Diretor Fred Nóbrega, com os homenageados das 'Virgens do Bairro Novo'
Diretor Fred Nóbrega, com os homenageados das 'Virgens do Bairro Novo'Foto: Lidiane Mota/Folha de Pernambuco

Os 67 anos das “Virgens do Bairro Novo” respondem por si para elencar o bloco como um dos mais tradicionais do Carnaval de Olinda. Em 2020, mais uma vez, ele estará nas ruas. Domingo, dia 16 de fevereiro, mais de dez atrações musicais, em trios elétricos, irão embalar os foliões pelo já conhecido percurso: da Praça 12 de março no Bairro Novo até a Caixa Econômica Federal de Casa Caiada pela Avenida Getúlio Vargas.

Esta atual edição, no entanto, garante uma novidade. Segundo o diretor do bloco Fred Nóbrega, uma característica fundamental, que se perdeu nos últimos anos, e será resgatada pelo bloco. “As ‘Virgens’ deste ano estão apostando nas Virgens, no desfilante.”

Ao contrário de anos anteriores, não haverá cobrança de taxa de inscrição para todos os desfilantes - àqueles considerados veteranos do bloco, por exemplo. No domingo de Carnaval, às 11h, haverá o primeiro “Virgens na Ladeira”. Além disso, a Feijoada para os Campeões, também tradicional, volta a ser editado, para a confraternização dos premiados, que competem em sete categorias. As principais delas: Luxo, Grupo, Originalidade e Destaque. A premiação conta com troféu e valores em dinheiro. Ambos os eventos serão realizados nas proximidades do Hostel Aconchego, próximo à Prefeitura de Olinda.

“Não queremos, e nem iremos, desmerecer nossas atrações musicais. Afinal seremos embalados por elas. Mas o foco precisa voltar a ser os desfilantes. Teremos as Virgens na Ladeira, a volta da Feijoada... Estamos remontando nosso início, quando dez ‘gatos pingados’, que foram os fundadores, iniciaram a nossa história em 1953”, disse Fred Nóbrega. “A gente sentiu, durante vários anos, que o pessoal estava se preocupando muito com as atrações musicais, e esquecendo a atração maior: o próprio desfilante. Então, quanto mais foliões colocarmos, quanto mais dermos sentido para quem estará na rua, esperamos como retorno uma festa ainda mais bonita na avenida”, completou.

Ao todo, dez personalidades serão homenageadas pelo bloco. O vice-prefeito de Olinda, Márcio Botelho; o empresário Celso Muniz; a jornalista Bianka Carvalho; o cantor Ed Carlos; e o Maestro Spok. “Este bloco faz parte da minha carreira musical. Lembro, quando criança, assistir personagens mágicos pela televisão, vestidos de mulher, com muita alegria. Tinha um sonho de me apresentar. E até consegui anos mais tarde. Agora, como homenageado, me sinto ainda mais honrado”, contou Maestro Spok.

A madrinha do Bloco será a delegada e deputada estadual Gleide Ângelo, que confessou uma expectativa ainda maior para o Carnaval de 2020. “Nos últimos três anos, estive em Olinda trabalhando. Agora poderei curtir como foliã. Eu acho que tenho esse direito, não é?!”, brincou.

Confira as atrações dos 11 trios elétricos: 
Trio Asas da América: Banda Asas da América
Trio Batuke: Banda Som da Terra
Trio Treme Chão: Banda Sedutora e Bateria Cabulosa
Trio Guiness: Neto Brayner
Trio Lapadão Prime: Junior Maranhão
Trio Trovão: Capital do Freve
Trio Zéus: Banda Amigas
Trio Pinguim: Banda os Caras
Trio Papão: Lilli Trindade
Trio Arena: Banda Interativa
Trio Faraó: Banda Delikada

veja também

comentários

comece o dia bem informado: