Se combinadas a alimentos certos, leguminosas ganham novas propriedades
Se combinadas a alimentos certos, leguminosas ganham novas propriedadesFoto: Da editoria de Arte

Temos falado sempre sobre como evitar a monotonia alimentar no dia a dia. Os especialistas são unânimes em afirmar que um prato colorido é ainda a melhor orientação para evitar déficits nutricionais no organismo.

Ou seja, o bom senso é a melhor diretriz para manter a saúde. E que uma alimentação balanceada, mais exercícios físicos constantes, segue sendo o item número 1 das listas de recomendação.

Meio caidinhas nas modas gastronômicas, as leguminosas são alimentos sempre disponíveis e essenciais nessa tarefa de conquistar e manter a sáude. Entre as tantas potencialidades, não contêm glúten - podem ser consumidas por celíacos -, e, mais especificamente para veganos e vegetarianos, são insubstituíveis no fornecimento de nutrientes.

A nutricionista Alessandra Luglio, da P4B, explica que a ingestão diária de uma porção desses alimentos é importante numa dieta equilibrada. “As leguminosas são pobres em gordura saturada, ricas em fibra e possuem proteínas importantes para o corpo humano. Além disso, este grupo alimentar tem baixo índice glicêmico, o que indica mais saciedade”, reforça a profissional.

PECULIARIDADE

As leguminosas carregam uma característica interessante. Quando combinadas a outros alimentos, elas podem ser tornar mais ou menos nutritivas. Quando são combinadas a cereais, a qualidade total de proteínas é melhorada. Quando são consumidas junto a café ou chá, diminui a capacidade do corpo absorver ferro e outros minerais.

Enquanto que, especificamente entre as mulheres em idade reprodutiva, se combinadas com vitamina C, viram poderosas fontes de ferro. Os benefícios não acabam por aí. Podem amenizar os efeitos da menopausa, dar mais saciedade, atuam na prevenção da perda cognitiva, reduzem o risco de anomalias no tubo-neural de bebês. Como se fosse pouco, possui boa concentração de cálcio, compondo a missão contra osteoporose.

Leguminosas famosas
Ervilha
É fonte de fibras solúveis, que auxiliam na absorção de gorduras e açúcares e a regular o intestino, além de serem ricas em vitaminas e minerais

Feijão

Além de ser rico em proteínas e fibras, contém minerais como fósforo, que está presente na membrana das células; magnésio, que além de estar envolvido na estrutura de ossos e dentes, também é importante no funcionamento do sistema nervoso e dos músculos, e ferro, que atua na formação das células vermelhas do sangue e no transporte de oxigênio para todas as células

Lentilha
Ricas em zinco, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico. Além disso, sua alta quantidade de fibras melhora o trânsito intestinal e alivia a prisão de ventre e o inchaço da barriga. Na mistura com arroz, tem um perfil de proteínas mais completo, pois une os aminoácidos destes dois alimentos.

Soja
Rica em fibras e gorduras poli-insaturadas. Tem seu destaque maior pela sua proteína, que é considerada biodisponível e com alta digestibilidade. Ou seja, é considerada a mais completa dentre as proteínas vegetais

veja também

comentários

comece o dia bem informado: