Bê-a-bá Gourmet

Vanessa Lins

ver colunas anteriores
Carioca conquistou estrela com gastronomia brasileira
Carioca conquistou estrela com gastronomia brasileiraFoto: Divulgação

Raphael Rego estampou os principais noticiários gastrôs esta semana no Brasil. E também na França. É que o carioca de 34 anos acaba de ganhar uma estrela no guia Michelin, honraria cobiçadíssima pelos chefs de cozinha.

O feito tem ainda mais relevância pelo fato de o restaurante de Raphael, o OKA, ser especializado em gastronomia brasileira e não francesa. Portanto, é a primeira casa brasuca com chef nativo, fora do País, a ostentar a estrela dourada.

Formado pela École Grégoire-Ferrandi, Raphael foi para a Austrália, com 18 anos, estudar marketing, mas por lá mudou de planos e enveredou pela cozinha. A sua evolução como cozinheiro ganhou patamares elevadíssimos ao trabalhar com gente do quilate de Joël Robuchon, falecido em 2018, entre outros nomes estelares de Paris.
  
Mas a revolução veio mesmo com o nascimento do seu filho, em 2014, quando sentiu a necessidade de se reconectar com suas raízes - deixadas há muito tempo para trás. Foi quando escreveu um capítulo especial na sua carreira, veio ao Brasil, reencontrou Joca Pontes, Duca Lapenda e André Saburó, trio de chefs pernambucanos que havia filmado um documentário com ele.

Fez um tour pelo país natal e mergulhou no universo de muitos produtores. Voltou refeito a Paris e decidiu que faria cozinha brasileira autoral tecida pelas técnicas clássicas.

Em 2018, o OKA fez 4 anos e o começo “foi bem complicado, sem cliente, restaurante vazio, o francês estava acostumado com feijoada, caipirinha e samba, enquanto eu brincava com carne de sol e abóbora”, lembra.

Raphael caiu nas graças dos franceses quando um célebre crítico gastronômico escreveu o artigo “O novo Brasil do Raphael”, e os reconhecimentos não pararam mais: Bib Gourmand e Gault & Millau foram os principais.

A Raphael, parabéns por uma conquista e tanto! Quer saber mais sobre o OKA? Vai no site.

SÁBADO
Neste sábado, o Porta a Porta Orgânicos, junto ao grupo Babá dos Sonhos, faz oficina de alimentação saudável na infância. O encontro é de graça na rua José Higino, 118, Madalena.

HAMBÚRGUER
Conhecida pelas salsichas, a marca Tony agora dará nome à linha de produção de hambúrguer do Fipel Frigorífico Industrial, em Igarassu. Segundo a empresa, é a 1ª fábrica desse tipo do Norte e Nordeste.

TIM, TIM
Amanda Loyo comanda a aula “Técnicas de degustação” na GastrôClub, no próximo dia 30. A sommellière vai falar sobre os principais aromas do vinho, analisar a estrutura da bebida e abordar conceitos como tanino, corpo e acidez.

*É editora do caderno Sabores e escreve quinzenalmente neste espaço. Instagram: @quintopecado

veja também

comentários

comece o dia bem informado: