Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.
Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.Foto: Felipe Souto Maior / Secult PE - FUNDARPE

A segunda noite do 29º Festival de Inverno de Garanhuns, nesta sexta-feira (19), marcou a estreia do Palco Mestre Dominguinhos nesta edição. O espaço, localizado na praça de mesmo nome, costuma abrigar os principais shows do festival. Sua abertura foi repleta de tributos, em especial ao grande homenageado do evento, Jackson do Pandeiro. Nem a chuva que caiu durante toda a noite e na madrugada foi capaz de espantar o público.

Comandado por Silvério Pessoa, o espetáculo em homenagem ao centenário do icônico músico paraibano trouxe diversos convidados. Entre eles, Elba Ramalho é a que teve contato mais próximo com o reverenciado. Em entrevista, a cantora lembrou que esteve com o artista um dia antes de sua morte, em 1982, e mesmo infartando, tudo o que ele queria era continuar cantando.

Leia também:
Zélia Duncan esbanja liberdades em show no FIG 2019
Cemo abre inscrições para cursos de música em Olinda

“Tudo o que fiz com Jackson foi maravilhoso. Ele era meu amigo mesmo. É uma experiência única ter cantado com ele. Até hoje eu o escuto e tento imitá-lo. Ele é uma escola, assim como Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Temos que olhar com respeito, porque são pessoas que representam a nossa cultura. Fico muito feliz em ver isso atravessando os tempos. Não é uma moda que vem e depois passa”, comenta a paraibana, que antes de celebrar a memória do conterrâneo apresentou o show do seu mais recente disco, “O ouro do pó da estrada”.

O álbum, que conta com produção do pernambucano Yuri Queiroga, comemora os 40 anos de carreira de Elba. Mesmo ainda se recuperando de uma chikungunya, que contraiu no início deste São João, a cantora não deixou de lado a animação. “Estou me salvando. Já fiz 22 shows assim e está tudo certo. Cheguei ontem dos Estados Unidos, onde estava fazendo turnê. Dormi e acordei cheia de dores. Vim para cá pensando em como é dura a vida do artista, mas também em como é bom chegar até o público”, comenta.

No show seguinte, Elba voltou ao palco para cantar “Na base da chinela”. Em seguido, dividiu a cena com a carioca Zélia Duncan em “A ordem é samba”. Também participaram do tributo, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Maciel Salu e Luiza Fittipaldi. No final, todos se reuniram para um medley de algumas das canções mais famosas do homenageado, como “Sebastiana”, “O canto da ema” e “Cantiga do sapo”.

Na mesma noite, também passaram pelo Palco Mestre Dominguinhos a Gold Hits Orquestra e o espetáculo “Hoje a noite é a maior”, tributo a Biu Roque, que contou com presenças de Alessandra Leão, Siba, Siba, Caçapa, A Fuloresta, Renata Rosa e Mestre Anderson. “Biu Roque foi uma figura quase anônima fora da região da Zona da Mata Norte e que, quase no final da vida, pode viajar e ser conhecido. Através desse projeto, temos a oportunidade de honrar a memória dele e a importância que ele teve para tantas vidas”, defendeu Siba.

Programação de sábado
Neste sábado (20), a programação do FIG segue com muitas atrações. No palco principal, o público terá a chance de conferir os shows de Amanda Back, Banda de Pau e Corda, Mariana Aydar, Zélia Duncan e Barão Vermelho, a partir das 20h. Na Catedral de Santo Antônio, SaGRAMA e Antônio Nóbrega se apresentam às 16h. Mais tarde, às 21h, Alexandre Caldi e Quarteto Encore comandam o espetáculo “Buarquenas”.

Na área das artes cênicas, o Teatro Luiz Souto Dourado oferece opções para adultos e crianças. A peça infantojuvenil “Estórias brincantes de muitos paizinhos”, do Paraná, ganha sessão às 11h. “Pa(IDEIA)”, do coletivo pernambucano Grão Comum, pode ser visto às 18h. Já na Praça da Palavra, o homenageado Jomard Muniz de Britto participa de uma mesa de debate com Maria Alice Amorim e Stephany Metódio, a partir das 19h.

Peguei no começo do São João. Tinha horas que eu me perguntava como iria entrar em cena, mas vale a experiência. Entrava, cantava e me esquecia de qualquer coisa.

Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.
Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.Foto: Felipe Souto Maior / Secult PE - FUNDARPE
Apresentação de Elba Ramalho no palco Mestre Dominguinhos.
Apresentação de Elba Ramalho no palco Mestre Dominguinhos.Foto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE
Apresentações em homenagem a Jackson do Pandeiro.
Apresentações em homenagem a Jackson do Pandeiro.Foto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza Fittipaldi
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza FittipaldiFoto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza Fittipaldi
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza FittipaldiFoto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE
Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.
Silvério Pessoa comanda homenagens a Jackson do Pandeiro no FIG 2019.Foto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza Fittipaldi
Show em homenagem a Jackson do Padeiro com Silvério Pessoa, Zélia Duncan, Elba Ramalho, Geraldo Maia, Lucinha Guerra, Lady Laay, Mari Periférica, Nathalia Bella, Maciel Salu e Luiza FittipaldiFoto: Felipe Souto Maior / FUNDARPE

veja também

comentários

comece o dia bem informado: