Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'
Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'Foto: Rayra Martins/Divulgação

Com intensa programação cultural, o projeto Transborda Capiba, promovido pelo Sesc Casa Amarela, ocorre até o dia 3 de outubro, em vários espaços públicos da Região Metropolitana do Recife (RMR). Tendo como proposta abrir a percepção do público para todas as artes, e esse ano com foco nas questões que envolvem as mulheres e a cidade, o evento terá espetáculos teatrais, oficinas, mesa de conversa, performances ao ar livre e encontro musical.

As atividades serão em locais como a Ponte da Boa Vista, a Praça Maciel Pinheiro e a Rua Mamede Simões. As performances e oficinas são gratuitas. Já os espetáculos, mesa e encontro musical têm entradas que custam até R$ 20.

A Mostra Capiba, criada em 2007, passou a integrar o Transborda, projeto de referência que chega à segunda edição agregando ações e apresentações organizadas pelo Sesc no Grande Recife. Além de Casa Amarela, as unidades de Santa Rita (Usina Teatral), Piedade (Na Onda da Dança), Santo Amaro (Curso de Interpretação para Teatro – CIT) e São Lourenço da Mata (Diálogos das Manifestações Populares) terão programação dentro do evento.

Leia também:
Grupo italiano Luca Velotti Quartet leva show de jazz ao Teatro Apolo
Espetáculo Circo Turma da Mônica será apresentado no Teatro RioMar
Novos estilistas passam a fazer parte do Marco Pernambucano da Moda


“Uma questão que vamos abordar é a acessibilidade, pensada dentro da programação de uma maneira geral, com tecnologias assistidas, para que todos os públicos possam experimentar essa mediação cultural e façam parte do evento”, destaca Rita Marize, que está à frente do Transborda, e fala sobre a oportunidade de proporcionar para todos os públicos a participação no evento.

Neste ano, a ideia do projeto é refletir, junto com a comunidade, questões atuais, como o feminismo, a violência e o direito à cidade, e sobre tópicos existenciais que são sempre caros às artes, como a ética e o desejo de liberdade. “A gente está trabalhando na ideia de um movimento artístico e cultural, até porque estamos abordando questões que, apesar de não serem temas novos, são temáticas pertinentes”, pontua Rita Marize.

Entre os destaques desta edição, estão os espetáculos da encenadora Lilian de Lima, ambas montagens de São Paulo, com apresentação no Teatro Capiba, sitiado na unidade do Sesc Casa Amarela. “Sobre Tomates, Tamancos e Tesouras”, do grupo Teatro da Mafalda, marcada para 15 de setembro, às 20h, conta a história de uma artista de cabaré, chamada Mafalda Mafalda, que é banida pelo público após uma apresentação mal-sucedida. E também “Pagu, Anjo Incorruptível”, no dia 29, no mesmo horário, que discute a evolução do papel da mulher na sociedade. Após a sessão, será realizada a mesa de conversa "Lamentos Contemporâneos", que vai discutir o tema “A mulher e a cidade: violência, programas assistencialistas, arte e militância”, com Ana Elisa Sobreira, delegada da Mulher; Cida Pedrosa, secretária da Mulher do Recife e poetisa; Naná Sodré, atriz; e a multiartista Sophia William. A mediação é da atriz e psicóloga Hilda Torres. A entrada para os espetáculos custa R$ 20. Trabalhadores do comércio e dependentes têm desconto e pagam R$ 10.

   Oficinas gratuitas

 

A programação também será composta, ao todo, por seis performances ao ar livre, que vão ser levadas para diversos espaços públicos. Entre elas, está a intervenção “A Ponte”. O projeto oferecerá, ainda, três oficinas gratuitas, que serão realizadas no Sesc Casa Amarela. Uma delas ocorrerá entre os dias 18 e 21 deste mês, das 9h às 12h, intitulada “Caixa das Possibilidades: Oficina de Arte Reciclável”, conduzida pelo artista plástico Jacaré. Os participantes vão aprender a montar peças de arte com sucata utilizando técnicas manuais, como colagem e amarração de arame.

Marcando o encerramento da programação, no dia 3 de outubro, além das artes cênicas, a música e a poesia também vão estar presentes, com “Encontro Musical Poesias e Canções – Em Nome de Mulher...”. A partir das 20h, no Teatro Capiba, no Sesc Casa Amarela, será realizada uma apresentação de música com declamação de poemas que abordam temáticas femininas. Outras informações sobre o evento pelo (81) 3267-4400.

Programação

Espetáculos
15/9, às 20h | Sobre Tomates, Tamancos e Tesouras – Teatro da Mafalda (SP)
29/9, às 20h | Pagu, Anjo Incorruptível – Lilian de Lima (SP)
Local: Teatro Capiba, Sesc Casa Amarela, Avenida Norte, 4490, Mangabeira
Entrada: R$ 20 (público geral); R$ 10 (trabalhadores do comércio e dependentes)

Mesa – “Lamentos Contemporâneos”
Local: Teatro Capiba
Convidadas: Ana Elisa Sobreira, Cida Pedrosa, Naná Sodré e Sophia William
Mediação: Hilda Torres
Data: 29 de setembro
Horário: 20h
Entrada: R$ 20 (público em geral); R$ 10 (trabalhadores do comércio e dependentes)

Performances
10/9, às 16h | A Ponte – Coletivo Delas em Cena
Local: Ponte da Boa Vista (Ponte de Ferro)
11/9, às 16h | A Mulher Carne – Coletivo Despudorado
Local: Praça do Diário e Pátio da Igreja do Carmo

Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'
Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'Foto: Rayra Martins/Divulgação
Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'
Espetáculo de teatro 'Pagu, anjo incorruptível'Foto: Rayra Martins/Divulgação

veja também

comentários

comece o dia bem informado: