Bolo pernambucano souza leão vem com calda de melaço
Bolo pernambucano souza leão vem com calda de melaçoFoto: Ed Machado

O caruaruense Heleno Junior trabalhou no ramo da moda por 20 anos, mas há oito se descobriu cozinheiro e mergulhou no universo dos temperos, viagem que dura até hoje. Cidadão do Agreste, região da qual tem orgulho de pertencer, sua ligação com a doçaria tradicional foi inevitável e é ela quem dá as cartas do seu primeiro negócio físico, inaugurado há apenas uma semana - a Confeitaria de Origem.

É numa pequena loja de galeria no bairro das Graças onde fincou a confeitaria, focada basicamente na produção de bolos nordestinos, bebidas geladas e um tantinho de café. Nem de longe passou pela sua cabeça abrir uma cafeteria que vende comida, ao contrário.

Por isso, há apenas uma opção de café puro, o drip, servido em saquinhos/filtros individuais que se encaixam na borda da xícara, bastante prático. Portanto, vamos aos carros-chefes da casa.

Com exceção das versões de chocolate, feito com meio amargo e cobertura generosa de brigadeiro, doce de leite com limão e de limão com geleia de limão, o repertório é bem típico.

Heleno destaca o souza leão. "É receita de família. Quando termino um dia de trabalho, pego uma xícara de café para tomar com um pedaço de bolo, como era lá em casa", diz o chef confeiteiro, que acumula passagens no Oficina do Sabor, em eventos com César Santos, e na empresa de catering aéreo LSG Sky Chefs.

De fato, o souza leão de Heleno é pouco gorduroso, sem toda aquela oleosidade de algumas receitas. Custa R$ 11,90 a fatia, como todos os bolos, e vem lindamente apresentado com garrafinha de calda de melaço. Aliás, outro ponto que chama a atenção na confeitaria são as apresentações cuidadosas, cheia de pequenos detalhes.

Não dispensaria em absoluto o bolo de banana - não é qualquer coisa. Forte candidato a entrar no pódio individual de "melhores bolos caseiros da vida". Macio, meio rústico, é impecável.

É também o único disponível em versão sem açúcar: é preparado com pasta de tâmara e damasco que o próprio cozinheiro faz. Igualmente bom, garante Heleno. Também pediria em namoro o de mandioca com coco e cobertura de caramelo.

Na falta de adjetivos técnicos - nem sempre precisamos deles, diria somente que é casamento na hora. Ah, ainda tem o de milho com queijo do reino e goiabada e o bolo de rolo recheado de geleia de nego bom.

O docinho à base de banana ainda vai num frapê (R$ 14), sem sorvete, e nada enjoativo. O cajuína coffee (R$ 12) é outra pedida geladinha, com café e cajuína de guaraná pernambucana, misturados pelo cliente.

Leia também
Casa de Bolos: franquia de São Paulo aporta no Recife|
Cake & Bake maior e melhor


No menu também há quiches individuais de ricota com tomate seco, carne de sol e requeijão, etc, a R$ 8,90, e sopas e cremes caseiros, a R$ 13,90, de cebola, jerimum, macaxeira e alho-poró.

SERVIÇO
Confeitaria de Origem - Rua das Pernambucanas, 30, Graças. Informações: 9918.49771

Bolo pernambucano souza leão vem com calda de melaço
Bolo pernambucano souza leão vem com calda de melaçoFoto: Ed Machado
Creme de jerimum é uma das opções salgadas da nova confeitaria
Creme de jerimum é uma das opções salgadas da nova confeitariaFoto: Ed Machado
Nova casa tem mesinhas no jardim da galeria
Nova casa tem mesinhas no jardim da galeriaFoto: Ed Machado

veja também

comentários

comece o dia bem informado: