DJ Big, idealizador do REC.DJ
DJ Big, idealizador do REC.DJFoto: Divulgação

Provando que o frevo não é o único ritmo que embala a folia pernambucana, o Carnaval do Recife inaugura, em 2020, um polo voltado para a música eletrônica em sua programação. O espaço, batizado de REC.DJ - Recife Eletrônico, estreia na rua Mariz e Barros, no Bairro do Recife, com performances de mixagem ao vivo durante os quatro dias de festa, das 19h às 2h20 da manhã.

O line-up do novo palco conta com quase 40 DJs, a maioria vinda da cena local. Entre os veteranos, estão a Lala K, Patrick Torquato, DaMata, Dagga e Baloo. Há, ainda, artistas da nova geração, como Karla Gnom, Libra, Iury Andrew, Nadejda, Manu Liera e RastaFr4ude.

A mixagem ao vivo foi um dos principais critérios curatoriais, segundo Anderson Santos, conhecido como DJ Big, idealizador do projeto. "Infelizmente, a profissão ficou meio banalizada. Todo mundo com pen drive ou um computador pode dizer que é DJ. Com 26 anos de carreira, posso afirmar que existem técnicas mínimas para considerar alguém um DJ de verdade", afirmou.

Leia também:
Carnaval do Recife tem Emicida, Velha Guarda da Mangueira, Alceu, Nação... Confira a programação completa
Prévias para passar as horas antes da abertura do Carnaval, esta semana


A programação montada por Big, com a ajuda de outros quatro curadores, passeia por diferentes vertentes da música eletrônica, como Black Music, Psy, Hip House e Trap, além de misturar ritmos como frevo, maracatu e coco às batidas eletrônicas. Essa diversidade também está presente nos perfis das atrações escolhidas.

"Temos muitas mulheres, a cena LGBT em peso e a periferia bem representada. Isso para a gente é muito rico", defende. A lista de artistas também contempla seis jovens que foram alunos nas oficinas de DJ que acontecem há três anos no Compaz do Alto Santa Terezinha, onde Big atua como coordenador de eventos.

REC.DJ - Recife Eletrônico vai reunir parte da cena pernambucana de música eletrônica

REC.DJ - Recife Eletrônico vai reunir parte da cena pernambucana de música eletrônica - Crédito: Pedro Leão/Divulgação



"Esse nosso espaço viabiliza o profissional local. Uma vitrine como o Carnaval é de grande importância, principalmente para quem está começando", explica o organizador, que tem apoio da Prefeitura do Recife para promover as apresentações. A proposta é repetir o palco em outros ciclos festivos da Cidade. "Os DJs não aparecem nas festas. Eles tocam nos intervalos, mas não tinham um espaço físico próprio. Levei essa demanda para a gestão municipal e ela foi abraçada com muita sensibilidade", aponta.

O polo terá, ainda, as presenças de dois convidados especiais de outros estados. "Um deles é o carioca Negralha, que foi DJ da banda O Rappa e agora trabalha com o Marcelo Falcão, na carreira solo dele. O outro é Erick Jay, que tem três títulos mundiais do DMC, maior campeonato de DJS do mundo. É um cara que representa o Brasil em qualquer lugar. Ele fará um workshop nos dias 24 e 25, ainda sem local definido", adianta Big.

Confira a programação completa:

Sábado (22)

DJ Lotto
DJ RastaFr4ud
DJ Marquinhos Mk
DJ Nuno
DJ Yuri Andrew
DJ Libra
DJ Bac
DJ Kizer
DJ Pateta
DJ Negralha (RJ)

Domingo (23)

DJ Duled
DJ Incidental
DJ Brisa
DJ Tiger
DJ Charles
DJ KSB
DJ DaMata
DJ Kiese
Only2Brothers

Segunda-feira (24)

DJ Ronni
DJ Phino
DJ Peu
DJ Sávio
DJ Beto
DJ Beavvis
DJ Baloo
DJ Nadejda
DJ Sonik vs DJ Pax
DJ Erick Jay (SP)

Terça-feira (25)

DJ Nixpn
DJ Paul Override
DJ Patricktor4
DJ Nego Nu
DJ Gael
DJ Karla Gnom
DJ Dagga
DJ Manu Liera
DJ Lala K
DJ Big

veja também

comentários

comece o dia bem informado: