Baco & cia

Murilo Guimarães

ver colunas anteriores
Projeto arrojado na Toscana
Projeto arrojado na ToscanaFoto: Divulgação

Recentemente escrevi pra você sobre o grande império dos Antinori, prometendo dar destaque a essa que é a obra prima da família, produtora de vinhos há mais de 6 séculos. Ou seja, antes de seu Cabral chegar por essas bandas, leitor! Hoje pago a promessa.

Inaugurado em outubro de 2012, é um arrojado projeto do jovem arquiteto Mario Casamonti (Studio Archea Associati), que visitei nesse verão. Há muito sonhava com isso, companheiro. Afinal, o que li e vi a respeito justificava essa curiosidade. E não me decepcionei.

O objetivo de aliar modernidade à forte tradição familiar, por um prisma de sustentabilidade, foi plenamente atingido. Os vinhedos ao redor se harmonizando com as formas arredondadas do prédio, coberto por vidros, madeiras, terracota (oriunda da própria escavação do local) e cor-ten® - um aço naturalmente oxidado - compõem um lindo cenário na já bela Toscana.

A preocupação com a sustentabilidade é bem exposta no planejamento energético. O resfriamento das adegas se dá pela localização delas, a 10 metros abaixo do solo - aliás, a maior parte da edificação é subterrânea - e pela câmara de ar formada entre as duas camadas de parede de terracota. Que também controlam naturalmente a necessária umidade.

O fluxo de vinhos foi concebido para se fazer por gravidade, em vez dos laboriosos transportes entre cubas, barris, barricas... No centro do prédio, sua marca arquitetônica maior: a longa e imponente escadaria em espiral, que interliga todos seus andares.

Além da área produtiva e de armazenamento de vinhos, lá você encontra também salas de degustação, um agradável bar a vinhos, o restaurante Rinuccio 1180 e um museu com peças representativas da história dos Antinori. Ah, quase esqueço.

Claro que há também uma loja de vinhos e acessórios, que fará bem ao seu lado consumista. Como bem descreveu o arquiteto Casamonti, “é um local sagrado ao silêncio, um templo dedicado aos antigos rituais de vinicultura, mas ao mesmo tempo um espaço produtivo que deve preencher específicos padrões qualitativos”.

Localizado na sub-região de Chianti, em San Casciano Val di Pesa, a menos de 25 km do centro de Florença, no caminho para Siena, é um passeio imperdível, amigo. Mas lembre de reservar com antecedência a visita e a degustação. Quem sabe, o almoço. Depois me dê sua opinião. Para essa impactante vinícola, uma das mais lindas do mundo, um sonoro tim, tim, brinde à vida.

ADEGA
Ménage à Trois Silk
Preço: R$ 95 Onde: DLP
Esse gostoso tinto californiano, de nome provocativo (provocação e erotismo que o produtor, Folie à Deux Winery, reforça no rótulo) é um corte de três castas: Pinot Noir, Malbec e Petite Sirah. Também nisso original, pois essa mixagem de uvas é inusitada. Aproveite, esse preço é promocional, nos próximos dias.

*É enólogo e escreve quinzenalmente neste espaço

veja também

comentários

comece o dia bem informado: