A-A+

'Tudo na minha vida é um exemplo', diz Gretchen

Aos 60 anos, Gretchen está em momento maravillhoso da vida e carreira, e o convite para estrelar campanha da Prefeitura do Recife contra assédio só reafirma isso

Gretchen estrela o "Manual do Babaca"Gretchen estrela o "Manual do Babaca" - Foto: Jose Britto

Maria Odete Brito de Miranda, a Gretchen, tem uma história que dispensa apresentações, mas que merece todas as glórias. Foi ainda na adolescência que iniciou a sua carreira, no grupo familiar As Melindrosas. De lá para cá, a artista acumulou uma bagagem que envolve fama e muito aprendizado. Hoje, aos 60 anos, Gretchen vive uma fase maravilhosa da vida e da carreira, em sintonia total com o que rola no Brasil e no mundo, em uma constante ponte aérea entre São Paulo e Mônaco.

Não é não!

A cantora foi convidada pela Prefeitura do Recife (PCR) para estrelar a edição 2020 do Manual do Babaca: um guia (ainda, infelizmente, necessário) para que a sociedade endosse a luta contra o assédio. O material, além de disponível nas redes sociais e em versão impressa, também traz um vídeo com Gretchen cantando e dançando uma letra que tem tudo a ver com o momento, com algumas batidas do seu hit "Conga Conga Conga". "Eu recebi o convite da Ana Braga (gerente de digital da PCR) e do pessoal da Secretaria da Mulher, fiquei muito honrada, fiquei muito feliz, porque eu amo Pernambuco e representar as mulheres é um orgulho para mim", contou a artista em entrevista à Folha de Pernambuco.

Nestes mais de 40 anos de carreira, Gretchen viu a sua imagem ser usada das mais diversas formas. Uma característica que não lhe pode ser negada é a de "dona de si". Gretchen sempre foi inspiração e é unanimidade entre as pessoas que sabem apreciar uma boa história. Sobre possíveis arrependimentos, ela é categórica: "Não me arrependi de nada. Tudo na minha vida é um exemplo. A gente pode usar como experiência de vida para fazer ou não fazer de novo". Uma mulher independente, que criou seus filhos sozinha e, entre outras situações, já sentiu na pele o quanto a violência doméstica é cruel. "Eu acho que eu sou a pessoa mais adequada para representar realmente uma campanha como essa", justifica.

Rainha da internet

A internet fez uma revolução na vida de Gretchen. Ela, lógico, nunca foi de passar despercebida, mas passou um tempo querendo levar uma vida mais tranquila, morando na Europa. Uma série de fatores, incluindo a participação em vários reality shows e, posteriormente, a criação de contas no YouTube e Twitter, fez com que a Rainha do Rebolado virasse, também, a Rainha dos Memes - termo usado para descrever um conceito de imagem, vídeos, GIFs e/ou relacionados ao humor que se espalha nas redes sociais. "Foi aí que eu comecei tudo de novo na minha vida", lembra. Quem usa Instagram e WhatsApp, por exemplo, sabe que existe um meme de Gretchen para cada situação da vida, com expressões que variam entre alegria, tristeza, sarcasmo e mais.

Leia mais
Gretchen chega ao Arsenal com ‘Lança Tua Braba Mulher’
Gretchen estrela campanha de combate ao assédio no Carnaval

Recentemente, uma postagem sua no Twitter, em decorrência do medo de uma possível terceira guerra, ocasionada pelos conflitos entre Estados Unidos e Irã, foi parar em telejornal iraniano. "Quero avisar que o povo brasileiro não concorda com a opinião do presidente dos Estados Unidos", avisou Gretchen. Ela também virou uma espécie de conselheira LGBT, no lugar de fala de mãe de um homem trans, Thammy Miranda. Em recente entrevista a programa de TV, a artista revelou receber mensagens de várias mães pedindo dicas de como lidar com as situações. Gretchen, portanto, é também queridinha da comunidade, e não só em território nacional. A partir do momento em que rompeu fronteiras ao gravar clipe com a norte-americana Katy Perry, ela tornou-se também uma diva LGBT internacional. Mais gente conhece a sua história. Mais gente compartilha conteúdos envolvendo a sua imagem.

Ela merece

Apesar de visitar e percorrer lugares do Brasil e de fora, Gretchen nutre um carinho mais do que especial por Pernambuco, estado onde já morou e, este ano, cumpre agenda durante o Carnaval, incluindo participação no palco principal da folia no Recife, o do Marco Zero, na noite deste sábado (22), que terá programação 100% de mulheres. Até hoje, mesmo com uma história com Pernambuco e com o Recife, Gretchen nunca recebeu o título de cidadã nem do Estado e nem da Cidade: "Espero que um dia ainda ganhe".

Veja também

Poemas da semana de Wilson Araújo vêm em tom de música
POESIA

Poemas da semana de Wilson Araújo vêm em tom de música

Ana Maria Braga sofre queda e não apresenta Mais Você nesta segunda
Acidente

Ana Maria Braga sofre queda e não apresenta Mais Você nesta segunda