OSCAR

Chorando, Will Smith pede desculpa por tapa no Oscar 2022: "Amor me força a fazer coisas doidas"

Uma cena no Oscar 2022 deixou o público de queixo caído: o ator Will Smith subiu ao palco para dar um tapa no comediante Chris Rock

Chorando, Will Smith pede desculpa por tapa no Oscar 2022Chorando, Will Smith pede desculpa por tapa no Oscar 2022 - Foto: Robyn Beck / AFP

O ator Will Smith pediu desculpas à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood pelo tapa que deu no rosto de Chris Rock, durante o Oscar 2022. Smith ganhou o prêmio de Melhor Ator e, durante seu discurso, afirmou que agiu por impulso para defender sua mulher, a atriz Jada Pinkett Smith.

Rock fez piada com Jada, que tem a cabeça raspada por ter alopecia, uma condição que provoca queda de cabelo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Folha de Pernambuco (@folhape)

— Quero pedir desculpas para a Academia e para todos os meus companheiros. Esse é um momento lindo e sobre mandar luz para todas as pessoas. A arte imita a vida, e eu pareço o pai maluco, como diziam sobre Richard Williams. Mas o amor me força a fazer coisas loucas. — ressaltou Smith, citando o personagem real que ele interpreta no filme "Kig Richard: criando campeãs", cinebiografia sobre o pai das tenistas Venus e Serena Williams. — Richard era um defensor da família. Nesse momento da minha vida, eu estou sobrecarregado pelo que Deus está exigindo que eu seja e faça nesse mundo.

Uma cena no Oscar 2022 deixou o público de queixo caído. O ator Will Smith subiu ao palco para dar um tapa no comediante Chris Rock, que apresentava a cerimônia.

O tapa, apesar de parecer cenográfico, não estava no roteiro da cerimônia. Na ocasião, Will Smith exclamou palavrões, algo terminantemente proibido em eventos ao vivo na TV americana.
 

Will Smith reagiu a uma piada de Chris Rock sobre sua mulher, a atriz Jada Pinkett Smith, que trata uma doença autoimune chamada alopecia — e, por isso, está careca. No palco, Chris Rock comparou Jada à personagem G.I. Jane, interpretada pela atriz Demi Moree no filme "Até o limite da honra" (1997). No longa, a personagem tem o cabelo raspado porque faz parte da Marinha.

"Deixe o nome da minha mulher fora da p**** da sua boca", gritou o ator, após dar o tapa na cara de Chris Rock e voltar para a plateia.  Na sequência, Jada e Denzel Washington conversaram com o ator e o acalmaram.

 

Segundo a correspondente da revista "Vanity Fair" no Oscar, Denzel Washington e Will Smith se afastaram de seus assentos durante o intervalo do Oscar. Ambos conversaram sobre o ocorrido enquanto Jada se ajoelhava diante do marido.

— Eu sei que em nossa profissão temos que ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzem Washington me disse, e eu adorei ouvir isso, que "nos momentos mais altos, preciso ter cuidado, pois é aí quando o diabo vem". Eu quero ser um caminho para o amor, obrigado a Venus e Serena e toda a familia Williams por confiar em mim para contar essa história. 

Veja também

Casa Astral recebe terceira edição do projeto Sonora Visual
Audiovisual

Casa Astral recebe terceira edição do projeto Sonora Visual

"Stranger Things" estreia segundo volume da quarta temporada
Streaming

"Stranger Things" estreia segundo volume da quarta temporada