Michelle Pfeiffer
Michelle PfeifferFoto: Reprodução/ Instagram

A atriz Michelle Pfeiffer, 61, afirmou em entrevista a uma revista britânica que foi vítima de abuso sexual por um "homem poderoso" da indústria cinematográfica, no início de sua carreira. Segundo ela, o movimento #MeToo a fez rever o que aconteceu com ela no passado.

"Primeiro, eu pensei: 'Bem, não experimentei isso'. Mas, com o passar do tempo, comecei a dizer: 'Bem, na verdade, houve uma vez", disse Pfeiffer à revista The Sunday Times, afirmando que negou o fato e se culpou com pensamentos como "eu não deveria ter usado esse vestido" ou "eu deveria saber".

"Eu não vou compartilhar [o ocorrido], mas olho para trás e me encolho. Eu estava realmente desconfortável, era inapropriado. Coloquei [todas as lembranças] numa gaveta. Eu tinha 20 anos e estava com uma pessoa poderosa da indústria", acrescentou ela, em cartaz hoje com o filme "Malévola 2".

Leia também:
Paul Dano é confirmado no papel de Charada em próximo filme do Batman
China proíbe filme de Tarantino após pedido da filha de Bruce Lee


Desde o surgimento do movimento #MeToo, que denunciou casos de assédio envolvendo o produtor de cinema Harvey Weinstein, várias atrizes relataram abusos. A mais recente foi Sarah Jessica Parker, 54, da série "Sex and the City", que disse ter recorrido ao seu agente após um ator demonstrar comportamento inadequado.

"Com base no que está acontecendo agora e nas histórias contadas naquele período [do #MeToo], sei como sou sortuda por ter alguém -nesse caso, um homem- que interveio", afirmou Parker à revista People em julho. "Eu acho ótimo quando as mulheres se sentem confortáveis pra falar a respeito, e essa é a escolha delas".

veja também

comentários

comece o dia bem informado: