Segundo Roberto Azoubel, foram desenvolvidas ações de valorização do prêmio Hermilo Borba Filho
Segundo Roberto Azoubel, foram desenvolvidas ações de valorização do prêmio Hermilo Borba FilhoFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Os poetas e escritores pernambucanos já podem conferir o edital do 7º Prêmio Hermilo Borba Filho de Literatura, que está sendo lançado nesta terça-feira (14), pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe) e Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). O prêmio vai distribuir um total de R$ 90 mil. As inscrições são gratuitas e devem ser efetuadas entre 27 de janeiro e 31 de março de 2020, através do link http://www.mapacultural.pe.gov.br/oportunidade/225.

Segundo o coordenador de Literatura da Secult-PE, Roberto Azoubel, esta edição do prêmio traz algumas novidades. Uma delas foi a eliminação de premiação dos segundos colocados, concentrando a verba nos vencedores - que serão quatro, um por cada macrorregião pernambucana, e deverão receber R$ 18 mil cada um. Entre os quatro, será escolhido um grande vencedor, que leva R$ 18 mil extras, totalizando R$ 36 mil. "Desta forma, haverá uma maior valorização pecuniária dos vencedores", explica Azoubel. O resultado final deve ser anunciado no fim do ano, em outubro, após as obras passarem por duas etapas de julgamento.
Outra novidade será a instituição de uma "quarentena": a partir de agora, os vencedores do prêmio só vão poder participar novamente após três edições. O coordenador de literatura conta que esta é uma estratégia de valorização do prêmio, e que alguns escritores haviam vencido mais de uma edição consecutiva. "O novo edital está muito enxuto, redondinho", comemora Azoubel. "Antes, o recurso do prêmio ficava diluído, em valores muito pequenos e havia muita repetição de participantes. Acreditamos que agora ele se tornou mais competitivo e desejável".

Leia também:
Inscrições abertas para Prêmio Cepe Nacional de Literatura
Prêmio Ariano Suassuna distribui R$ 150 mil em sua terceira edição
Prêmio Hermilo Borba Filho divulga vencedores de sua sexta edição

Para se inscrever, é preciso ser pernambucano nato ou comprovar residência no Estado há pelo menos dois anos. Podem concorrer obras inéditas (que não tenham sido publicadas no formato livro físico ou digital) nos gêneros conto, romance ou poesia. Todos os livros vencedores serão publicados pela editora Cepe, e seus autores poderão participar de oficinas, palestras e recitais em ações do governo durante o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG) e o projeto Outras Palavras, entre outros.

Além do Prêmio Hermilo, o setor da literatura conta, em Pernambuco, com os prêmios Cepe Nacional, Cepe Nacional Infantojuvenil e Ariano Suassuna de Dramaturgia. O Prêmio Hermilo é um aprimoramento do antigo Prêmio Pernambuco de Literatura, e em sua edição anterior contou com 162 obras inscritas, oriundas da Região Metropolitana (109), Agreste (21), Mata (15) e Sertão (17). A expectativa é de que os livros vencedores da sexta edição sejam lançados no próximo mês de abril.

 

veja também

comentários

comece o dia bem informado: