Gerson Brenner
Gerson BrennerFoto: Reprodução

O ator Gerson Brenner, 59, ficou internado por 45 dias com quadro de sono excessivo. A equipe médica, após diversos exames decidiu fazer algumas mudanças na sua rotina e medicações. Ele já está em casa com a mulher, a psicóloga Marta Mendonça
"O sufoco passou", disse ela em entrevista ao site Gshow da Globo.

"Medicamentos foram mudados e mudanças de horários foram feitas no cotidiano do Gerson. Estas alterações foram importantes para dar uma movimentada no cotidiano dele. O banho, por exemplo, não é mais pela manhã, só mais tarde. A tática está dando certo", comemora Mendonça.

Leia também:
Autor de disparos contra Gerson Brenner é preso por homicídio e acusação de estupro

Em janeiro deste ano, ele foi internado com pneumonia. O ator ficou no hospital por mais de 15 dias até estabilizar a doença e poder voltar para casa e ser tratado por uma equipe de homecare.

O ator já usa cadeira de rodas para se locomover há mais de 20 anos, e em 2017 passou 67 dias na UTI tratando do mesmo problema.

Conhecido por papéis nas novelas "Rainha da sucata" e "Corpo dourado", Brenner teve a carreira interrompida após um assalto em 1998, que resultou em um tiro na cabeça que quase o levou à morte.

Na época, ele foi abordado por bandidos enquanto viaja de São Paulo para o Rio de Janeiro, e levou um tiro na cabeça que limitou a sua fala e fez com que deixasse de andar.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: