Tradicional cortejo é um dos momentos mais esperados pelo público que vai à Macuca
Tradicional cortejo é um dos momentos mais esperados pelo público que vai à MacucaFoto: Divulgação

Nosso Woodstock local está de volta e começa nesta sexta (25), com shows de Arnaldo Antunes, Ave Sangria, Luedji Luna, Chico César e várias outras atrações. Após três anos, o Festival Macuca das Artes marca seu retorno em grande estilo, trazendo para o Sítio Macuca, na zona rural de Correntes (a 257 km do Recife), espetáculos variados, incluindo duas apresentações do emblemático filme "Bacurau", de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. 

Ao longo de dois dias, em um espaço sem luz elétrica, mas com toda a potência da arte, o evento vai funcionar como uma verdadeira imersão na natureza, na música e no cinema. A Folha de Pernambuco conversou por telefone com Arnaldo Antunes, que é uma das atrações do evento e sobe ao palco na madrugada da sexta para o sábado, à 1h50.

Arnaldo Antunes conversou com a Folha de Pernambuco sobre sua participação no Macuca das Artes

Arnaldo Antunes conversou com a Folha de Pernambuco sobre sua participação no Macuca das Artes - Crédito: Marcia Xavier/Divulgação

Como está sua expectativa?

Estou muito feliz de ir a Pernambuco, até porque faz tempo que não faço shows aí. E, coincidentemente, irei duas vezes em um espaço curto de tempo [o artista vai se apresentar também no festival Arte na Usina, no município de Água Preta, no dia 15 de novembro]. Levarei o mesmo show, "RSTUVXZ", com o qual venho excursionando por todo o país desde o ano passado, e que alterna rock e samba. Esse título faz alusão ao fato de as iniciais das palavras samba e rock virem em sequência, no alfabeto. É um disco que não quer fazer uma fusão como as que já existem, como o samba rock ou algo assim. Mas criar uma fricção entre esses diferentes gêneros, evidenciando esse atrito e esse convívio entre as diferenças.

Leia também:
Festival Arte na Usina divulga sua programação
Mostra de cinema integra Festival Macuca das Artes
Festival Macuca das Artes divulga programação completa

Fale um pouco mais sobre o espetáculo que irá realizar.

Em Pernambuco, vou fazer os shows com uma formação reduzida. Quando não é viável levar a banda maior, apresentamos um trio. Apesar de serem só dois músicos comigo, soa como uma banda grande, porque tem um som que segura bem. O show já passou por São Paulo, Rio, Brasília, Belo Horizonte e outras cidades brasileiras, e também por alguns lugares na América Latina, como Buenos Aires, Montevidéu e Tucumán. Tem sido super bem recebido. Na verdade, no Brasil as pessoas são muito abertas à convivência entre os gêneros musicais. Dentro desse conceito, o rock e o samba convivem com outras canções do meu repertório, gravadas em outras épocas. Músicas como o samba "Alegria", ou "Fora de si", que é um rock. Eu canto "Comida", que é da época dos Titãs. Trazemos uma música de Lupicínio Rodrigues, "Judiaria", em uma versão rock´n´roll, e também "Exagerado", de Cazuza, em versão meio bossa nova, samba canção. Tem essa brincadeira de converter um rock em samba e vice versa. Mas eu lembro que, no fundo, o samba e o rock acabam sendo tudo a mesma coisa. É a mesma energia que os move, e que também tem a ver com as raízes, com a presença africana nas Américas.
E como você vê a apresentação em um ambiente rural como o do Sítio Macuca?

Nunca participei da Macuca, mas gosto desse tipo de circunstância que lembra Woodstock e muitos outros festivais que existem em todo o mundo. Adoro esse tipo de situação em que as pessoas estão livres, à vontade, vivenciando aquilo de um jeito bacana. É algo diferente de quando o show acontece na cidade. Você acaba tendo uma congregação muito intensa entre as pessoas que estão lá, no festival. Isso me agrada muito. Estou ansioso para chegar.

Serviço
Macuca das Artes
Local: Sítio Macuca - zona rural de Correntes
Quando: dias 25 e 26 de outubro
Ingressos: a partir de R$ 50, à venda no site da Sympla (www.sympla.com.br/macucadasartes/2019)

Ave Sangria também integra o set list de atrações do festival Macuca das Artes

Ave Sangria também integra o set list de atrações do festival Macuca das Artes - Crédito: Divulgação

Confira a programação completa do Festival:
Macuca das Artes | Cinema

Quinta 24/10
A partir das 19h
Poço Comprido - Correntes - PE
Entrada gratuita

Sexta 25/10
A partir das 20h30
Sítio Macuca - Festival Macuca das Artes

Filme 'Bacurau' será uma das obras exibidas durante a mostra de cinema

Filme 'Bacurau' será uma das obras exibidas durante a mostra de cinema - Crédito: Divulgação

Macuca das Artes | Música

Sexta 25/10
23h Reverbo
0h20 Luedji Luna
1h50 Arnaldo Antunes
3h50 DJ Paulo Pezão
Sábado 26/10
14h Cortejo Boi da Macuca (Poço Comprido)
20h30 Gabi da Pele Preta
22h Ave Sangria
0h Chico César
2h Terça do Vinil com DJ 440

 

Gabi da Pele Preta vem de Caruaru se apresentar no festival Macuca das Artes

Gabi da Pele Preta vem de Caruaru se apresentar no festival Macuca das Artes - Crédito: Divulgação

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: