Uma janela para as novas bandas no Estado

Som na Arena recebe 18 grupos nas eliminatórias, aos domingos, na disputa para gravar disco e conseguir visibilidade

Nena QueirogaNena Queiroga - Foto: Divulgação

Neste ano, pela primeira vez, o festival Pré-Amp, que é realizado às vésperas do Carnaval, não pode oferecer a gravação de um disco como prêmio principal para a banda vencedora da competição por conta do corte na verba concedida pela Prefeitura do Recife.Porém, neste semestre as novas bandas do Estado ganharam uma nova oportunidade de concorrer ao benefício, através do projeto Som Na Arena.

A primeira edição começa a partir deste domingo, na Arena de Pernambuco, em parceria com a Empresa Pernambucana de Turismo (Empetur) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe). 

A iniciativa recebeu a inscrição de 120 cantores e bandas e garimpou 18 nomes pa­ra participar das eliminatórias, que ocorrerão até o dia 6 de novembro, sempre aos do­mingos, com exceção dos dias 23 e 30 de outubro. Em cada dia, seis bandas competirão por uma vaga na final, sendo que três serão classifica­das pelo júri e uma pelo vo­to popular para competir nas semifinais, nos dias 13 e 20 de novembro.

A final acontecerá no dia 27 do mesmo mês, con­tando com 12 bandas no pá­reo. Além da gravação do dis­co, o primeiro lugar ganha­rá três apresentações da Empetur no Estado, enquanto o segundo lugar ganhará duas apresentações em eventos públicos e o terceiro ganhará um show no Domingo da Arena.
“Passamos dois dias ouvindo músicas de todos os estilos até escolher esses 18 nomes. Apareceu muita gente boa e a gente nem sabia de tanta coisa escondida por aqui. Tem grupos de forró, heavy metal, carimbó e samba, por exemplo, vindos de lugares como Igarassu, Paulista, São Lourenço e Caruaru”, listou o jurado Sérgio Ricardo Barbosa, sobre a diversidade da mostra. Junto de Andreza Jatobá Portella, José Germano Rodrigues, Rivaldo Fortunato e Pedro Eduardo Santos, Sérgio selecionou nomes como a Dirimbó, Atroça, Orquestra Quebramar, S.E.L.V.A, Bruno César, Projeto Armazém e Albino Barú. A Saga HC, inclusive, venceu o Pré-Amp deste ano.
A ação Som na Arena se soma às atividades do projeto semanal Domingo na Are­na. “A família pernambucana já abraçou essa iniciativa, transformando a Arena em um grande parque urbano aos domingos. A gente acredita que o Som na Arena vai dar oportunidade para artis­tas amadores se apresentarem para um grande público. Aquele ambiente é um patrimônio dos pernambucanos e isso dialoga com a sensação de pertencimento do espaço”, concluiu Felipe Carreras, secretário de Turismo, Esportes e Lazer de Pernambuco.

 

Veja também

Mostra de Cinema de Belo Horizonte terá sessões online
Cinema

Mostra de Cinema de Belo Horizonte terá sessões online

Álbum de Alexandre Gois e Joaquim Pessoa reverencia a MPB
MPB

Álbum de Alexandre Gois e Joaquim Pessoa reverencia a MPB