A-A+

Vicência sedia Encontro de Sanfoneiros Infantojuvenis

O Evento, além de reunir os músicos infantojuvenis, também conta com uma plateia formada por cerca de 60 crianças e adolescentes ligados à Educação Especial.

Encontro de Sanfoneiros Infantojuvenis em VicênciaEncontro de Sanfoneiros Infantojuvenis em Vicência - Foto: Reprodução/Guilherme Vasconcelos

Conhecido por sua cultura popular e as tradições de religiões de matrizes africanas, o município de Vicência, localizado na Zona da Mata Norte de Pernambuco, sedia, nesta terça-feira (21), o Encontro de Sanfoneiros Infantojuvenis, que une forró pé de serra, xote e baião. A festa acontece no Museu Poço Comprido, Zona Rural do município, a partir das 14h, com a participação de crianças e adolescentes, ligados à Educação Especial, da rede de ensino de Vicência. A entrada é gratuita e aberto ao público.

Durante o evento, dez músicos, de várias idades, vão animar a programação com clássicos do forró pé de serra, que vai de Luiz Gonzaga a Dominguinhos. O evento também promete fazer uma prévia do ciclo junino no município, com comidas típicas, apresentações de quadrilhas juninas e arrasta-pé. Com uma plateia formada por cerca de 60 alunos das escolas municipais de Vicência, que integram à Educação Especial, eles vão participar de uma intervenção artística, que une a curiosidade do público sobre o forró e a sanfona, ao aprendizado dos novos músicos.

Leia também:
Mistura de ritmos no São João de Petrolina: Elba, Ivete, Safadão e Alok
Ciel Santos, a cultura popular e suas origens
Gratuito, Forrozão do Galo terá Elba, Joelma e Fulô de Mandacaru


De acordo com Manoel Felipe, produtor cultural e coordenador do projeto, a proposta é que as crianças, adolescentes e jovens, que apresentem alguma limitação, seja ela surdez, visual, mobilidade ou auditiva, possam, de alguma maneira, também, construir sua própria relação com a música.

Projeto

O evento faz parte do projeto 'Fole dos 8 Baixos', que capacitou, durante seis meses, crianças, adolescentes e jovens, filhos de agricultores e lavradores da região, a terem contato por meio da música utilizando-se do instrumento: fole dos oito baixos. Em sua 3ª edição, a iniciativa já capacitou cerca de 30 alunos, e também já foi reconhecido pelas Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e pelo Criança Esperança, da TV Globo.

Serviço
Terça-feira, 21 de maio, a partir das 14h
Museu Poço Comprido, Zona Rural de Vicência
Classificação: Livre

Veja também

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram
Redes Sociais

Pequena Lô comanda live sobre capacitismo no Instagram

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo
Fundaj

Sonora Coletiva: Black Music Brasileira é tema de bate-papo com Di Melo