reality

The Voice Brasil volta com audições às cegas, protocolos de segurança e live após programa

Atração comandada por Tiago Leifert retorna dia 15 de outubro

Carlinhos Brown, Michel Teló, Iza e Lulu Santos no The Voice BrasilCarlinhos Brown, Michel Teló, Iza e Lulu Santos no The Voice Brasil - Foto: Divulgação/Victor Pollak/Globo

A Globo marcou para o próximo dia 15 de outubro o retorno de mais uma temporada inédita do reality musical The Voice Brasil sob o comando de Tiago Leifert e Jeniffer Nascimento.

Para a nova leva de episódios, a Globo afirma que tem feito tudo com segurança e utilizado de todos os protocolos para que não haja risco à saúde dos competidores.

Dentre as novidades está a experiência multiplataforma que a temporada vai proporcionar. O próprio elenco de jurados vai comandar os bastidores da atração em redes sociais. Também como novidade há um filtro do programa para utilizar nos stories do Instagram.

A fase ao vivo da disputa também promete mais interatividade. Além de votar, o telespectador poderá conferir uma live ao fim da edição na TV com técnicos, apresentadores e cantores.

As audições às cegas já começaram nos estúdios da Globo. Os jurados, Carlinhos Brown, Iza, Lulu Santos e Michel Teló já fazem suas escolhas normalmente.

Para Tiago Leifert, mesmo sendo feito de um jeito novo, em meio a uma pandemia, o programa não sofrerá com impacto negativo. "Foi ótimo rever todo mundo. Fiquei muito feliz que conseguimos um jeito seguro de fazer o programa, com impacto zero na qualidade do que mais importa: a música", destaca Tiago.

Parceira dele no palco, mas nessa temporada mais distante fisicamente dos competidores, a atriz Jeniffer Nascimento conta que não faltará emoção. "Não poder ter contato físico ainda é muito desafiador para mim. Tem sido um exercício incrível expressar minha empatia pelo outro sem essa proximidade. Tudo novo, mas nos motiva a fazer ainda melhor o nosso trabalho", explica.

Leifert aposta ainda na boa exposição dos cantores para a retomada de seus trabalhos. "Boa parte dos artistas selecionados estava vivendo de música e com a carreira indo bem antes da pandemia. Essas pessoas perderam ao mesmo tempo o emprego e a maior paixão. O The Voice Brasil surge para reacender o talento desses artistas."

Veja também

Globo Filmes apresenta ações de fomento à diversidade no audiovisual
Audiovisual

Globo Filmes apresenta ações de fomento à diversidade no audiovisual

Poliana Abritta rebate comentário de Robinho sobre feminismo
notícias

Poliana Abritta rebate comentário de Robinho sobre feminismo