Concerto

Virtuosi Brasil celebra o maestro Rafael Garcia e enaltece mulheres instrumentistas

14ª edição do Festival Virtuosi Brasil começa nesta quinta (12) e segue até o sábado (14) no Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindo

Maestro Rafael GarciaMaestro Rafael Garcia - Foto: Divulgação

Em meio a registros antigos, invocados para integrar lembranças que virão à tona na 14ª edição do Virtuosi Brasil – festival que retorna em formato presencial, desta quinta-feira (12) até sábado (14), no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu), após dois anos com edições virtuais - Ana Lúcia Altino reviveu o limiar de uma relação que somou mais de meio século.

“Mexeu muito comigo. Foi quase um mês revendo fotos e recordações sobre a vida dele, a nossa vida”, contou a pianista que foi casada com o músico, com voz embargada, que ao lado do maestro Rafael Garcia (1944-2021) popularizou (e evidenciou) a música clássica em Pernambuco a partir de 1998, na primeira edição de um evento que não tardaria em reverberar palcos e gerações afora.
 



“Rafael dizia que eu era a cabeça e ele o soldado. E era isso mesmo, porque um pensava e o outro botava para funcionar”, complementou ela, agora à frente da direção artística do Virtuosi, cuja produção executiva é da Coda e será realizado sob incentivo do Sistema de Incentivo à Cultura (SIC), por meio da Fundação de Cultura da Cidade do Recife.

Mulheres são protagonistas
Acatando sugestão de Ana Garcia – produtora musical e única filha junto a seis homens gerados pelo casal – o festival vai dar protagonismo a mulheres instrumentistas e nomes como Cristina Braga (harpista), Quarteto Boulanger e a pianista Maria Teresa Madeira, integram a programação. 
 

Cristina Braga, harpistaCristina Braga, harpista                Crédito: Divulgação

“Foi de Aninha a ideia de destacar mulheres. Eu nunca pensei em fazer discriminação de gênero, o que importa é a qualidade. Mas ela me provocou e eu gostei”, seguiu Ana Lúcia, em conversa com a Folha de Pernambuco. O Virtuosi Brasil também dará destaque a Rodrigo Prado (violoncelo), integrado à agenda após convocatória para solistas. 

Neste viés apresentam-se também o Duo Pessoa da Silva, formado por Carlos Alberto da Silva (bandolim e violão) e João Paulo Pessoa (violão). A violista Raquel Paz completa o rol de instrumentistas revelados no chamamento e cada um deles, que abre as noites do festival, decerto receberiam aplausos efusivos de Rafael Garcia – o diálogo da música instrumental com jovens talentos era um dos seus deleites.

Legado além das fronteiras
“Das tantas mensagens recebidas pela partida de Rafael, uma das mais emocionantes foi a de um menino russo de 12 anos que o encantava cada vez que se apresentava no violino. Já como professor conceituado nos Estados Unidos, ele veio à rede social para falar sobre as lembranças que levaria do ‘professor Rafael’ ”, contou Ana, novamente sob voz embargada e em tom de orgulho de ter conseguido ao lado do seu enlace pessoal e artístico, pensar o Virtuosi como espaço cativo da música erudita. 
 

Maestro Rafael Garcia

“Queríamos acordar o público e as autoridades e acho que conseguimos”, ressaltou ela, responsável junto ao maestro da criação do Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), um dos tantos projetos pensado pela “cabeça” e executado pelo “soldado”.

Parceria e orgulho
“Rafael lidava como ninguém com a juventude. Lembro dos ensaios com os meninos da primeira orquestra em nossa casa, quando terminava ia todo mundo comer feijoada. Ele era brincalhão, carismático e divertia as pessoas. Cabia a mim tocar projetos, buscar apoio. Não dava para separar um do outro”, enalteceu a pianista para findar, após pausa emocionada, que a 14ª edição do Virtuosi Brasil não terá a costumeira euforia do maestro cumprimentando plateias com um “Boa noite, caros amigos”.
 

Ana Lúcia Altino e Rafael Garcia

“Não posso substituí-lo, tem sido doloroso assumir a função dele, nós que sempre fizemos tudo juntos... Mas estou feliz por esse retorno presencial e vamos levar Rafael para todos os festivais”. Em 2022 o Virtuosi seguirá celebrando o maestro no Festival de Inverno de Garanhuns e em Gravatá.

Programação

Quinta-feira (12), 19h30 

Raquel Paz (viola)

Quarteto Boulanger (cordas e piano)

 

Sexta (13), 19h30

Rodrigo Prado (violoncelo)

Cristina Braga (harpa)

 

Sábado (14), 19h30 

Duo Pessoa da Silva (bandolim e violão)

Maria Teresa Madeira (piano)

 

Serviço
XIV Virtuosi Brasil, desta quinta-feira (12) até sábado (14), no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu, Boa Viagem)

Acesso gratuito

Veja também

M. Night Shyamalan tem encontro inusitado com espectador no Brasil: "Realmente me fez rir"
CINEMA

Cineasta M. Night Shyamalan tem encontro inusitado com espectador no Brasil: "Realmente me fez rir"

The Weeknd: saiba como comprar ingresso para o show do cantor em São Paulo
SHOW

The Weeknd: saiba como comprar ingresso para o show do cantor em São Paulo

Newsletter