Cláudio Rabeca lança CD com diferentes gêneros e timbres
Cláudio Rabeca lança CD com diferentes gêneros e timbresFoto: Helder Tavares/Divulgação

Para além do forró e do cavalo marinho. É assim que Cláudio Rabeca registra o instrumento que lhe empresta o nome artístico, no CD que está sendo lançado nesta quarta-feira (16), na loja Passa Disco (rua da Hora, 345, Espinheiro).

"Rabeca Brasileira" é seu segundo disco solo, mas "feito a muitas mãos", conforme registra o artista. É também um trabalho bastante autoral, embora traga algumas regravações de clássicos como "Upa Neguinho", de Edu Lobo e Gianfrancesco Guarnieri, e "Receita de Samba", de Jacob do Bandolim. Toda a concepção da obra passa pela vontade de Cláudio de tornar o instrumento mais difundido e conhecido, dentro de uma visão mais universal - brasileira, enfim.

Leia também:
Passa Disco faz festa para comemorar 15 anos em defesa da boa música 
Passa Disco muda de endereço e reabre com show em galeria no Espinheiro
Forró do Salú resgata autêntico arraial na Casa da Rabeca

"Rabeca Brasileira" traz diferentes gêneros musicais e timbres, abarcando inclusive uma gama representativa de luthiers (construtores de rabeca) de todo o País. "Gravei com sete rabecas diferentes, e fiz questão de inserir os contatos dos luthiers na ficha técnica", destaca Cláudio.

O disco foi concebido há cerca de três anos e conta com várias participações especiais, como a cantora Mariana Aydar e o músico Nicolas Krassik (responsável pela produção musical do álbum), além dos pernambucanos Juliano Holanda, Thiago Martins e Grupo Bongar, entre outros.

O disco tem música para dançar (como o xote "Os olhos do meu amor", o frevo "Rabeca no Paço" e o forró "Mola de Ratoeira") e para viajar (como a canção "Tente se atirar" e "Estrela Sertã", que tem uma levada africana). Há, ainda, o cavalo marinho "A chave do baú", peça de domínio público que remete às vivências de Cláudio, que toca com mestre Biu Alexandre no Estrela de Ouro (de Condado, na Zona da Mata Norte de Pernambuco).

O lançamento está marcado para as 19h e além de comprar o CD, que está sendo comercializado por apenas R$ 15, o público vai poder escutar o disco em primeira audição e participar com Cláudio de uma roda de conversa sobre a rabeca e o fazer musical.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: