Música erudita

Virtuosi retorna com edição presencial em Gravatá, nesta quarta (18)

12ª edição do Virtuosi será gratuita, de 18 a 21 de agosto, na Igreja Matriz de Sant'Ana

Flauta de Bloco é uma das atrações do VirtuosiFlauta de Bloco é uma das atrações do Virtuosi - Foto: Divulgação

Depois de dois anos sem edições presenciais, o Virtuosi se reencontrou o público em 2022, nas edições de sucesso no Recife (maio) e em Garanhuns (julho), e agora se prepara para retornar também em Gravatá. De 18 a 21 de agosto, o 12º Virtuosi Gravatá apresenta cinco concertos de música erudita na Igreja Matriz de Sant'Ana, com entrada franca.

Homenageado em todas as cidades por onde passou, o maestro Rafael Garcia, criador do Virtuosi, falecido em outubro do ano passado, será reverenciado também em Gravatá. Ana Lúcia Altino, cocriadora do evento, foi casada com o maestro Garcia por mais de cinco décadas e assumiu este ano a direção do festival. "Foi uma grata surpresa da Prefeitura de Gravatá a realização do 12º Virtuosi ainda em 2022 na cidade. Será uma programação mais enxuta, mas belíssima", diz Ana Lúcia.

Destaques da programação
Premiado com o Finalist Prize no XIX Santander International Piano Competition (Espanha), o pianista paulista Lucas Thomazinho abre a série de concertos na Igreja Matriz de Sant'Ana, na quinta-feira (18), às 19h30. O músico apresenta robras de Heitor Villa-Lobos, Maria Szymanowska, Richard Wagner e Franz Liszt. 

Na sexta-feira (19), às 19h30, é a vez da apresentação da primeira harpista do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e professora da classe de harpa da UFRJ, Cristina Braga. Ela selecionou obras de Chico Buarque e Milton Nascimento, Jacob do Bandolim e do harpista celta Turlough O'Carolan, entre outros. Harpista e cantora, é responsável pela divulgação de uma harpa brasileira de jazz no mundo. 

Do erudito ao popular
No sábado (20), às 20h30, Edson Cordeiro sobe ao palco, acompanhado pela Orquestra Jovem de Pernambuco, sob a regência de Nilson Galvão, com programa de compositores como Vivaldi, Mozart, Bizet e Bach, além de Dominguinhos. Natural de São Paulo, o artista tem como marca o a amplitude e timbre vocal de contratenor e o repertório eclético, que inclui ópera, bossa nova, pop e jazz. Também no sábado (20), às 11h, o jovem pianista Luis Felipe de Oliveira, 25 anos, natural de Gravatá, também se apresenta, às 11h, interpretando Beethoven, Chopin, Debussy e Villa-Lobos. 
No encerramento (21), às 11h, terá Flauta de Bloco interpretando Sivuca, Edson Rodrigues, Alceu Valença, Antônio Maria, Nelson Ferreira. Formado por flautas doces, contrabaixo acústico, violão e percussão, o conjunto criado em 2008 vem se debruçando sobre os gêneros musicais pernambucanos através da produção de pesquisas e repertórios.

O festival e o homenageado
Um dos maiores festivais de música de câmara do Nordeste, o Virtuosi começou sua história em 1998, criado pelo casal Rafael e Ana Lúcia Garcia. Ao longo das edições, reuniu grandes artistas e realizou mais de 20 edições do festival em Pernambuco, na Capital e no Interior do Estado, em cidades como Gravatá, Garanhuns (Virtuosi na Serra) e Belo Jardim, além de eventos especiais como o Virtuosi Brasil, Virtuosi Sem Fronteiras e Virtuosi Século XXI, com masterclasses, workshops e concertos com instrumentistas de várias nacionalidades.

O violinista, professor e maestro Rafael Garcia era chileno de nascença e pernambucano de coração. Em 2005, ganhou o título de Cidadão Pernambucano pelos serviços prestados à cultura. Criou, com Ana Lúcia, a Orquestra Filarmônica Norte/Nordeste. Faleceu aos 77 anos, em decorrência de um câncer.

Programação XII Virtuosi Gravatá
Igreja Matriz de Sant'Ana
Entrada Franca
 
Dia 18 de agosto (quinta-feira)
19h30 - Lucas Thomazinho, piano
 
Dia 19 de agosto (sexta-feira)
19h30 - Cristina Braga, harpa
 
Dia 20 de agosto (sábado)
11h - Luis Felipe de Oliveira, piano
20h30 - Orquestra Jovem de Pernambuco
Edson Cordeiro
Nilson Galvão, regente
 
Dia 21 de agosto (domingo)
11h - Flauta de Bloco
 

Veja também

Brega, forró e celebração ao reggae: agenda do 'finde' tem de tudo um tiquinho; confere
AGENDA CULTURAL

Brega, forró e celebração ao reggae: agenda do 'finde' tem de tudo um tiquinho; confere

"Lama dos Dias": série dirigida por Hilton Lacerda retorna ao Canal Brasil com segunda temporada
TELEVISÃO

"Lama dos Dias": série dirigida por Hilton Lacerda retorna ao Canal Brasil com segunda temporada

Newsletter