Tradutora de 'Harry Potter' morre aos 84 anos

Lia Wyler morreu nesta terça-feira (11), em sua residência no Rio de Janeiro

Lia Wyler morreu aos 84 anos, no Rio de JaneiroLia Wyler morreu aos 84 anos, no Rio de Janeiro - Foto: Reprodução/Facebook

A tradutora Lia Wyler, famosa por ter vertido para o português os sete livros da série "Harry Potter", morreu na manhã desta terça-feira (11), em sua casa no Rio de Janeiro. A causa exata da morte não foi divulgada, mas Wyler já estava debilitada há alguns anos, depois de sofrer dois AVCs. Ela tinha 84 anos. O velório da tradutora será nesta quarta-feira (12), às 8h, no cemitério São João Batista, no Rio. O sepultamento está marcado para 10h30.

Com os três primeiros livros da série "Harry Potter', ela ganhou prêmios como Monteiro Lobato e o selo de "altamente recomendável" da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, ambos em 2001, entre outros troféus. Sua tradução da história de Harry é conhecida por criar versões em português para nomes próprios e palavras inventadas por Rowling, seja de locais ou poções mágicas. É assim que o "Knight Bus", ônibus da série, no Brasil se chama "nôitibus", ou o vendedor de varinhas mágicas, o Mr. Olivanders, ganha o nome de Senhor Olivaras.

Além da saga de J. K. Rowling e outras obras infantojuvenis, ela traduziu para o português a obra de grandes autores do século 20, como John Updike, Saul Bellow e Joyce Carol Oates. Também escritores como Margaret Atwood, Norman Mailer, Isaac Bashevis Singer e Conan Doyle, entre outros. Lia Carneiro da Cunha Alverga Wyler nasceu em Ourinhos, no interior de São Paulo, mas radicou-se no Rio, onde se formou no curso de letras português-inglês, com especialização em tradução.

Leia também:
Compositor das trilhas de 'Star Wars' e 'Harry Potter' está internado
Loja online temática de Harry Potter estreia no Brasil
J.K. Rowling indica que próximo filme da série 'Animais Fantásticos' pode ser ambientado no Brasil


Começou a traduzir ainda nos anos 1970, em vários gêneros, como ficção literária e comercial, divulgação científica, verbetes de enciclopédias etc. Nos anos 1990, chegou a ser presidente do Sindicato Nacional dos Tradutores. Um de seus livros, "Línguas, Poetas e Bacharéis", de 2003, é usado até hoje nos cursos de tradução.

Veja também

Entenda o que é a Lei Paulo Gustavo e por que não trava orçamento de Mario Frias
Paulo Gustavo

Entenda o que é a Lei Paulo Gustavo e por que não trava orçamento de Mario Frias

'Colônia', nova série do Canal Brasil, retrata história real de hospício mineiro
Drama

'Colônia', nova série do Canal Brasil, retrata história real de hospício mineiro