BBB22

Vida de atleta ou de influencer? Saiba o que Paulo André deve fazer pós-BBB

Carlos Camilo, pai do velocista, confia que ele voltará ao esporte, conforme combinado antes do confinamento; PA ainda não tem índice para Mundial, em julho, em Oregon

Paulo André lidera ranking de novos seguidores no InstagramPaulo André lidera ranking de novos seguidores no Instagram - Foto: Reprodução/Instagram

Paulo André, que se despede da 22ª edição do BBB nesta terça-feira (26), quando será conhecido o grande vencedor do programa, voltará a ser atleta.

Pelo menos esta foi a promessa feita a seu pai e treinador Carlos Camilo, antes de entrar no confinamento. O velocista comentou nesta semana, durante o reality show, que pretende manter a palavra. Resta saber se os convites que surgirão serão mais "atraentes" do que os desafios esportivos.

—  Não sei como está a cabeça dele, o psicológico. Mas, pelo que eu o conheço, porque sou pai, técnico e amigo, reage rápido ao treinamento, conhece o corpo e fez seus treinos, na medida do possível, na casa durante o programa. Tenho certeza que a promessa será mantida. Ele gosta do esporte —  aposta Carlos Camilo, que antes de pegar no pé do filho nas pistas, quer curti-lo: —  Vamos dar um tempo para ele voltar a sua vida. Estou doido para ver ele abraçar o filho dele, assim como eu quero abraçar o meu. Nosso amor é enorme. Vou querer abraçar, beijar e curtir. Só depois é que vamos sentar, apenas a família, para opinar e decidir o que é melhor para ele. O Paulo André é quem vai traçar seu futuro.

A frase é uma cutucada em Basílio de Moraes, ex-atleta e empresário do velocista. Foi ele quem o incentivou a entrar no BBB, mesmo contrariando a vontade do pai.
 

Hoje, Carlos Camilo se diz feliz e orgulhoso com o desempenho do filho no programa. O atleta levou os princípios do fair play para a TV e quase não consumiu bebidas alcoólicas. 

—  Sei que ele terá compromissos com a TV, mas isso não vai durar mais do que 15 dias a um mês. E neste período mais intenso ele pode treinar também. Treina de manhã e mata a saudade de todos à tarde (risos). A vida continua.

Basílio foi procurado pela reportagem para comentar sobre os novos compromissos, convites e propostas de patrocínio a PA mas não obteve resposta:

— Não posso falar sobre o futuro dele ainda. O Paulo André é quem vai falar sobre isso — desconversou o empresário do velocista.

Basílio e mais seis profissionais cuidaram da imagem do atleta enquanto o programa rolava na TV. Reformularam seu perfil nas redes socias e fizeram mutirões de votação para que ele permanecesse no jogo.

Entrar no programa foi encarado como uma oportunidade de bombar as mídias pessoais, fechar negócios e publicidade e, no final da linha, "ganhar dinheiro e fama".

Paulo André entrou no BBB com 78 mil seguidores no Instagram e atualmente tem mais 7,6 milhões, atrás apenas de Usain Bolt (11,3 milhões) entre os atletas do atletismo, segundo levantamento da  Federação Paulista de Atletismo (FPA) .

—  Lá atrás foi isso que ouvi (sobre a oportunidade de ganhar dinheiro). Mas discordo. Porque o atletismo paga bem. Não dá para ficar milionário. Isso é verdade. E precisa? O que tenho hoje foi tudo conquistado com o atletismo. Vivo muito bem, assim como muitos atletas e ex-atletas. Hoje há meninos de 14, 15 anos que ganham bolsa de R$ 4 mil. Há também o Bolsa Pódio, com pagamento de mais de R$ 20 mil. O PA tem patrocínio da Nike, é sargento do Marinha...

Para Paulo André marcar sua volta às pistas, é essencial que dispute o evento mais importante do ano: o Campeonato Mundial de Eugene, em Oregon (EUA), de 15 a 24 de julho.

O torneio seria disputado em 2021 mas foi adiado para não bater com a data dos Jogos de Tóquio, que também foram postergados.

Campeão com o 4x100m no Mundial de Revezamento de Oklahoma, no Japão, e no Pan-Americano de Lima, no Peru, ambos em 2019, além de ter sido semifinalista dos 100m na Olimpíada de Tóquio no ano passado, o brother ainda não tem índice para esta competição.

O período para a obtenção do índice começou em 27 de junho de 2021 e vai até o dia 26 de junho de 2022.

Ele precisa correr 10s05, marca forte e estabelecida pela World Athletics (antiga Federação Internacional de Atletismo) para os 100m. Pode obtê-la em qualquer competição oficial. A última chance será o Troféu Brasil, que será disputado de 23 a 26 de junho, no Rio.

PA tem como melhor marca homologada 10s02, de setembro de 2018. Já correu 9s90, em agosto de 2019, mas não é válida como recorde por causa do vento à favor (acima do aceitável pela entidade).

PA é atleta da Marinha do Brasil e tem patrocínio da Nike. Como faz parte da seleção permanente da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), tem apoio proveniente das Loterias Caixa e também recebe Bolsa Atleta (do Espírito Santo).

Até o encerramento do Ibero-Americano de Mucia, de 20 a 22 de maio, na Espanha, a seleção não muda. Depois haverá uma avaliação e a permanência de PA se dará em função do ranking. Se o PA não competir até lá pode sair. 

Já o Bolsa Atleta do governo federal, de cerca de R$ 2 mil, que ele ganhava, foi suspenso durante o confinamento. A Secretaria Especial do Esporte entendeu que o velocista não estava cumprindo o programa anual de treinamento apresentado em janeiro de 2021 para aquele ano, uma vez que estava participando do BBB.

Carlos Camilo explicou que tratou o período de confinamento como trataria de uma lesão: é normal que lesões de gravidade média a alta custem três ou quatro meses de treinos e é possível recuperar a preparação durante a mesma temporada.

Explicou ainda que independentemente do BBB, Paulo André não costuma competir antes de março, especialmente em anos de Mundiais Indoor. Em 2018, por exemplo, o velocista só estreou em 13 de abril. Em 2020, não chegou a correr antes da pandemia.

Paulo André, que fez parte do Clube Pinheiros até o fim de 2021, não disputaria nenhuma prova indoor nesse início de temporada.

Já havia decidido ficar fora do Mundial Indoor na Sérvia, em março, mesmo com índice para a prova dos 100m (10s07, feito em abril de 2021). Ele também ficou fora do Sul-americano, em fevereiro, na Bolívia, para o qual foi convocado para a prova dos 60m, pela Confederação Brasileira de Atletismo.

Contou que, antes de qualquer treino, PA voltará ao fisiologista para fazer uma série de exames para saber como o corpo está.

— Pode não entregar este ano, mas no ano que vem entrega.. PA é sinistro e não duvidem do que pode apresentar agora mesmo — avisa o pai.

Veja também

'A amiga genial', de Elena Ferrante, é eleito o melhor livro do século, veja todos os 100
PREMIAÇÃO

'A amiga genial', de Elena Ferrante, é eleito o melhor livro do século, veja todos os 100

Festival Miçanga: confira as novas atrações do evento que acontecerá no Classic Hall
Festival

Festival Miçanga: confira as novas atrações do evento que acontecerá no Classic Hall

Newsletter