Casa modernista tem área externa agradável
Casa modernista tem área externa agradávelFoto: Arthur de Souza

A casa das sócias Nina Wicks e Monize Guimarães começou como um projeto gastronômico pop up (funcionamento por temporadas). Mas o Cobra - Cozinha Brasileira, que acaba de chegar ao terceiro ciclo, vai se estabelecer como iniciativa fixa, segundo Nina.

Mirando em fincar raízes, a primeira providência da dupla foi mudar de endereço, saindo das Graças para o bairro do Parnamirim, em frente ao Banco do Brasil, se estabelecendo numa casa maior de arquitetura modernista, com área externa agradável e ambiente climatizado mais intimista.

O menu ganhou algumas criações, juntando-se ao repertório anterior em que barreado - prato paraense com carne cozida lentamente, com vinho e mel de engenho, mais banana da terra frita e farofa (R$ 44) - e charuto de barriga de porco confitado, arroz gohan e tarê de rapadura (R$ 22) são destaques.

Entre as estreias, a entradinha com bolinho frito de grão-de-bico e chimichurri chama a atenção. São quatro bolotas e sai a R$ 24. É opção vegana. Vegano também é o sunomono de chuchu, laminado finamente com caju cortado em gomos graúdos, maionese de wassabi e castanha (R$ 22). Bem refrescante.

Os pratos continuam servidos em porção individual e a polenta cremosa com tubos de polenta frita e ragu de rabada (R$ 45) é opção novíssima, com cara de quem vai virar um hit. É farto e substancioso.

Dois hambúrgueres também foram agregados e, pessoalmente, gosto de restaurantes low profile que tenham sanduíche no menu. Fui na opção com carne bovina, requeijão de corte, geleia de bacon e picles de cebola roxa (R$ 28). Também não deixa ninguém com fome. A versão vegana é montada com grão-de-bico e geleia de pimenta.

O novo Cobra ainda serve picanha suína, pato confitado com risoto de baião de dois, camarão na emulsão de pimentão vermelho e moqueca de banana da terra. A coquetelaria é capítulo à parte, cujas criações têm um apelo estético quase irresistível.

Leia também
Restaurante Oleiro, na Zona Norte, é brasilidade pura
Tamanho exagerado de porções em restaurantes contribui para obesidade


O drinque Coral é cor de rosa, à base de gin, xarope de frutas vermelhas, limão siciliano e tônica (R$ 18). Há dois etílicos em jarra para compartilhar: mojito (R$ 52) e sangria branca (R$ 58).

SERVIÇO
Cobra - Cozinha Brasileira
Endereço: rua Engenheiro Clóvis de Castro, 62, Parnamirim
Funcionamento: sexta e sábado das 12h às 15h, e das 12h até as 17h no domingo; jantar, apenas sextas e sábados, das 18h às 23h
Informações: 3204.7967

 

Casa modernista tem área externa agradável
Casa modernista tem área externa agradávelFoto: Arthur de Souza
Bolinho de grão-de-bico: opção vegana e bem temperada
Bolinho de grão-de-bico: opção vegana e bem temperadaFoto: Arthur de Souza
Hambúrguer com requeijão de corte é novidade
Hambúrguer com requeijão de corte é novidadeFoto: Arthur de Souza

veja também

comentários

comece o dia bem informado: