Caxangá, 653 – Recife/PE

18/06 - 20h - Teatro Marco Camarotti - Rua Treze De Maio, 455 – Recife/PE

 

FICHA TÉCNICA

Elenco: Amanda Pegado, André Alencar e Fernando Rybka

Atriz intérprete de Libras: Patrícia Albuquerque

Dramaturgia, encenação, iluminação e sonoplastia Teatro Miçanga

Figurino: Maria Agrelli

Produção: Coletivo Enlace (Bárbara Souza e Camila Mendes)

Produções locais: Geraldo Cosmo, Vilma Carijós, Michel Gomes e Izabel Cordeiro

Veja também

Uma mãe pode ter gêmeos de homens diferentes, como na novela "Pedaço de mim"? Especialista responde
SÉRIE

Uma mãe pode ter gêmeos de homens diferentes, como na novela "Pedaço de mim"? Especialista responde

Margaret Atwood comenta decisão de Alice Munro de continuar casada com o abusador da filha
LITERATURA

Margaret Atwood comenta decisão de Alice Munro de continuar casada com o abusador da filha

Newsletter