Trio de pernambucanos lança obra literária infantil

Luciano Pontes, Fábio Monteiro e André Neves se uniram para tirar do papel a obra “Lua - Noite e Dia”, que será lançada neste sábado

A obra infantil é resultado do trabalho de três amigos A obra infantil é resultado do trabalho de três amigos  - Foto: Divulgação

Que todos no Recife se conhecem não é novidade. Isso vale, inclusive, para o universo artístico. A construção do artista vai além da individualidade, conta com pessoas que cruzam caminhos e enriquecem a bagagem da vida, com a possibilidade de fazer surgir companheirismo no decorrer desta trajetória. Amizade de longa data nascida no mundo literário, um trio pernambucano resolveu se unir também profissionalmente. Em um encontro descontraído no sul do país, os escritores Luciano Pontes e Fábio Monteiro se reuniram com o ilustrador André Neves e resolveram celebrar a amizade em forma publicação. Juntos, deram vida à obra literária infantil “Lua, noite e dia” , que será lançada neste sábado, às 10h, na Biblioteca Pública do Estado de Pernambuco.


“É um lançamento que comemora uma amizade da adolescência. Foi a primeira obra que os três trabalharam em conjunto. Mas o legal do processo de criação foi justamente o auxílio que cada um teve no trabalho do outro. Acho que isso foi bastante enriquecedor para o desenvolvimento final”, conta Luciano. Como a arte imita a vida, a narrativa fala sobre a metáfora das relações entre indivíduos, que conta com a imaginação solta do leitor para o desenvolver o caminho da obra.

Leia também:

Mestre do Pífano, Sebastião Biano, realiza show comemorativo neste final de semana 

Kleber Mendonça Filho e Lívia Falcão serão os homenageados do Festival de Cinema de Triunfo

Dividido em duas fases, a primeira dialoga com encontros e desencontros dos personagens: noite e dia, além de expressar as expectativas do momento e admiração um pelo outro. A segunda parte chega com homenagem ao literário Fernando Pessoa e também como forma de acender a reflexão do leitor ao retratar poeticamente sobre o tempo. "Fizemos um exercício de escrita. Fui atravessado pela poética do Fernando Pessoa quando imaginei a relação do eu lírico e com os heterônimos. Luciano Pontes trouxe uma narrativa construída na relação da dualidade do dia e noite, metaforicamente, o escuro e claro, e também dialogava com as relações de um poeta tão filosófico como o Pessoa. Depois vieram os fragmentos poéticos e a poesia na segunda parte”, diz o ganhador do Prêmio Jabuti em 2016 com o livro "Cartas a Povos Distantes", Fábio Monteiro.

Segundo os escritores, a ilustração foi fruto de uma narrativa visual de projeto que não aconteceu. "André Neves nos arrebatou com um projeto gráfico que conduz o leitor numa leitura de um texto no dia e outro na noite, sob a poética de uma lua que acompanha essas narrativas", enfatiza Fábio. O lançamento do livro vai contar com debate e leitura da oubra com autores, interveção musical com o artista Samuel Lira e exposição dos Originais de Ilustração. Custando R$38,50, a obra estará disponivel em todas livrarias Paulinas e no site oficial da editora.

Veja também

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco
Artesanato

Site traz mapeamento de artesãs têxteis em Pernambuco

Importadora lança seu próprio clube de vinhos
Vinhos

Importadora lança seu próprio clube de vinhos