Bê-a-bá Gourmet

Vanessa Lins

ver colunas anteriores
Diretor de vinícola portuguesa foi recebido por Bruno Nóbrega, da Veloz Distribuição
Diretor de vinícola portuguesa foi recebido por Bruno Nóbrega, da Veloz DistribuiçãoFoto: Divulgação

Presidente do grupo português Caves Messias, Messias Vigário esteve no Recife no começo da semana para promover os vinhos da sua família. Veio a convite da Veloz Distribuição, Porto a Porto Importação e Exportação e Casa Flora Importadora. A sede da vinícola em Mealhada, na região da Bairrada, mas mantém unidades produtivas em Ferradosa, no Douro, onde faz os prestigiados vinhos do Porto.

Difícil não ter visto um de seus rótulos em alguma carta de restau­rante, sobretudo o seu Porto. Prestigiada vinícola, fundada em 1926, a Caves Messias produz vinhos nas principais regiões demarca­das de Portugal: Dão, Bairrada, Dourto, Vinho Verde, Beiras e vinho do Porto. Em sua visita ao Brasil, quis reforçar a diversidade do seu portólio, estimulando o potencial gastronômico de seus vinhos, co­mo o espumante Grande Cuvée Messias Brut Milésime 2013, extre­ma­mente elegante, feito com uvas baga, bical e chardonnay, produzido com o método tradicional (com fermentação na garrafa).

Custa em torno de R$ 60. Outro dos seus vinhos que se destacam pela elegân­cia é o Quinta do Valdoeiro Reserva Tinto, feito apenas em safras excepcionais da uva baga, ou seja, traz potência, corpo e taninos macios. Custa em média R$ 140. Segundo Messias, depois do vinho do Porto, o vinho verde é o tipo mais exportado por Portugal.

EKÄUT + MIRNA
Mirna Gomes é a convidada do projeto Lab Convida, neste dia 24, realizado pelo bar Ekäut Lab, que fica em Boa Viagem. A chef vai preparar petiscos com sotaque catalão para combinar com as cervejas pernambucanas da casa. Vai rolar chouriço, gambas (camarão) com fideuá e batatas bravas.

BOM DE MESA
Já estão a todo o vapor os acertos para o festival Pernambuco Bom de Mesa, pilotado por César Santos, em abril, quando chefs visitantes cozinham em casas locais. Joana Gallo, do Donna Jô, em Búzios, e o chef Leonardo Gonçalves, de O Mar Menino, em Fortaleza, estão entre os nomes confirmados.

CHOCOLATE ROSA FAZ SUCESSO
Paula Ardanza e Joanna Alexandre, donas da loja Cake & Bake, no Shopping Recife, estão supresas com o sucesso da nova coleção de doces da casa - a que leva o chocolate rosa da marca Callebaut, o Ruby. O chocolate chama a atenção pelo sabor suave e frutado e, principalmente, por ter o tom natural, sem acréscimo de corantes, cuja fórmula é mantida sob sigilo pelo fabricante. Outra marca recifense que tem usado o insumo é a Cakes Allib (@cakesallib).

MAIS FRESQUINHO
Uma das novidades da Zona Norte, a Trattoria DaDani, de Dani Johnnei, agora oferece um dos ambientes climatizados. O pequenino restaurante fica em Casa Amarela, ao lado do Cozinhando Escondidinho, e é especializado em comida italiana. Lá, vende a burrata fresca de Duca Lapenda e o fettuccine preparado dentro do queijo parmesão. Não subestime o clássico filé alto com molho de funghi: é preparado à perfeição (@trattoriadadani).

FIT
O já bastante variado cardápio da padaria Nova Armada ganhou pizzas de massa fit (integral, sem açúcare lactose) com coberturas tradicionais, como muçarela e marguerita. Vende no quilo: R$ 39,50.

*É editora do caderno Sabores e escreve quinzenalmente neste espaço. Instagram: @quintopecado

veja também

comentários

comece o dia bem informado: