Casa cor PE
Casa cor PEFoto: Divulgacao

A Casa Cor PE vai contar com uma programação para pais e filhos neste domingo (21/10), as 15h30, na Arena Arbor.
A nutróloga Manuela Wanderley e a nutricionista Amanda Guimarães vão fazer uma roda de conversa sobre: Como envolver a criança em uma dinâmica alimentar atraente e saudável. Vai ter brincadeiras sensoriais com a Casa das Asas e oficina de plantio de mudas para crianças com Dona Jardineira e degustações de lanchinho da Mini Menu.

Um novo abraço
Um novo abraçoFoto: divulgacao

A relação entre crianças e seus brinquedos pela ótica dos bonecos já foi abordada em contos clássicos, como o Soldadinho de Chumbo e O Quebra-Nozes. Um novo abraço (Cepe Editora), de Henrique Vale com ilustrações de Luísa Vasconcelos, conta a história de Dadinho e Trancinha, bonecos de pano que há anos pertencem ao mesmo dono, mas que durante uma mudança são deixados de lado. O lançamento acontecerá com a presença do autor, dia 21 de outubro, na programação do Domingo dos Pequenos no Museu, às 10h, no Museu do Homem do Nordeste.


“Os bonecos percebem que estão ‘acabados’, mas não se dão por derrotados, nem se deixam levar pela opinião dos brinquedos modernos e iniciam sua busca pela utilidade”, conta o autor. Ao longo da jornada, descobrem que a vida em liberdade é mais difícil do que imaginavam.


Um novo abraço é o quarto livro infantil de Henrique Vale e o segundo lançado pela Cepe (em 2016 o autor publicou Úrsula e o urso polar). Suas histórias sempre misturam o mundo real com o fantástico, exercitando a imaginação dos pequenos leitores. “Acredito que a fantasia é essencial para a literatura infantil; é um elemento de criação literária que tem como finalidade facilitar a comunicação com as crianças, gerar encantamento e é ideal para despertar o interesse pelos livros.” O autor recomenda a leitura da obra de 36 páginas para crianças a partir dos oito anos de idade.


Os protagonistas foram inspirados em uma lembrança da infância de Henrique. Dois bonecos que pertenciam à casa da sua avó e ficavam pendurados na parede, assim como na narrativa. A ilustradora e estudante de design gráfico Luísa Vasconcelos usou o efeito de aquarela para os desenhos do livro. “Busquei destacar nas ilustrações o mais forte em cada acontecimento, seja uma ação ou uma emoção”, revela a artista, que também ilustrou o infantojuvenil Os filhos do deserto combatem na solidão (Cepe Editora). O resultado é envolvente e tão vivaz quanto delicado.


Desde a frustração por serem deixados de lado até a bravura de enfrentar a rua, diversos sentimentos conduzem a história dos bonecos e trazem reflexões sobre amizade, desigualdade, partilha, solidariedade e busca de aceitação. “A aparência não determina quem você é, mas as atitudes” é o discurso defendido pelo escritor ao longo da história, arrematada com o encontro da dupla com um menino em situação de rua que nunca pôde ter brinquedos e se encanta com Dadinho e Trancinha.


SERVIÇO


Lançamento do livro Um novo abraço (Cepe Editora)

Quando: 21 de outubro, às 10h

Onde: Museu do Homem do Nordeste (Av. Dezessete de Agosto, 2187, Casa Forte)

Preço: R$ 25 (livro impresso), R$ 7 (Ebook)

Show da Luna
Show da LunaFoto: divulgacao

A cientista mirim líder de audiência na TV volta ao Recife com seu espetáculo oficial. No mês dedicado às crianças, "Show da Luna - Ao Vivo", baseado no sucesso brasileiro exibido no Discovery Kids, TV Brasil e transmitido em mais de 70 países, chega dias 20 e 21 de outubro ao Teatro RioMar. A peça é assinada pelos mesmos criadores do desenho animado. Ingressos estão à venda a partir de R$ 30.

Do que é feito o arco-íris? Será que tem alguém vivendo em Marte? Por que as bolhas são redondas? Ao lado de seu irmão, Júpiter, e do furão Cláudio, Luna vai tentar descobrir as respostas para essas e outras perguntas, em um espetáculo repleto de dança, fantasia e canções, entre elas a do refrão "Eu quero saber", que reflete a curiosidade da esperta garota. Em cena, oito bailarinos e atores dão vida à montagem.

Luna é uma menina de 6 anos totalmente apaixonada por ciências. Para ela, o planeta Terra é um laboratório gigante. O que a maioria de nós poderia ignorar, Luna observa e não sossega enquanto não descobrir "O que está acontecendo aqui?". E nada de usar o computador para tirar as dúvidas: a imaginação é sua grande parceira. Escrita por Célia Catunda, que também assina a direção ao lado de Jonatan Pikolé, dançarino especialista em danças urbanas, a peça é uma produção do núcleo teatral da TVPinGuim. As músicas, de autoria de André Abujamra e Márcio Nigro, foram especialmente coreografadas para o show.


O DESENHO - Criado pelos brasileiros Célia Catunda e Kiko Mistrorigo (os mesmos de “Peixonauta”) em 2014, o desenho animado, que está em sua quarta temporada, é líder de audiência no Discovery Kids. O sucesso se reflete na internet: o canal do Youtube da garotinha tem mais de 620 milhões de visualizações e 1,6 milhão de inscritos. O mercado está repleto de produtos licenciados da marca: são mais de 30 empresas nacionais e nove estrangeiras que oferecem de roupas a bonecos da Luna.


SERVIÇO

"Show da Luna - Ao Vivo"

Dia 20 de outubro (sábado), às 17h30

Dia 21 de outubro (domingo), às 16h

Teatro RioMar: Av. República do Líbano, 251, 4º piso, Pina – RioMar Shopping

www.teatroriomarrecife.com.br


Duração: 60 minutos

Classificação: Livre


Ingressos:

Plateia Baixa Central: R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia)
Plateia Baixa Lateral: R$100 (inteira) e R$ 50 (meia)
Plateia Alta: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia)
Balcão Nobre: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)



*Canais de vendas oficiais: bilheteria do Teatro RioMar Recife (terça a sábado, das 12h às 21h, domingos e feriados, das 14h às 20h) e www.uhuu.com.

Oficina sensório-motoras
Oficina sensório-motorasFoto: divulgação

Brincar é inerente a toda criança que, enquanto brinca, aprende, fazendo descobertas, descobrindo-se, descobrindo o outro, criando, recriando, desenvolvendo-se. Outubro é delas e, todos os dias, elas merecem e precisam de nossa atenção, nosso amor, nossos estímulos. Pensando nisso, o Espaço Evolute, especializado no desenvolvimento infantil com uma abordagem conjunta nas áreas de psicologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, fisioterapia e nutrição, realiza neste sábado 20 de outubro, a 1ª Experiência Evolute: "Estimulando os pequenos, uma evolução em família", uma manhã e uma tarde de atividades lúdicas gratuitas de estimulação para crianças e bebês, explorando seu maiores potenciais: brincar e ser feliz. Os pais são convidados a acompanhar as ações e aprender a dar continuidade ao processo em casa, crescendo todos em família.

As atividades serão realizadas em pequenos grupos de acordo com a faixa etária, das 9h às 11h ou das 14h30 às 16h30, num evento voltado ao desenvolvimento infantil, estimulando habilidades sensório-motoras e nutricionais por meio de oficinas. Com acolhimento, integração e estímulos sensoriais inovadores, a equipe de profissionais vai coordenar atividades de interação, integração e evolução dos pequenos, com experimentação da nossa oficina sensório motora, uma animada caça ao tesouro repleta de criatividade, totalmente livre do uso da tecnologia e ainda uma aventura na nossa cozinha, conhecendo um pouco mais do mundo da introdução alimentar, com direito a experimentar e aprender receitas saudáveis para toda a família.

O encontro, voltado para bebês e crianças, será realizado no Espaço Evolute, Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 1206, salas 508, 509 e 510, Aflitos, Recife. Os interessados devem se inscrever pelos telefones (81) 3071-6440 / (81) 99452-9724. A inscrição é um item de higiene infantil ou uma peça de roupa, sapato ou utensílio infantil em bom estado para doação ao Lar do Neném. As vagas são limitadas a 15 inscrições por turno.

Serviço:
1ª Experiência Evolute: "Estimulando os pequenos, uma evolução em família"
Quando: 20/10 das 9h às 11h ou das 14h30 às 16h30
Para quem: bebês, crianças e seus pais e/ou mães. Quinze vagas por turno.
Quanto: gratuito, mediante doação de um item de higiene infantil ou uma peça de roupa, sapato ou utensílio infantil em bom estado para doação ao Lar do Neném
Onde: Espaço Evolute, Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 1206, salas 508, 509 e 510, Aflitos, Recife.

Filig 2018
Filig 2018Foto: divulgação

Quarta edição do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns vai acontecer de 18 a 20 deste mês com programação gratuita e expectativa de receber 3 mil pessoas

Mais que uma ode à cultura indígena, um reconhecimento e reafirmação de sua existência. É com essa proposta que a Ferreira Costa e a Proa Cultural realizam a quarta edição do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, único do gênero no Brasil. O evento vai acontecer de 18 a 20 de outubro e elegeu o tema “Um povo em forma de histórias” para nortear a programação, que é gratuita e pretende atrair um público de três mil pessoas.

O olhar para o público infantojuvenil vem desde a primeira edição, e isso transcende a existência de um mercado editorial exponencial para essa faixa etária. “Entendemos que o estímulo à leitura começa cedo, num trabalho coletivo dos pais e responsáveis e dos ambientes de leitura, para que a criança adquira esse hábito de forma prazerosa e continuada”, afirma Flávia Chiba, gerente de Marketing da Ferreira Costa, que realiza o evento junto com a Proa Cultural em Garanhuns. Com olhar para a geração que se forma, esta edição do Filig vai abordar a relação com a ancestralidade brasileira acrescida das vivências e existências dos povos indígenas de Pernambuco, especialmente no Agreste.

Com curadoria do escritor e ilustrador de histórias Luciano Pontes, foram convidadas referências internacionais e nacionais que trazem em suas obras ou em suas trajetórias histórias e traços indígenas, como Vanina Starkoff (Argentina), Yaguarê Yamã (Amazonas), Rita Carelli (São Paulo), Cristino Wapichana (Roraima) e Marilda Castanha (Belo Horizonte). Além deles, estarão presentes a Fada Magrinha, a Aldeia Fulni-ô, a Tropa do Balacobaco e os mediadores Stephany Metódio, Taynah de Brito Barra Nova e Lucas da Silva Castro. “Nosso estado possui várias aldeias e experiências incríveis em suas escolas, mas esse viver sempre ficou muito restrito a elas. Nós precisamos expandir isso, partilhar e dar força como forma de preservação da história e de conexão com nossa ancestralidade”, afirma Luciano.

Durante os três dias, sempre a partir das 9h, as atividades do Festival serão realizadas em dois polos: Mundaú e Aruá, ambos no bairro de Santo Antônio, em Garanhuns. O primeiro, no Parque Ruber Van Der Linden (Pau Pombo), haverá a exposição ILUSTRImagem, como um convite à leitura por meio de traços, formas e cores das obras Fim da Fila, de Marcelo Pimentel, e Abaré, de Graça Lima; leitura aberta, com mediações das 9h às 17h, atrações artísticas, como o espetáculo “O Espelho da Lua”, feira de livros, conversas com autores e oficina Ferreira Costa de Percussão, com a Fada Magrinha.

O segundo polo, Aurá, está localizado no Sesc da cidade, ao lado do Parque. Na Unidade, vão acontecer as ações formativas, como o Ateliês de Criação e de Narrativas Visuais, com a presença dos convidados para o compartilhamento de seus processos de desenvolvimento. As turmas infantis, voltadas para crianças de 3 a 12 anos, não requerem inscrição prévia. Para as adultas, com foco nos agentes de leitura, professores, estudantes de áreas relacionadas e ilustradores, já é possível fazer a inscrição pelo https://bit.ly/2EdQSoZ.

Formação e intervenções – Com o objetivo de deixar legado na cidade, com a promoção de atividades continuadas e formação de multiplicadores, o Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns vem realizando ações desde o último mês de julho na cidade. Mensalmente, realizou o Seminário Filig de Leituras, momento de capacitação exclusiva para mais de 200 mediadores de leitura, professores, alunos dos cursos de Letras e Pedagogia e bibliotecários da região. “Quisemos compartilhar com eles experiências literárias, a importância de levar essa paixão e estímulo para salas de aula e demais ambientes de leitura”, avalia a produtora-executiva da Proa Cultural, Maria Chaves. Em novembro, haverá mais uma edição do Seminário.

Além disso, o Filig promoveu uma agenda de ações em espaços públicos e em escolas municipais da cidade. Durante o Festival de Inverno de Garanhuns, em julho, e em outubro, realizou momentos de mediação de leitura com Yalle Feitosa, primeira pernambucana a integrar a Red International de Cunetacuentos, uma organização espanhola que certifica em 46 países a atividade da garanhuense. Durante as atividades, ela fez a leitura do livro “Sapatos Trocados”, assinado pelo premiado escritor indígena Cristino Wapichana, presente na programação do Festival.

Realização – O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns é uma realização do Ministério da Cultura (MinC), por meio da Lei de Incentivo à Cultura, idealizado pela Ferreira Costa e Proa Marketing Cultural e Projetos, com apoio da Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Educação Municipal, do Serviço Social do Comércio (Sesc) Garanhuns e da Unidade Acadêmica de Garanhuns (UAG).

Programação – Filig 2018


Quinta-feira (18/10):

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

10h às 11h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: cerimônia de abertura (cafurna e toré com Aldeia Fulni-ô)

14h às 15h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Yaguarê Yamã e mediação de Stephany Metódio)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê de Criação infantil (Cristino Wapichana)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê de Criação (Marilda Castanha)

15h às 16h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Vanina Starkoff e mediação de Stephany Metódio)

16h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: espetáculo “O Espelho da Lua” (Tropa do Balacobaco)

18h às 21h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê Filig de Narrativas Visuais (Vanina Starkoff)

18h30 às 20h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa “A Infância na Cultura e na Literatura Tradicional e Contemporânea Indígena” (Yaguarê Yamã e Rita Carelli e mediação de Lucas da Silva Castro)


Sexta-feira (19/10):

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

9h às 11h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê de Criação infantil (Rita Carelli)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autora (Marilda Castanha e mediação de Stephany Metódio)

11h às 12h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural com Aldeia Fulni-ô

14h às 15h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autora (Rita Carelli e mediação de Stephany Metódio)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê da Criação infantil (Vanina Starkoff)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê da Criação (Yaguarê Yamã)

16h30 | Polo Mundaú - Pau Pombo: espetáculo “O Espelho da Lua” (Tropa do Balacobaco)

18h às 21h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê Filig de Narrativas Visuais (Marilda Castanha)

18h30 às 20h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa “A vez e a voz da cultura indígena na literatura para a infância brasileira” (Yaguarê Yamã e Cristino Wapichana e mediação de Taynah de Brito Barra Nova)

Sábado (20/10)

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: exposição ILUSTRImagem

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: feira de livros

9h às 17h | Polo Mundaú - Pau Pombo: sessões Leitura Aberta

9h às 11h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê de Criação infantil (Yaguarê Yamã)

9h às 11h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê de Criação (Rita Carelli)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: conversa com autor (Cristino Wapichana e mediação de Stephany Metódio)

10h às 11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: Oficina Ferreira Costa de Percussão - construção de Maraca ( Fada Magrinha)

11h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural (Fada Magrinha)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê da Criação infantil (Marilda Castanha)

14h às 16h | Polo Aruá – Sesc: Ateliê da Criação (Vanina Starkoff)

16h | Polo Mundaú - Pau Pombo: apresentação cultural (Fada Magrinha)


Biografia dos convidados

Vanina Starkoff (ARG) – Ilustradora e designer gráfico, nasceu na “Bela América Latina” em Buenos Aires, Argentina. Graduada em design gráfico na Faculdade de Buenos Aires, Vanina descobriu sua paixão pelas imagens dos livros, e tomou como inspiração para passar a criá-los. Atualmente mora no Brasil desde 2014 na cidade do Rio de Janeiro. Seu primeiro livro “Danças nas Nuvens” foi finalista do III Internacional Compostela Award for Picture Books e traduzido posteriormente para outros sete países.

Yaguarê Yamã (AM) - Escritor, geógrafo, ilustrador e líder indígena. As suas atividades estendem-se por todo o Brasil, em palestras e eventos ligados à temática indígena e ambiental. É amazonense e filho do povo Maraguá por parte de mãe e Sateré-mawé, por parte de pai, formado em Geografia pela Universidade de Santo Amaro (UNISA), em São Paulo, onde também palestrou e morou, até voltar ao Amazonas. Como ativista da causa indígena, tem passado por diversos lugares, sempre desenvolvendo projetos culturais e socais tais como como o projeto “De volta as origens” que tem o objetivo de conscientizar indígenas e ribeirinhos a valorização étnica e a reorganização social. Mora e leciona atualmente em escola pública na cidade de Nova Olinda do Norte, além de atuar como liderança do povo Maraguá, na A. I. Maraguapajy, no rio Abacaxis, Urariá e Paracuni.

Rita Carelli (SP) - Escritora, ilustradora, roteirista, atriz e diretora de teatro e cinema. Coordenou a coleção infantil de seis volumes “Um Dia na Aldeia”, onde escreveu e ilustrou três dos títulos, numa parceria com a ONG Vídeo nas Aldeias, republicados recentemente pela editora SESI. Seu livro “Akykysia – O Dono da Caça” foi contemplado com o prêmio White Ravens e com selo de “Altamente Recomendável” pela FNLIG – Fundação Nacional do Livro da Infância e da Juventude, integrando, em 2015, o catálogo da feira de Bolonha e participando de eventos literários em Lisboa e no Brasil. Seu envolvimento com a cultura indígena não é de hoje. Em 2016, ilustrou os livros “Memórias de Índio – uma quase autobiografia” de Daniel Munduruku (ed. Edelbra) e, neste ano, lança “Minha família Enauenê” pela Editora FTD, que conta sua infância junta ao povo indígena Enauenê-Nauê. Atualmente trabalha em seu romance “TERRAPRETA”, ambientado em São Paulo, Paris e no Alto Xingu.

Cristino Wapichana (RR) - Escritor, músico e contador de histórias natural de Boa Vista, Roraima, é produtor do encontro de escritores e artista indígenas, patrono da cadeira literária 146 da Academia de Letras dos Professores da cidade de São Paulo – ALP, escritor brasileiro a figurar a lista de honra do YBBY 2018 e vencedor do 4° concurso Tamoio de literatura pela FNLIJ – Fundação Nacional do Livro Infantil e juvenil 2007 com o texto “A Onça e o Fogo”. Acumula Menção Honrosa 2014 do concurso Tamoio, Medalha da Paz – 2014 – Movimento União Cultural e indicação ao Prêmio da Ordem do Mérito Cultural da Presidência da Republica 2008 e 2014, pelos trabalhos relevantes em prol da cultura indígena brasileira. Tem publicados os livros “A Onça e o Fogo” (Ed. Amarilys – 2009); “Sapatos Trocados” (Ed. Paulinas – 2014) – selo altamente recomendável do FNLIJ 2015; e “A Oncinha Lili” (Ed. Edebe – 2014).

Marilda Castanha (BH) - Nascida em Belo Horizonte, onde se formou em Belas Artes, tem dezenas de livros ilustrados e participações em exposições, no Brasil e no exterior, como a mostra “Le Imaggini de la Fantasia” (Sarmede, Itália). Entre os prêmios recebidos destacam: o Jabuti de Ilustração, o Prix Graphique Octogone (Paris) e o Runner up (Japão), todos com o livro Pindorama, terra das Palmeiras. Em 2011, teve um de seus títulos (o Mil e uma estrelas) selecionado para a lista White Ravens, da Biblioteca de Munich. E em 2017, com o livro “Sem Fim” foi premiada na categoria Purple Island no Nami Concours, na Coreia do Sul. Hoje vive e trabalha em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Ferreira Costa - Considerado o maior Home Center do Norte e Nordeste e com mais de 134 anos, a Ferreira Costa ocupa, hoje, o 5º lugar no ranking nacional de varejistas, de acordo com a revista Anamaco. A empresa conta hoje com aproximadamente 3 mil colaboradores diretos e 400 promotores para apoio de vendas, três lojas em Pernambuco, uma na Bahia e uma em Sergipe. Disponibiliza nelas mais de 75 mil itens para casa e construção, incluindo utilidades domésticas, decoração, móveis, eletrodomésticos, equipamentos para bares e restaurantes e setor automotivo. Climatizada e com estacionamento, a rede oferece diversos serviços ao consumidor como clube do profissional, lista de casamento com compras online, televendas, vendas corporativas e centro automotivo. Nesse tempo de atuação, acumula várias conquistas, como o Prêmio Especial de Atendimento ao Consumidor, Troféu Lojista CDL Salvador, Recall de Marcas, Marcas que eu e o 1º lugar das maiores e melhores do Nordeste, da última edição da Revista Anamaco.

diverticão
diverticãoFoto: divulgação

O Shopping Guararapes realiza, nos próximos dias 13 e 14 de outubro, o evento Diverticão, com atividades e novidades tanto para os bichinhos, quanto para os seus tutores. O evento acontece das 16h às 21h, na área externa do mall. Clientes que possuem gatos também podem participar das atividades. A entrada é gratuita.

Entre as atrações, um roteiro recheado de atividades para os animais e donos: como circuito de obstáculos, apresentação de Agility, noções de adestramento, palestra sobre o universo pet, o Cão Doutor, com dicas de veterinário para os visitantes e a corrida canina, em que é preciso a participação de uma pessoa da família para acompanhar o cachorro. A inscrição pode ser feita no local.

O evento contará, ainda, com um espaço kids, uma pracinha pet com bancos e ponto de apoio com bebedouros, opções de alimentação, incluindo petiscos para os bichinhos, feirinha da adoção e serviço de banho e tosa.

Doações - Os participantes ainda poderão doar ração para os pets. Um coletor será instalado no local para a arrecadação dos alimentos, que serão destinados a uma ONG de proteção animal.

Grupo CRIA Pra Bagunçar
Grupo CRIA Pra BagunçarFoto: Divulgação/ Fabiano Battaglin

O grupo CRIA desconstrói as fronteiras entre a música para crianças e adultos em seu novo disco, “Pra bagunçar”, que estreia nos palcos no Itaú Cultural em São Paulo, nos dias 06 e 07/10 (sábado e domingo).

A apresentação reúne grandes nomes da cena da MPB carioca em um repertório ao mesmo tempo reflexivo e divertido, capaz de entreter a todos. Os shows gratuitos têm início às 16h, com distribuição de senhas uma hora antes.

Sem subestimar a compreensão e o imaginário das crianças, o CRIA aposta em instrumentos inusitados como o violino e o clarone e letras literárias em seu mais novo disco, que chega aos serviços de streaming de música em 01/10 e em formato físico em breve.

O grupo é formado pelo percussionista e professor Mateus Xavier (do bloco Sargento Pimenta e do grupo vocal Ordinarius); a cantora e regente Maíra Martins (também do Ordinarius); o clarinete e o clarone de Frederico Cavaliere (Orquestra de Sopros Pro Arte); o regente, pianista e acordeonista Christian Bizzotto (Orquestra Manouche); e o violonista Ayran Nicodemo (Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do RJ). “Pra bagunçar” tem ainda produção, letras, violão e voz de Vinicius Castro. Substituindo Castro nesses shows está o músico Gustavo Pereira (Casoy e o Bloco Pipoca e Guaraná).

O novo trabalho reflete o mundo atual e reimagina as convenções que temos do universo infantil, convidando o público a refletir sobre os personagens, seus arquétipos, clichês e a ressignificar suas histórias. Príncipes, princesas, vilões e super-heróis são desconstruídos de forma bem-humorada e descontraída. O disco conta com arranjos de grandes nomes da música carioca, como Alfredo Del-Penho e Augusto Ordine, e passeia por frevo, maxixe, maracatu, ciranda, jazz e blues.

O segundo álbum do CRIA vem após o bem-recebido “A Família”, lançado em 2013, que trazia divertidas canções sobre as relações familiares e seus membros. O disco foi finalista do Prêmio da Música Brasileira. Conheça mais sobre a banda: http://www.portalcria.com.br/

O show de lançamento de “Pra bagunçar” acontece no Itaú Cultural, localizado à Avenida Paulista, 149.

Serviço
CRIA: Lançamento do disco “Pra bagunçar”
Datas: 06 e 07/10/2018 (sábado e domingo)
Horário: 16h
Local: Itaú Cultural
Endereço: Avenida Paulista, 149 - São Paulo/SP
Ingressos: Grátis, com distribuição de senhas 1h antes do espetáculo
Classificação: Livre

Bob Zoom no Rio Mar Recife
Bob Zoom no Rio Mar RecifeFoto: dvulgação

No mês das crianças, o RioMar Recife preparou uma super programação em homenagem aos pequenos. A gente já antecipa o que está na agenda para os miúdos: Bob Zoom, o Musical. Durante o espetáculo, os pequenos poderão curtir clássicos como Brilha Brilha Estrelinha, Mariana conta 1, 2, 3 e Marcha Soldado.  O show oficial será no dia 5 de outubro, às 18h, no Teatro RioMar. Os ingressos custam R$ 40 e R$ 20 e já estão disponíveis na bilheteria e no site do teatro.

Bob Zoom é a estrela de uma série de vídeos musicais, que brinca e vive aventuras com sua turma. O personagem estimula brincadeiras que auxiliam no desenvolvimento das habilidades fundamentais das crianças, promovendo a coordenação motora, a percepção visual, a concentração e a orientação espacial de forma lúdica e simples.

Cabine Kids Plaza
Cabine Kids PlazaFoto: divulgação

Uma das datas comemorativas mais especiais para a criançada será antecipada no Plaza Shopping. A comemoração do Dia das Crianças no mall ficará por conta do Cabine Kids. De 4 a 7 de outubro, a meninada poderá participar de brincadeiras no Espaço Kids e Baby, com vários brinquedos e atividades para os pequenos se divertirem. Também poderão descobrir como fazer “meleca” na Oficina de Slimes ou aprender desde cedo a se cuidar no Camarim das Princesas. A programação também inclui três shows/ espetáculos todos dias, além da Arena Moda Kids, estandes distribuídos no mall com marcas do segmento infantil.

No dia 4 de outubro, a programação contará com o Teatro de Marionetes da Marionetes Recife, com o espetáculo Chapeuzinho Vermelho, além da presença de personagens infantis. Na sexta-feira (5), o grupo Marionetes Recife volta ao palco, e em seguida, é a vez da apresentação do espetáculo “As fadas encantadas”. Para encerrar o segundo dia, os Heróis PE voltam com os personagens que fazem sucesso com a criançada.

No sábado, quem comparecer ao Plaza vai poder conferir o show de “Tio Caio e sua Turma”, o Teatro de Marionetes Recife e Tio Bil e sua turma de DJ Kids. Para encerrar Cabine Kids, no domingo haverá a apresentação da Bézer produções, Marionetes Recife e por fim os Heróis PE.

Os shows e brincadeiras acontecem no jardim do piso L2, das 16h às 19h, e são todas gratuitas, com exceção da Oficina de Slimes, que acontece no piso L2 no mall.

EM ALTA – O Cabine Kids no Plaza não poderia deixar de inserir na programação do Dia das Crianças a Oficina de Slimes, que está em alta entre os pequenos. Quem quiser aprender a fazer a massa bem viscosa e colorida pode participar da oficina que acontece durante todo o Cabine Kids na loja onde ficava a Livraria Imperatriz no piso L2. A oficina é voltada para crianças de 4 a 12 anos e terá 50 minutos de duração. As atividades acontecem no horário de funcionamento do shopping (10h às 22h, na quinta, sexta-feira e sábado; e das 12h às 20h, no domingo). O ingresso pode ser adquirido por R$ 20,00 no local.

PRESENTES – Enquanto as crianças brincam, os adultos podem conferir as novidades nos estandes de marcas do segmento infantil e garantir o presente da garotada. Já estão confirmadas a participação de marcas como a Hering Kids, Bibi, Piticas, Lacinhos da Lulu, Villa Kids, Laquitanda Kids, Tatu Blue, Pintando o 7 e muito mais. É a oportunidade de escolher o presente do Dia das Crianças.


Serviço:

O que: Cabine Kids no Plaza – Comemoração do Dia das Crianças

Quando: de 4 a 7 de outubro

Onde: Plaza Shopping

Atividades: Espaço Kids e Baby, Oficina de Slimes, Camarim das Princesas, shows e espetáculos

Acesso: gratuito, com exceção da Oficina de Slimes

Oficina de Slimes: O ingresso pode ser adquirido por R$ 20,00 no local. Duração: 50 minutos. Horário: 10h às 22h, na quinta, sexta-feira e sábado; e das 12h às 20h, no domingo).

Concurso Game Station
Concurso Game StationFoto: divulgação

Outubro é o mês das crianças e 2018 também é o ano comemorativo dos 20 anos do Game Station, então até o final do ano a marca irá promover ações de impacto e interação com os clientes.

A rede de parques de diversões compactos, lançou um concurso cultural que tem como prêmio um parque exclusivo para o ganhador e mais 9 amigos -  Intitulada "Donos do Parque". A participação se dá através de um vídeo de até 30s dizendo o porquê você merece ser o Dono do Parque.


O vídeo mais criativo, de acordo com a comissão julgadora da rede, ganhará uma manhã inteira com mais 9 amigos em um dos 24 parques Game Station espalhados pelo Brasil, com todas as atrações liberadas, brindes e muitas surpresas. 

A campanha fica no ar até o dia 07/10. O resultado será no dia 08 de Outubro e os participantes poderão conferir nas redes sociais do Game Station. O regulamento completo do concurso pode ser acessado através do site: www.gamestation.com.br

comece o dia bem informado: